Viagens e Lazer

SATA Internacional - Recusa de pagamento de indemnização por atraso no voo


Aguarda resposta
13527317

Venho por este meio apresentar publicamente reclamação pelo motivo da SATA se recusar a cumprir com o que está estabelecido na Lei, recusando-se a pagar a indemnização em monetário de 250€ por atraso superior a 4 horas no voo nº S4 121 de Lisboa para Ponta Delgada do dia 27 de Junho de 2017.
Perante o meu pedido de indemnização efectuado ao atendimento ao cliente, a SATA assumiu a responsabilidade de que o atraso no voo se deveu a problemas técnicos com a companhia, no entanto recusa-se a pagar a indemnização de 250€ em monetário, apresentando sucessivas propostas, nomeadamente:
1º - 50% de desconto num próximo voo, não incluindo taxas;
2º - 100% de desconto num próximo voo, não incluindo taxas;
3º - 125€ em monetário ou 250€ em vale para uma futura viagem.
Todas as propostas foram por mim recusadas, sendo que indiquei sempre que a única solução que aceitava era o pagamento dos 250€ em monetário, conforme está previsto na Lei. A SATA recusa-se a pagar os 250€ alegando que a última proposta se mantém, não mostrando abertura para ceder.
O diálogo com a SATA já se arrasta à mais de 3 meses, tratando-se claramente de uma estratégia vergonhosa da SATA para ganhar tempo, infligir pressão sobre o cliente e fugir às suas responsabilidades, não pagando a totalidade daquilo que é devido.
Solicito o pagamento integral dos 250€ em monetário, conforme está previsto na Lei.

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.