Ageas Seguros

Ageas Portugal, Companhia de Seguros, S.A.

Ranking na categoria

Categoria
Companhias de Seguros

Telefone: 707281281

Morada
Rua Gonçalo Sampaio, 39
4002-001 Porto

E-mail
contacto@ageas.pt

Website
http://www.ageas.pt

Recomenda esta marca?

19
40

Partilhar esta página

Ageas Seguros - Muito mau acompanhamento num sinistro de acidente de trabalho

Aguarda resposta
32560619
183
0 gostos
Paulo Almeida apresentou a reclamação

No passado dia 10 Junho de 2019 por infortúnio enquanto trabalha, sendo eu motorista de autocarro através da empresa , coloquei mal o pé enquanto descia do autocarro. Passados alguns minutos o pé começou a inchar de tal forma que tive de prosseguir o serviço até Viseu sem o sapato calçado. Assim que cheguei a Viseu dirigi me ao hospital de São Teotónio, onde me foi feito um RX e tendo o médico me encaminhado para o seguro que tinha de Acidentes de Trabalho sem mais nada a dizer, apenas me indicando para tomar Brufen. No dia seguinte aguardei o contato por parte da seguradora, uma vez que fui informado pela minha entidade patronal que assim seria. Esperei alguns dias sem nenhum contato, não achando eu a situação normal, contatei a linha de apoio a clientes Acidentes de Trabalho que me indicou que iria proceder ao encaminhamento de pedido. No dia 17/06 fui a uma consulta no Prestador da companhia Casa de Saúde de Viseu. Neste local fui visto por uma médica de Clinica Geral a qual me prescreveu gelo e Brufen para a dor sem se quer me ver como estava o pe. O meu pé estava inchado e negro. No dia 21 e 26/06 fui visto por outra médica, em que a prescrição foi a mesma. Solicitou que realizasse uma ecografia na qual foi diagnosticado que os tendões estavam inflamados, uma vez que eu me queixei de que tinha muita dor e o pé continuava muito inchado e negro. Por não achar normal não ser visto por um ortopedista, liguei há companhia para por essa questão. No dia 01/07 quando me dirigi há casa de saúde para a consulta que já estava marcada fui informado de que a consulta estava anulada e que teria consulta da parte da tarde com um ortopedista. Nessa mesma consulta foi- me diagnosticado que o pé estava partido, nesse mesmo dia o médico solicitou autorização ao seguro para realizar um Tac. No dia seguinte, 2/07 recebo uma chamada entre as 16 e 17 horas para estar no porto no dia 03/07 pelas 14 horas sem qualquer meio de transporte solicitado pela companhia para lá me levar. Tive de solicitar a uma pessoa de família para me levar, doutra forma não teria como ir, mas nisso a companhia não pensou.
No Hospital de Santa Maria no Porto onde sou acompanhado até hoje por um médico ortopedista, fiz uma Ressonância Magnética, e passado um mês um Tac, para segundo o médico, verificar se o osso estava a cicatrizar corretamente e sem desvio, tendo o mesmo indicado que sim.
Depois de fazer o Tac, onde o médico confirmado que estava tudo bem, comecei a realizar sessões de fisioterapia na Casa de Saúde de Viseu até hoje. A questão é que as melhorias não são as esperadas. O terapeuta, o médico não me dizem nada, se vou ficar bem, se é normal ainda ter tanta dor. O que dizem é que vou ficar bem e sem qualquer tipo de mazela.
Será que vou ficar bem, muito sinceramente cada vez tenho mais dúvidas.
Preciso que a companhia se preocupe comigo, com o seu sinistrado, que sabe que tem esse direito.
Para além de tudo indicado cada vez que entro em contato com alinha de apoio é m dada um informação diferente pelos operadores, não se assumindo a responsabilidade uns dos outros. Como é que isto é possível, questiono eu?
Muito mais teria a dizer, posto isto, só quero que esta situação seja tratada com a maior brevidade possível.
Paulo Almeida está a aguardar resposta da marca

Comentários (0)