Alain Afflelou

Alain Afflelou

Alain Afflelou Portugal - Sociedade Unipessoal, Lda
Ranking na categoria
  • 222014230
  • R. de São Martinho,
    Centro comercial Nova Arcada
    Loja 0.10/10A, Piso 0
    4700-038 Braga
  • info@afflelou.pt
Partilhar esta página

Alain Afflelou - Devolução do montante pago

Sem resolução
27831619
1707
Luís Braz apresentou a reclamação

Boa tarde
Depois de vos enviar e-mail com data de 12 de abril, contactei também:
Alain Afflelou Portugal no dia 15 de abril às 14:41:51 através da plataforma. Segundo informação deveria ser contatado nas 72 horas úteis seguintes. Continuo à espera.
Dia 17 de abril, contacto telefónico com Afflelou Portugal. Disseram-me que iam contactar o gerente em Portalegre. Continuo à espera.
Dia 17 de abril, desloquei-me à vossa loja no Eleclerc. Disseram-me para deixar o NIB que me iam devolver o dinheiro nessa semana. Continuo à espera.
Hoje 29 de abril, desloquei-me novamente à vossa loja no Eleclerc. A resposta foi a mesma. Que me iam devolver o dinheiro esta semana.
Acabei por fazer a reclamação por escrito no vosso establecimento e que posteriormente enviarei para diversas entidades, nomeadamente para a ASAE e DGC entre outras.
Sou vosso cliente à muitos anos. Inclusivamente, os óculos de lentes progressivas que uso actualmente foram adquiridos na vossa loja mais ou menos à cinco anos. Nunca tive problemas de qualquer especie com vocês. Estranho e lamento este incidente.
Só pretendo uma única coisa. Que me devolvam o meu dinheiro como ficou acordado. Hoje não tenho óculos nem o meu dinheiro.
Cumprimentos
Luís Braz


Boa tarde

Exmº´s Senhores

Em Fevereiro deste ano, dirigi-me ao vosso centro óptico Alain Afflelou na rua Alexandre Herculano 30 em Portalegre com o intuito de adquirir novos aros e lentes progressivas. Fui informado que de momento não dispunham de optometrista mas que se eu concordasse, seria atendido na filial E. Leclerc nesta mesma cidade. Concordei e desloquei-me a esta filial no dia 27 de Fevereiro como ficou previamente agendado. Fui atendido pela optometrista e foram realizados os exames ou testes para aquisição de novos óculos (anexo 1). Com a colaboração das funcionárias, escolhi os aros para as lentes progressivas transparentes e também os aros para as lentes progressivas de sol. Segundo a funcionária, eu já possuía nos óculos que usava, lentes com qualidade e que por sinal foram comprados mais ou menos à cinco anos na vossa loja na rua Alexandre Herculano. Optei por escolher lentes de qualidade superior à que já usava nos meus óculos também Carl Zeiss.
No dia 11 de Março, desloquei-me novamente à vossa filial no Centro Comercial E. Leclerc para levantar os óculos, visto que, segundo telefonema da funcionária (15:01), já se encontravam nas vossa instalações.
Depois de um breve teste de visão com o novo produto, (progressivos transparentes, progressivos sol) paguei através de cartão de débito a totalidade do custo destes.
Já em casa, testei a visão com os novos óculos e notei que estes apresentavam uma cor residual amarela o que (tendo como referencial uma parede branca, por exemplo) modificava a realidade das cores naturais. Além disso, quando virava a cabeça sentia alguma tontura e desconforto. Dirigi-me imediatamente à vossa filial. Depois de apresentar as anomalias detectadas e frisando que as lentes deveriam ser transparentes, a funcionária depois de pedir desculpa pelo facto, disse-me que tal nunca tinha acontecido e que iria enviar as lentes para a casa para serem corrigidas. Concordei.
No dia seguinte (Terça dia 12 de Março), tive necessidade de efectuar uma viagem de automóvel. Durante a condução, senti algum desconforto com o uso dos óculos de sol e deturpação da visão, como por exemplo: conforme a inclinação de uma folha de papel rectangular assim era a percepção visulal. Ora os ângulos inferior esquerdo e superior direito estavam alongados, como inclinado a folha no sentido contrário se alongavam os ângulos superior esquerdo e inferior direito. Assim que cheguei a Portalegre (com dor de cabeça e desconforto), dirigi-me novamente às vossas instalações relatando este facto. Ficou acordado enviar também os óculos de sol para a casa.
Depois de vários dias e contactos telefónicos e presenciais, a funcionária disse-me que as lentes da Carl Zeiss por terem tratamento, tinham todas a cor residual amarela. Comuniquei-lhe que não queria lentes de cor amarela, ainda que residual, mas sim lentes sem cor e propus que, em último caso procurasse lentes transparentes noutra marca. Concordámos em resolver o problema e fiquei a aguardar.
No dia 29 de Março, e depois de me ter sido comunicado dois dias antes, fui novamente à vossa filial para levantar os óculos. Agora as lentes já eram transparentes e isentas de qualquer cor residual mas a deturpação da visão mantinha-se. Comuniquei à funcionária que o problema se mantinha e que tinha perdido a confiança, visto que depois de duas idas à casa não tinham conseguido resolver o problema. Comuniquei também que por este facto não queria os óculos e pedi a devolução do dinheiro. Comunicou-me que iria enviar para a contabilidade e pediu-me para aguardar um dias. Assim que soubesse alguma coisa que me telefonava, disse.
Hoje dia 12 de Abril, faz quinze dias desde o último contacto. Não recebi qualquer resposta vossa, nem tão pouco a quantia paga por mim (800 euros) Dinheiro este, pago na totalidade quando levantei os óculos, ou seja no dia 11 de Março (anexo 2).​​​
Quando me dirigi pela primeira vez às vossa instalações, e como é evidente, foi e é porque estou a necessitar de substituir os óculos que actualmente uso. E como também é evidente, o dinheiro que tinha disponível para a sua aquisição está desde o dia 11 de Março na vossa posse.
Continuo à espera de resposta vossa e do reembolso do meu dinheiro, claro.

Cumprimentos
Luís Braz
28 jun 2019
Alain Afflelou adicionou uma resposta

Boa tarde Sr Luís Brás, recebemos na central ALAIN AFFLELOU PORTUGAL a sua reclamação e queremos desde já pedir desculpa por todo o atraso que se está a verificar na resolução do problema. Ao que parece será motivado por uma inadaptação à geometria das lentes. Vamos entrar em contacto com a loja em questão para agilizarem o processo e resolver a situação o quanto antes.
Atentamente
Dep. apoio ao cliente Número de telefone : 210 537 216

27 ago 2020
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (1)

Ver perfil de Luís Braz

Luís Braz Autor

Boa tarde Exmos senhores
Como tiveram oportunidade de ler na minha reclamação, não se trata nesta altura de qualquer problema
técnico. O único problema que se coloca neste momento é a de devolução do meu dinheiro como ficou combinado. Como não tenho os óculos que foram devolvidos nem o dinheiro, acho que se pode dar outro nome a este episódio que não seja problema de inadaptação de geometria. Lamentável.
Cumprimentos
Luis Braz