Comércio | Lojas Shop

FNAC - Rejeição de garantia e apoio ao cliente


Aguarda resposta
15772418

Tendo adquirido um computador portátil há sensivelmente um ano na FNAC COIMBRA e tendo o mesmo deixado de funcionar nas condições desejadas, dirigi-me à loja para pedir a sua reparação. Estando o aparelho na garantia e tendo eu feito um seguro do mesmo, fiquei descansada quanto ao assunto. Recebo um email assinado por um funcionário, cujo nome refiro noutras reclamações que não publicas, indicando-me que a avaria não está abrangida pela grarantia com uma fotografia ampliada de um fio descarnado num dos entrançado do carregador. De referir que, não sendo esta ampliação, este estrago não seria visível e é notória que esta situação se deve ao fraco material. Questiono o porquê de não ser aceite a garantia e é-me respondido que essa é a resposta da fábrica e que tenho um prazo para aceitar ou rejeitar o orçamento, caso contrário o computador voltará para a loja nas condições em que se encontra. Sentindo-me acossada exijo um a resposta às minhas questões. Recebo um email que diz, textualmente "As respostas já foram dadas", constrangendo-me a aceitar o orçamento. Reitero que quero ser clarificada pela fábrica e pela FNAC do porquê de esta questão não estar abrangida pela garantia de dois anos. Nada me é respondido. Passados dois dias recebo uma mensagem escrita no telemóvel para levantar o computador visto que rejeitei o orçamento. Fiz reclamação no livro, in loco, visto que nunca me foi dada oportunidade de aceitar ou rejeitar o orçamento. Como consumidora nunca fui devidamente esclarecida quanto às questões que coloquei. Não me parece legítimo que se rejeite o direito de garantia apenas porque sim.

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.