Mercado Imobiliário

Remax - Rescisão de contrato


Obteve resposta
13633917

Fizemos uma reclamação (em anexo) numa das agências, mais propriamente na REMAX PINHEIRO MANSO. Pedimos a rescisão do contrato celebrado por não estarem a ser cumpridas todas as clausulas presentes no contrato e deste não estar a surtir quaisquer efeitos.
Na sequência da carta enviada a pedir a rescisão, fomos convocados para uma reunião com o Sr Antonio Gil que se apresentou como Broker da agência.
Sem nunca termos falado com esta pessoa antes e após expor todos os argumentos que nos levaram ao envio da carta de rescisão, a resposta do sr. António Gil foi no mínimo insultuosa. Afirmou prontamente que o verdadeiro motivo da rescisão seria já termos comprador para a casa e não queremos pagar a comissão acordada e que eu era um "aldrabão".
Acho vergonhoso uma pessoa com a responsabilidade do Sr António Gil fazer uma afirmação destas, sem qualquer fundamento, demonstrando enorme falta de respeito e profissionalismo.
Ao final de três visitas à agência, com o intuito de resolver a situação, o comportamento desse senhor nunca se alterou, tendo-me insultado novamente na ultima reunião marcada pelo próprio no dia 29-09-2017, obrigando-me assim a recorrer à reclamação para a ASAE.
Reclamação essa que reencaminhamos para o departamento de qualidade da marca no dia 03-10-2017 através de email; ao qual a colaboradora Olga Costa enviou prontamente a resposta a acusar a sua recepção, incluindo em CC Sandra Baptista e Márcia Lopes, acreditando que uma marca com o prestígio da Remax Portugal iria dar a atenção necessária ao assunto para que este se resolve-se rapidamente.
Após se terem passado 10 dias sem qualquer tipo de resposta ou feedback, entrei em contacto via telefone para a Remax Portugal na tentativa de obter qualquer informação do estado do processo, deram-me o contacto da Dra Márcia Lopes que esclareceu que o processo não seria da sua responsabilidade mas iria expor o caso à Dra Olga Costa e para esta entrar em contacto comigo.
A resposta que obtive foi por email, e apenas dizia que o processo se encontrava em fase de análise.
Até hoje continuo sem qualquer tipo de contacto ou resposta, logo sentimo-nos completamente ignorados e prejudicados pela marca Remax Portugal em todo este processo.
Conforme presente na nossa reclamação, iriamos expor o caso à Remax Portugal, ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Porto e ao Instituo dos Mercados Públicos do Imobiliário e da Construção, e uma vez que a marca não se mostra interessada em solucionar o caso, lamentavelmente seremos obrigados então a proceder ao envio do processo às restantes instituições, acrescentando também à Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor .
Atentamente,
Octávio Rodrigues
Diana Batista


Esta reclamação tem um anexo privado

Respostas

em 2017-10-27 16:39 De: Qualidade - RE/MAX Portugal [mailto:qualidade@remax.pt]
Enviada: 19 de outubro de 2017 10:21
Cc: 'Sandra Baptista'; 'Márcia Lopes - RE/MAX Portugal'
Assunto: RE: Reclamação Remax Pinheiro Manso

Exmo. Sr. Octávio Rodrigues,

Cumpre-nos informar que relativamente ao assunto exposto por si, informa-nos a REMAX PINHEIRO MANSO, que este processo está a ser tratado pelo Departamento Jurídico da Agência. Relembramos que as agências têm gestão autónoma e independente.

Mais uma vez, lamentamos em nome da RE/MAX a situação e todos os incómodos que possam ter sido causados.


Com os melhores cumprimentos,

Olga Costa
Departamento de Qualidade - RE/MAX Portugal

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.