Boas práticas para o Black Friday. Não se deixe enganar!

O Portal da Queixa coloca online uma nova plataforma, onde é possível pesquisar e comparar marcas, pelo que ficam aqui algumas dicas para poder aproveitar os descontos da melhor forma.

Informações
Esta notícia foi lida 2167 vezes
Partilhe

É já na próxima sexta-feira dia 24 de novembro que decorrem os famosos descontos Black Friday. Esta data também é assinalada em Portugal e cada vez mais há adesão por parte das marcas. Por esse motivo, foi desenvolvida a nova plataforma Black Friday 2017 para que os consumidores tenham acesso a todos os descontos num só local.

 

Se quiser aproveitar para começar a fazer algumas compras antecipadas, ou apenas aproveitar os descontos, o Portal da Queixa deixa as melhores dicas:

 

  • Pesquise antes de comprar: Faça uma pesquisa alguns dias antes da Black Friday para analisar os produtos que procura e aproveite para reunir as marcas que vão realizar descontos usando a nova plataforma Black Friday 2017 para o efeito.

 

  • Analise a marca no Portal da Queixa: Analise através do Índice de Satisfação, das reclamações e partilha de experiências facultadas. As reclamações apresentadas no Portal da Queixa são de consumidores que já tiveram anteriormente uma experiência com a marca, por isso, é uma ajuda para todos os consumidores na hora de decidir! 

 

  • Prepare uma lista de compras: Faça uma lista, por preferência, dos artigos que pretende comprar antecipadamente. Verifique as características de cada produto para ponderar no dia Black Friday se é um artigo que realmente é importante para si adquirir, e verdadeiramente necessário.

 

  • Leia os comentários: Se no artigo que tenciona comprar tiver feedback de outros consumidores, leia! Assim irá perceber se realmente estará a fazer uma boa compra ou se é melhor optar por outro artigo, ou outro revendedor.

 

  • Compare os preços: Antes de comprar compare o preço dos artigos que pretende adquirir, para no dia não se surpreender com os preços "mascarados" de promoções que na realidade não são assim tão aliciantes

 

  • Não assuma à partida que o desconto compensa: Pesquise pelo preço inicial do artigo dias antes para tentar perceber no dia se realmente o desconto é aliciante. Muitas vezes as lojas e revendedores pretendem escoar stock de certos artigos porque vão entrar um produto novo no mercado ou apenas pretendem aumentar as vendas. Nem sempre, as características que um produto apresenta, compensa a sua compra. Veja novamente na sua lista de compras, e pense se realmente precisa do artigo. 

 

  • Verifique o horário das lojas: Se for a uma loja física veja com antecedência o horário do estabelecimento. Se conseguir tente ir mais cedo para poder escolher entre as mercadorias mais baratas, que normalmente são vendidas rapidamente.

 

  • Estime um orçamento a gastar: Faça antecipadamente um orçamento de quanto pretende gastar nos artigos que procura para não ultrapassar o que montante pré-definido.

 

  • Leia as políticas de devolução: Se comprar numa loja online, procure, e leia com atenção os procedimentos de compra, prazos de entrega e as políticas de troca ou devolução. Tenha em atenção que existem lojas que facilitam a troca, devolução e têm portes gratuitos de envio. Este ponto pode ser importante caso compre algo que não tem a certeza do número, como uma peça de vestuário. Também é importante pensar que pode comprar algo por impulso e pode vir a arrepender-se.

 

  • Talão para oferta: Se for comprar produtos para oferecer, não se esqueça de pedir o talão de oferta. A pessoa a quem irá oferece pode por alguma motivo necessitar de trocar o artigo. Não se esqueça de verificar quantos dias a loja permite que o artigo seja devolvido, para não ter surpresas

 

  • Segurança na compra: É extremamente importante a segurança nas compras online, porque terá que fornecer os seus dados de pagamento, como os dados do cartão de crédito. Para uma compra mais segura pode optar por comprar através de uma conta Paypal, ou através de cartões de crédito temporários, como o MB NET.

 

  • Tenha atenção às lojas fictícias: Muitos sites são criados apenas para este dia Black Friday. Sim! Existem lojas online que apenas são criadas para publicitar artigos que na realidade não têm, e os consumidores por desconhecimento acabam por pagar e nunca receber o artigo, nem o dinheiro de volta. Tenha atenção que também pode ser vítima de fishing (roubo de dados do cartão de crédito) se utilizar um site que não conhece!

 

  • Tenha atenção a possíveis burlões: Quando o desconto é demasiado num artigo, desconfie! Se encontrar um artigo num site com um desconto muito abaixo do mercado, desconfie da veracidade do mesmo! Os burlões estão sempre à espera de oportunidades para enganar, e podem aproveitar este dia para tentar atrair possíveis consumidores menos experientes ou desatentos aos sinais de perigo.

 

  • Procure por selos de qualidade e segurança na compra: É importante procurar no site por selos como “Recomendada” pelo Portal da Queixa, “Norton Secured” ou “Confiança online”. Estas informações indicam que a loja toma medidas de segurança para lidar com as suas informações.

 

O selo de recomendação creditado pelo Portal da Queixa é destinado a marcas que exerçam a sua actividade no mercado online, permitindo às marcas evoluírem, quer em termos de qualidade, quer em termos de reputação.

ATENÇÃO: carregue em cima do selo no site que quer, irá abrir uma nova página e refere se este se mantêm activo! Se não abrir nenhuma página nova, desconfie se não foi apenas colocado lá para tentar enganar consumidores. Se verificar uma possível utilização indevida de um selo de alguma destas entidades, entre em contacto para denunciar a situação e assim impedir que outros utilizadores sejam enganados.

 

Caso se depare com uma Black Fraude pode sempre partilhar a sua experiência e fazer reclamação no Portal da Queixa.


Comentários