Ranking na categoria
  • A Açoreana é uma marca da Seguradoras Unidas, uma companhia de seguros com 1.500.000 clientes em Portugal e que faz parte do Grupo Generali. A Açoreana é líder de mercado nos Açores.

  • 211 520 310
  • Av. da Liberdade, 242
    1250-149 Lisboa
  • reclamacoes@generali.pt
Partilhar esta página

Açoreana Seguros - Minha filha foi atropelada violentamente na passadeira!!

Resolvida
97109
5580
vania apresentou a reclamação

No dia 16 de Junho de 2011 a minha filha de 13 anos foi atropelada violentamente na passadeira em frente de casa. Foi projectada no ar 6 metros e ao cair bateu inicialmente com a nuca num carro que estava em segunda fila e só depois caiu o resto do corpo,caso não tivesse caído na berma o carro ainda lhe passava por cima de novo, tal era a velocidade que o carro trazia, quem viu descreve como um horror.A senhora que a atropelou assumiu imediatamente a sua culpa e  derivado á hora 9.30 da manha diz ter sido vitima de distracção, assinando nos autos da policia "colhi uma menina na passadeira". A minha filha filha foi assistida de imediato pelo INEM,esteve 7 horas para ser assistida nas urgências e só depois foi transferida  para a pediatria. Sofreu choques eléctricos em toda a zona do pescoço,peito, cara,derivado á queda de cabeça,  partiu o fémur,sofreu traumatismos faciais, entre outras lesões,ficou acamada,fazia as necessidades fisiológicas em fraldas.
No sábado teve alta, liguei para a companhia de seguros e foi-me dito que aos fins de semana o único meio de transporte de que tinham ao dispor era um reboque.
Como devem compreender não era um reboque que ia transportar uma menina que esteve 3 dias em SO. 
Desde então nunca recebi um telefonema da parte da companhia para dar apoio ou assistência á menina.
A menina teve depois a necessidade de uma cadeira de rodas para se deslocar as consultas e também fui eu que tomei a responsabilidade do aluguer, ate hoje tudo foi suportado por mim.
Como não obtive resposta da seguradora contratei um advogado que já enviou alguns mails na expectativa de obter resposta, também estas frustradas. Que mais posso fazer?
Ainda tenho a cadeira de rodas para entregar, esta a vencer aluguer todos os dias.
Ja tentei entrega-la , e nesse dia contactei a seguradora que me disse:
-a senhora tem um advogado para tratar desse assunto.
Eu fiquei com o nome do senhor que estava ao balcão nesse dia na loja de aluguer de equipamentos para testemunhar.
Mas o que é certo é que ate hoje nada me foi informado a respeito do processo da parte da companhia. Preciso de ajuda relativamente aos procedimentos que devo tomar, pois considero que o meu advogado não os esta a ter "em tempo".
Estou desempregada, o meu marido também,tenho outro filho de 3 anos, tem sido muito difícil suportar tudo isto.
Fui eu quem  prestei os serviços que a seguradora me deveria ter prestado como auxiliadora de uma mãe sem meios para ajudar uma filha. Era  a sua responsabilidade e o seu  dever.
A minha filha passou o Verão em casa como consequência, privada de todos os projectos que tinha elaborado com mérito por ter passado de ano com sucesso. Ia a caminho do ultimo dia de aulas antes de ser atropelada pela assegurada desta companhia.
Tem de ser assumida a responsabilidade e a falta dela.
Com o devido respeito
cumprimentos.

Esta reclamação foi considerada resolvida

Comentários (0)