ANTRAL

Ranking na categoria

Categoria
Táxi e Veículos Ligeiros

Telefone: 21 844 40 50

Morada
Av. Eng Arantes e Oliveira, N 15
1900-221 Lisboa

E-mail
antral@antral.pt

Website
http://www.antral.pt

Recomenda esta marca?

8
20

Partilhar esta página

ANTRAL - Reclamação de motorista

Em tratamento
15889918
612
0 gostos
Barbara Gomes apresentou a reclamação

Ontem às 20h00 apanhei um táxi na estação de campanhã e quando estava a chegar ao destino, o motorista começar a reclamar comigo porque a distancia tinha sido pequena. Quando referi que àquela hora não tinha outro meio de transporte, continuou a reclamar que já tinha vivido ali perto e que eu tinha outros transportes, por isso não tinha de viajar de táxi. Quando lhe pedi um recibo, disse que não tinha. Ao insistir no pedido, referiu que se eu quisesse combinava comigo para o dia seguinte e entregava-me o recibo mas que de momento não tinha recibos para dar a ninguém.

12 Jan2018
ANTRAL adicionou uma resposta

Boa tarde,

Pedindo desculpa pelo atraso, esclareço que as associações patronais não têm qualquer poder sancionatório sobre os motoristas de táxi.
Informo, ainda, que não existe qualquer taxa mínima nem para percursos dentro de Lisboa ou para fora.
A entidade sancionatória é o IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes), com sede na Avenida das Forças Armadas, 40, 1649-022 Lisboa, ( imt@imt-ip.pt ).
Assim, qualquer reclamação deverá ser feita, junto desta entidade.
Como deve calcular, num universo de mais de 16.000 motoristas de táxi, ocorrem, por vezes, situações passíveis de reclamação, que não podemos deixar de muito lamentar.
Infelizmente, porém, a intervenção das associações limita-se, praticamente, a uma actuação pedagógica que exercemos quer junto dos empregadores quer junto dos motoristas, por forma a prevenir a ocorrência de situações como esta.
Posso garantir que a Antral aproveita todas as oportunidades para sensibilizar os associados e respectivos trabalhadores nesse sentido.
Assim, quer nos cursos de formação para obtenção do certificado profissional de motorista de táxi quer nos cursos para a renovação do mesmo certificado, privilegiamos as componentes de formação sócio-cultural, como a comunicação e as relações interpessoais, visando o desenvolvimento pessoal, profissional e social.
Por outro lado, aproveitamos as inúmeras reuniões que efectuamos a nível distrital, concelhio ou outra, para prosseguir esta campanha de sensibilização do sector.
Como, nos táxis, não é obrigatória a existência do livro de reclamações, reitero o conselho para se dirigir ao IMT.
Apresento os melhores cumprimentos,
José Domingos
Director

ANTRAL está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (2)

'.Ver perfil de JORGE CAPÃO.'

JORGE CAPÃO

Há pessoas que não são dignas de andar ao volante de um táxi. Quando essas situações se verificarem deve anotar-se a matrícula da viatura e apresentar queixa.

'.Ver perfil de Melissa Meirelles.'

Melissa Meirelles

Sra Helena da Costa
Nao sao obrigados pq apesar de empresas nao tem estabelecimento comercial fixo. Assim cabe ao Cliente dirigir a reclamacao que tenha à entidade reguladora ou responsavel. Assim como os motoristas dos autocarros, comboios, metros, pilotos de aviao e etc. Existe livro se houver um balcao ou estabelecimento fixo onde se apresentar. Como os taxis sao pequenas empresas sem estabelecimento fixo nao têm que ter livro. O sr. José Capão disse e muito bem que deve ser recolhida a matricula, data e hora da "corrida" ponto de inicio e chegada e reclamar junto do imt