Serviços do Estado

Centro Nacional de Pensões - Pedido de pensão por invalidez


Aguarda resposta
9902617

Era trabalhador independente, estou de baixa médica desde 15 Dezembro 2014 e me encontro numa situação que eu nunca imaginei vir a passar em minha vida por não poder trabalhar como provam os relatórios clínicos e outros anexados.

Vivo só e tenho vários problemas de saúde, principalmente ortopédicos, ando de canadianas mas só consigo andar pequenas distancias e também por ter sofrido cancro na garganta que deixaram sequelas em minha voz.

Pedi uma pensão por invalidez por duas vezes me foi negada e neste último mês de Fevereiro voltei a pedir pela terceira vez e que até à data não tive resposta.

Trabalhei cerca de 20 anos em França e 23 em Portugal, pedi a minha reforma antecipada em França mas estão dependentes do formulário, E 205 P da minha carreira contributiva em Portugal para poderem analisar esse meu pedido que solicitei em Novembro do ano passado ao Centro Nacional de Pensões mas que até à data não tive qualquer resposta.

Estou a receber o Rendimento Social de Inserção, de um montante de 178,19 Euros e não tenho qualquer outro rendimento.

Estou a ser apoiado pelo centro de dia na alimentação, mas minhas dívidas vão se acumulando por não poder fazer face às minhas despesas mensais.

Deixei de ir a certas consultas de rotina como é o caso do IPO de Coimbra, passo meus dias com dores por não ter como comprar medicação, tenho o meu cão que está doente e não tenho como pagar ao veterinário para poder tratar o meu animal e como se não chegasse faço ventiloterapia durante a noite e vou deixar de poder fazer porque me vão cortar a eletricidade por não conseguir pagar.

Estou com uma recaída de depressão, não durmo nem de noite nem de dia e me sinto desesperado ao ponto de ter dias em ter vontade de acabar com minha vida por estar a passar por tanto sofrimento.

Depois de uma vida de trabalho, sempre ter cumprido com minhas obrigações de cidadão, penso que mereço ser tratado como ser humano e com dignidade por um país democrático como o nosso.

Com os meus melhores cumprimentos espero o melhor que tiverem para me comunicar

Maçainhas, 14 de Maio 2017
Manuel Ribeiro

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.