Cuidado com as promoções que prometem descontos igual a zero!

Alguns sites de oferta de descontos, prometem reduções no preço em mais de 70%, contudo os valores são altamente inflacionados para depois serem vendidos ao preço normal do mercado.

Informações
Esta notícia foi lida 3600 vezes
Partilhe

 

O alerta foi dado pelo Contas Poupança, através do seu site (ver aqui), onde identifica, no site da galpbonus.goodlife.pt, a oferta de um produto muito procurado pelos mais novos, os fidget spinners, com um desconto aplicado de 74% sobre o preço original.

Ora, sendo um produto que tem uma enorme oferta e também uma enorme procura, é fácil comprovar pela concorrência, que o referido produto nunca poderia ter um preço de venda inical de 19€, como é referido no site da Goodlife, para depois ser aplicado um desconto de mais de 74%, com vista a tornar a oferta muito vantajosa para o consumidor, que iria ter a oportunidade de adquirir o brinquedo pelo preço de apenas 4,99€.

Fazendo uma rápida pesquisa online, consegue-se identificar as várias ofertas pela internet com preços na ordem dos 5€, como é o caso da Worten:

 

 

Por sua vez no site da Goodlife encontramos o mesmo brinquedo com características similares a 3,99€, contudo com um especial desconto de 79%

 

 

Pedro Andersson, jornalista da SIC e da rúbrica Contas Poupança, alerta através do seu site, que todos os dias encontra promoções falsas:

"Os miúdos andam todos doidos com o Fidget Spinner (é o brinquedo da foto). Sei disto porque o meu filho também já comprou um numa loja perto da escola e custou 4,50 €.

Daí que tenha achado muito estranho este produto estar à venda (recebi por e-mail) num site de “super descontos” com o destaque 74% de desconto. Está à venda por “apenas” 4,99 €.

Portanto, estou a fazer uma fantástica compra porque vou poupar imenso dinheiro: 4,99 € em vez de 19€. Conhecendo preço a que está à venda nas lojas, é apenas um absurdo.

Não tenho nada contra o preço. O que acho disparatado é tentarem convencer-me “acenando” com 74% de desconto."

O autor da reportagem ainda deixa o conselho "nunca devemos ir atrás de percentagens de descontos mas sim, sempre pelo valor real/final do produto. Seja ele qual for. Pode ser uma máquina fotográfica, uma peça de roupa ou um gelado."

 

Pesquise SEMPRE antes de comprar!

 

 


Comentários