Banca e Seguros

Ageas Seguros - Mentiras e Fugas à responsabilidade


Obteve resposta
13555317

No passado dia 29 de Abril de 2017, um senhor ao sair de marcha-atrás de um lugar de estacionamento bateu no meu carro que se encontrava parado. O tal senhor admitiu de imediato a culpa, disponibilizando-se para pagar o arranjo dos estragos. Como o senhor em questão era um vizinho de rua, evitamos chamar as autoridades. No momento, ficou acordado deslocarmo-nos a uma oficina nos dias seguintes de maneira a ver o orçamento do arranjo e, caso fosse avultado, o proprietário da outra viatura accionava o seguro. Naquele momento, tudo foi presenciado por outras pessoas da rua, quer o sinistro em si, quer as promessas do senhor em questão. Visto estar com pressa (por motivos de saúde, estava a caminho do hospital) e tudo ter sido claro e resolvido com bom senso, foram trocados os contactos e cada um seguiu o seu caminho. O problema começou no dia seguinte: o proprietário da viatura que bateu na minha, disse que pensou melhor e que achava que não devia assumir qualquer culpa, para meu espanto.

Assim sendo, no primeiro dia útil apos o acidente, dirigi-me a uma agencia da AGEAS para dar conhecimento do sinistro e proceder à abertura do processo. Forneci todos os dados que me foram pedidos, assim como os de uma das testemunhas que presenciou o acontecimento. Nessa mesma altura foi-me dito que o proprietário da outra viatura também era titular de um seguro da AGEAS e aí percebi que ia ter um grande problema: A AGEAS É QUE TERIA DE PAGAR, assumindo a responsabilidade do culpado.
Alguns dias depois foi feita a peritagem à minha viatura e passado algum tempo COMEÇAM AS MENTIRAS: 1) recebo uma carta da AGEAS onde me diziam que não iriam proceder ao pagamento do arranjo do meu carro, argumentando que uma das justificações seria o facto de a minha testemunha não atender as chamadas por parte da AGEAS e a outra justificação seria que o proprietário da outra viatura também não respondia às tentativas de contacto por parte da AGEAS feitas tanto por carta como por via telefónica, impedindo assim que fosse feita a peritagem à sua viatura. Coisa que não aconteceu, A MINHA TESTEMUNHA NUNCA TINHA SIDO CONTACTADA. Recorri.

Lá contactaram a minha testemunha, pediram apenas que contasse aquilo que tinha presenciado e no final da chamada foi-lhe dito que seria novamente contactada pela AGEAS caso fosse necessário mais algum tipo de esclarecimento. Passado mais alguns dias recebi uma chamada do meu mediador de seguro que me disse que mais uma vez a AGEAS tinha decidido não assumir o pagamento do arranjo argumentando que a minha testemunha se teria recusado a receber em sua casa um representante da AGEAS que levaria a declaração com o que ela tinha dito lao telefone para ela assinar, sendo ESTA A MENTIRA 2. Em algum momento foi pedida à minha testemunha qualquer assinatura ou declaração. Recorri.

Pediram, então, que fosse ela a escrever um documento onde contasse tudo o que tinha presenciado e que no fim assinasse esse mesmo documento e seguidamente fosse enviado por e-mail para a AGEAS, e assim fizemos. Porém, mais uma vez a AGEAS não se mostrou satisfeita e disse que o documento não podia ser escrito a computador, teria que ser escrito à mão e assinado pela própria testemunha e mais uma vez assim fizemos.

Depois de longos meses de espera fui mais uma vez contactada pelo meu mediador dizendo que a decisão da AGEAS permanecia a mesma e que não seria pago o valor do arranjo da minha viatura, desta vez argumentaram dizendo que não haviam novas evidencias e, mais uma vez, o outro argumento utilizado foi o facto do proprietário da outra viatura não responder às tentativas de contacto por parte da AGEAS. Perderam a vergonha.

Recorri e irei recorrer agora a outras entidades. Levarei o processo onde for necessário, não pelo valor do arranjo do carro (400 e alguns euros), mas sim pelo conjunto de mentiras e falta de vergonha desta seguradora nas sucessivas tentativas de fuga a esta responsabilidade.

Respostas

em 2017-10-17 16:03 Estimado Sra. Bruna Pereira,

Agradecemos o seu contacto que mereceu a nossa melhor atenção.

A Ageas Seguros de acordo com o legalmente instituído tem uma Área dedicada ao tratamento/apreciação das insatisfações dos nossos Clientes e Terceiros pelo que solicitamos o favor da utilização do formulário de contacto para o envio da mesma:
https://www.ageas.pt/web/ageas-portugal/contactos

Com os nossos melhores cumprimentos,

Atentamente,

Gestão de Qualidade da Ageas Seguros

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.