ANTRAL

Ranking na categoria

Categoria
Táxi e Veículos Ligeiros

Telefone: 21 844 40 50

Morada
Av. Eng Arantes e Oliveira, N 15
1900-221 Lisboa

E-mail
antral@antral.pt

Website
http://www.antral.pt

Recomenda esta marca?

8
20

Partilhar esta página

ANTRAL - Péssimo serviço prestado

Em tratamento
20556618
446
0 gostos
Bruno Cabaça apresentou a reclamação

Na madrugada do dia 14 de julho, me dirigi ao ponto de táxi da estação do metro do campo grande e solicitei os serviços ao motorista da viatura com a matrícula 81-PV-77 pedindo que me levasse até perto da estação de metro da Ameixoeira. Sugeri o caminho pelo Lumiar o qual se recusou. Fazendo outro caminho sentido calçada da Carriche. O senhor motorista quando chega ao Lumiar em vez de seguir para a ameixoeira decide seguir em frente e fazer uma volta em direção às Galinheiras. Ao qual o chamei a atenção e tive de lhe ensinar o caminho para poder voltar para a ameixoeira. Fez um trajeto com mais do dobro do percurso.

27 Jul2018
ANTRAL adicionou uma resposta

Bom dia,

As associações patronais não têm qualquer poder sancionatório sobre os motoristas de táxi.
A entidade sancionatória é o IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes), com sede na Avenida das Forças Armadas, 40, 1649-022 Lisboa, ( imt@imt-ip.pt ).
Assim, qualquer reclamação deverá ser feita, junto desta entidade.
Como deve calcular, num universo de mais de 16.000 motoristas de táxi, ocorrem, por vezes, situações passíveis de reclamação, que não podemos deixar de muito lamentar.
Infelizmente, porém, a intervenção das associações limita-se, praticamente, a uma actuação pedagógica que exercemos quer junto dos empregadores quer junto dos motoristas, por forma a prevenir a ocorrência de situações como esta.
Posso garantir que a Antral aproveita todas as oportunidades para sensibilizar os associados e respectivos trabalhadores nesse sentido.
Assim, quer nos cursos de formação para obtenção do certificado profissional de motorista de táxi quer nos cursos para a renovação do mesmo certificado, privilegiamos as componentes de formação sócio-cultural, como a comunicação e as relações interpessoais, visando o desenvolvimento pessoal, profissional e social.
Por outro lado, aproveitamos as inúmeras reuniões que efectuamos a nível distrital, concelhio ou outra, para prosseguir esta campanha de sensibilização do sector.
Nestas circunstâncias, reitero o conselho para se dirigir ao IMT.
Apresento os melhores cumprimentos,
José Domingos
Director

ANTRAL está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)