Allianz

Allianz Portugal S.A.

Recomenda esta marca?

29
84

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

Allianz - Processo de sinistro nº 158119466/570-6554

Em tratamento
21615518
553
0 gostos
ANA RIBEIRO apresentou a reclamação

No dia 11 de Junho de 20018, fiz uma participação de sinistro à minha companhia de seguros neste caso à Liberty Seguros, que logo enviou a participação à outra companhia de seguros do outro veiculo envolvido no sinistro Allianz, ouve a intervenção das autoridades que registaram o auto de ocorrência, a minha indignação foi da forma como foi atribuída a responsabilidade do sinistro, primeiro foi preciso muita insistência na análise de toda a documentação enviada, uma vez que foi dito que o meu veiculo saiu de um parqueamento ou zona privada, nem enviando uma declaração do município de Tondela dizendo que aquela Rua fazia parte de um arruamento publico, em primeiro deram toda a responsabilidade ao meu veiculo ou seja 100% uma vez que saia de uma zona privada e aí perde toda a prioridade, reclamei baseada em provas “ declaração da camara municipal”, dessa forma passaram a dar a responsabilidade de 50%, ainda não estando satisfeita reclamei novamente uma vez que o meu veiculo tinha cortado à direita para a sua mão, ocupando só metade da sua faixa de rodagem, fizeram eles a medição da faixa de rodagem ignorando as delimitações aí existentes no local, ou seja que existia uma faixa delimitadora M2, o que é certo é que o outro veiculo vinha com velocidade excessiva não viu o meu veiculo tendo vindo embater neste aproximadamente 90 cm fora de mão na faixa de rodagem onde circulava o meu veiculo, mas para a companhia de seguros Allianz é só 3 cm, ignorando assim as medidas efetuadas pelas autoridades e as marcas existentes na via. Pedi várias vezes para esta conclusão de responsabilidade ser argumentada com base na lei e o que é certo não me foi respondido até à data de hoje, a resposta foi sempre, mantemos a nossa posição do mail anterior.
A minha questão é se o consumidor que paga o seu seguro, não merece ser respeitado? Se não merece ter uma resposta mais credível?

04 Set2018
Allianz adicionou uma resposta

Acusamos a receção da S/comunicação a qual desde já agradecemos.
Informamos que foi registada internamente reclamação, tendo a mesma sido encaminhada para os serviços competentes.
Voltaremos ao seu contacto direto dentro dos prazos estabelecidos.
Com os nossos melhores cumprimentos

Allianz Portugal

04 Set2018
Allianz adicionou uma resposta

Informamos que foi hoje enviada resposta para a presente exposição.

Cumprimentos
Allianz Portugal

05 Set2018
ANA RIBEIRO adicionou uma resposta

Exmos. Senhores;

De acordo com a vossa resposta à minha reclamação,

INFORMO QUE CONTINUO SEM SESPOSTA Á MINHA PERGUNTA, AGRADEÇO FUNDAMENTAÇÃO COM BASE NA LEI POR FAVOR

Primeiro a minha viatura entrou na sua faixa de rodagem saindo de uma via publica, tomando as devidas precauções, não tem culpa se a outra viatura “vosso veiculo seguro” vem em sentido contrário em velocidade excessiva ( de acordo com várias testemunhos oculares) e não vê a minha viatura, em segundo se a sua via em que o outro veiculo seguro circula está ocupada com veículos estacionados sem permissão para tal, tem que esperar que a outra via fique desocupada para aí poder fazer a ultrapassagem em segurança, não da forma como fez levando tudo na frente, tendo só conseguido imobilizar a sua viatura cerca de 17m à frente, o que indica que se fosse a cumprir os limites permitidos para aquela zona tinha verificado a minha viatura, ou pelo menos parado no local do embate e não a 17m à frente.
3º Em relação à minha companhia de seguros ter assumido também 50% da culpa, também já estou a dar seguimento á devida reclamação, uma vez que não zelou devidamente pelos interesses da sua segurada, tendo decidido pela forma mais fácil em conluio entre a vossa companhia de seguros, até porque não quis ir contra a vossa tomada de posição.
Em suma o condutor da minha viatura saiu de uma via publica de acordo com o que constava no documento anexo à participação do município de Tondela, o condutor da viatura exponente tomou a devida cautela, uma vez que se encontrava na sua faixa de rodagem tendo sido o vosso veiculo seguro a embater na viatura exponente.
4º No parágrafo onde são relatadas as distâncias e os Vossos cálculos para atribuição de um novo eixo da via e não querendo entrar em meras especulações, solicita-se a V/Exa que, somente justifiquem tal raciocínio, com o devido enquadramento legal, uma vez que após uma breve leitura, esta exponente não consegue compreender como será possível delinear um novo eixo da faixa de rodagem quando já existe uma linha de eixo da via materializada.
No parágrafo seguinte , a Allianz Seguros menciona que, o veículo da exponente foi embater com a frente esquerda ( se foi bater com a parte esquerda e só a esquerda !!! presume-se já estar na sua faixa de rodagem caso contrário teria batido com toda a frente do veiculo). Com esta forma de redação, poderá ser desvirtuado quem bateu em quem. No entanto, basta analisar a distância de imobilização do veículo da Vossa Segurada, e a distância a que o veículo da exponente foi projetado, para concluir estimativas de velocidade de colisão.
Por último, quanto à Vossa conclusão de divisão de responsabilidade na proporção de 50% para cada condutor sustentada pela Vossa interpretação de colisão no eixo da via, a exponente discorda totalmente com tal interpretação e conclusão.

Assim, solicito a Vossa Excelência que seja fundamentada a interpretação e conclusão com devida base legal, aguardando resposta no prazo legalmente previsto.

Qualquer das formas informo que irei até às últimas consequências, mas nunca irei aceitar 50% da culpa.




Os Melhores Cumprimentos,
Ana Ribeiro

05 Set2018
Allianz adicionou uma resposta

Informamos que nada mais temos a acrescentar no âmbito da reclamação.
Novas questões serão respondidas no âmbito do processo.
Cumprimentos
Allianz Portugal

Allianz está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)