Mercado Automóvel

Santogal - Peugeot 308 SW em garantia com avaria não reparada


Resolvida
8926417

No passado dia 25 de Janeiro de 2017, após muita insistência da minha parte para que a oficina Peugeot/Santogal verificasse um ruído metálico na minha carrinha Peugeot 308 SW, foi-me indicado pelo chefe da oficina que o meu veículo tem uma avaria no eixo traseiro.
Adicionalmente, foi-me também transmitido que a peça de substituição estaria em ruptura de Stock e que não havia data prevista para a reparação.
O referido veiculo foi adquirido novo em Nov de 2015 e como tal ainda está coberto pela garantia, sendo que deve ser reparado num prazo máximo de 30 dias (DL N.º 67/2003, de 8 de Abril, alterado pelo DL N.º 84/2008 de 21 de Maio).
Hoje, quase 2 meses depois, ainda aguardo a reparação, o que está a impedir a venda do veículo que necessito de trocar urgentemente por um que permita 3 cadeiras de bebé.


Avaliação final do consumidor

2017-04-24
Sim
Resolvido?
1
Recomenda? (entre 0 e 10)

Respostas

em 2017-03-21 15:55 Boa tarde. Informamos que tomámos conhecimento da exposição e vamos dar seguimento à mesma junto do concessionário, sendo o processo tratado directamente com o cliente através dos canais internos da Santogal. Obrigado
Ricardo Jorge de Oliveira Santos em 2017-03-21 18:59 Boa tarde,
Agradeço a resposta pela mesma via.
Melhores cumprimentos
em 2017-03-22 15:12 Boa tarde,
Na sequência da resposta já enviada ao cliente pela Peugeot Portugal, podemos acrescentar que segundo informação disponibilizada pela Peugeot Portugal, a substituição dos eixos traseiros está cancelada até novas instruções. De acordo com essa mesma informação, o caso encontra-se em estudo para uma eventual intervenção no futuro.
Tão breve quanto nos sejam facultadas informações adicionais, entraremos em contacto.
Obrigado.
Ricardo Jorge de Oliveira Santos em 2017-03-23 11:13 Caros Senhores,
O veículo foi adquirido à Santogal pelo que agradeço que me apresente uma solução para o problema. Se a reparação não é possível existem soluções alternativas.
O DL que regula a garantia automóvel tem várias opções nestes casos, nomeadamente a resolução do contrato de compra e venda, redução no preço ou substituição do veículo.
Fico a aguardar uma solução conveniente a ambas as partes.
Obrigado
Melhores cumprimentos.
Ricardo Jorge de Oliveira Santos em 2017-03-27 17:48 Boa tarde,
Agradeço a resposta pela mesma via.
Melhores cumprimentos
Ricardo Jorge de Oliveira Santos em 2017-03-27 19:06 Boa tarde,
Agradeço a resposta pela mesma via.
Melhores cumprimentos
em 2017-04-17 16:20 Boa tarde,
Recebemos informação da respectiva oficina que o assunto neste momento já se encontra resolvido.
Ricardo Jorge de Oliveira Santos em 2017-04-24 13:35 O veículo está efetivamente reparado.
No entanto gostaria de fechar este tema com algumas notas para quem tem o mesmo problema.
Dada a resposta da Santogal a esta reclamação no dia 23/03, de que «a substituição dos eixos traseiros está cancelada até novas instruções», a reparação do meu 308 SW só foi possível porque a Peugeot Portugal "desbloqueou a peça".

As ações que realizei na tentativa de conseguir a reparação do Peugeot 308 SW foram:
1. Abri uma reclamação no Portal da Queixa e exigi que as respostas fossem dadas por esta via – as respostas são públicas e qualquer posição da marca/concessionário ficam visíveis para todos;
2. Abri uma reclamação no site da Peugeot Portugal e exigi que esta ficasse aberta até que a situação estivesse resolvida (houve várias tentativas por parte da Peugeot para encerrar a reclamação, incluindo o encaminhamento da reclamação para a área de vendas; nestes casos bastava um comentário da minha parte um ou dois dias depois do encerramento e a reclamação voltava a ficar ativa) – a minha tentativa neste caso foi de pressionar a empresa a tomar medidas pois uma reclamação aberta vários dias pode ter impacto na medição dos KPIs das certificações de qualidade internas e/ou externas;
3. Como associado da DECO/Proteste, solicitei a intervenção desse organismo – fui recebendo feedback das várias intervenções junto do concessionário;
4. Solicitei, por email, a intervenção da ASAE explicando todo o processo – recebi um pedido a solicitar mais informações, ou seja, o processo iniciou-se neste organismo;
5. Solicitei, por email, a intervenção do “Centro de Arbitragem do Sector Automóvel” – não recebi qualquer feedback.

Obrigado a todos os organismos que intervieram neste processo.
Melhores cumprimentos.

Comentários


Nuno Nunes

Obrigado pelo feedback final.




Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.