Banco CTT

Banco CTT

Banco CTT, S.A.
Marca Recomendada
Ranking na categoria
  • O Banco CTT tem como missão disponibilizar produtos financeiros simples e competitivos, um serviço de excelência e estabelecer relações de confiança e inovação.

  • 707288282
  • Edifício Adamastor, Torre A, Piso 11
    Av. D. João II, n.º 11,
    1999-002 Lisboa
  • reclamacoes@bancoctt.pt
Partilhar esta página

Banco CTT - Banco sem condições

Sem resolução
11706217
4682
0 gostos
jose apresentou a reclamação

Boas tardes,
Venho por este meio mostrar o meu descontentamento em relação ao Banco CTT.
Sendo um banco novo e querendo angariar clientes deveriam ter mais opções para os clientes do homebanking, não é só oferecer cartões de débito e comissões de conta porque isso não chega.
Sendo um banco novo deviam estar precavidos com situações básicas para quem utiliza o homebanking.
- NÃO TEM CONSULTA DE NIB NO HOMEBANKING.
- O CLIENTE NÃO TEM ACESSO AOS DÉBITOS DIRETOS.
- O CLIENTE NÃO TEM O MBWAY, PORQUE ESTE BANCO NÃO TEM ESSA OPÇÃO, UMA VEZ QUE O MBNET FOI DESCONTINUADO.
- O CLIENTE NÃO TEM A OPÇÃO DE PODER ENVIAR UM EMAIL (de comprovativo) APÓS UMA TRANSAÇÃO, TEM DE CRIAR PDF, ABRIR A SUA CAIXA DE CORREIO E DEPOIS ENVIAR O SEU COMPROVATIVO,(VERGONHOSO).
- NÃO TEM AGENDAMENTOS.
SERÁ QUE VALE APENA ABRIR CONTA NESTE BANCO QUANDO NÃO TEM ESTAS E OUTRAS FUNCIONALIDADES BÁSICAS PARA OS SEUS CLIENTES NO HOMEBANKIHG?
Liga-se para o apoio ao cliente e o que dizem é que essas funcionalidades estão em análise e poderão vir a ser postas. quando? não sabem. colocada a questão: mas vão pô-las? a funcionária não sabe responder.
Colocada a questão sobre o acesso ao homebanking por causa da password se era mais seguro escrever o código ou usar o teclado virtual a resposta que dão: deve-se usar o código normal porque o teclado virtual é muito confuso. Procuro: que formação têm estas pessoas? deve-se usar o teclado normal? Será que nunca ouvirão falar em segurança online? até as pessoas menos qualificada sabem que devem informar que se deve usar o teclado virtual para uma maior segurança.
MUITO SINCERAMENTE ACHO QUE NÃO, MAIS VALE TER CONTA NOUTRO BANCO E PAGAR COMISSÕES DO QUE ESTAR Á ESPERA QUE OS ENTENDIDOS EM INFORMÁTICA VENHAM A POR ESTAS E OUTRAS FUNCIONALIDADES QUE JÁ DEVERIAM DE EXISTIR...

08 ago 2017
Banco CTT adicionou uma resposta

Exmo. Senhor José Cruz,

Serve a presente para confirmar o exposto através do Portal da Queixa, ao qual dedicámos desde logo a melhor atenção.

Agradecemos o facto de nos ter dado conhecimento do motivo do seu descontentamento, proporcionando-nos, dessa forma, a oportunidade para nos pronunciarmos sobre o sucedido bem como para melhorar o nosso serviço.

Os comentários tecidos foram tomados em devida nota, e serão asseguradas as medidas que se mostrem necessárias, encontrando-se a situação reportada em análise.

Esclarecemos adicionalmente, por motivos de confidencialidade, que ser-lhe-á dada resposta de forma privada.

Certos da Sua compreensão, apresentamos os nossos melhores cumprimentos,

Marta Pereira
Gestão de Reclamações

08 ago 2017
Utilizador adicionou uma resposta

Boas tardes,
Exmos. Srs. do Banco CTT, em particular á Srª Marta Pereira, da Área de Gestão de Reclamações,
Começo por lhe dizer porque foi a Senhora que respondeu á minha reclamação:
- Não querendo fazer um valor de juízos da Senhora porque não a conheço nem tirar ilações precipitadas,
Quando um cliente faz uma reclamação deve-se dar resposta a tudo o que o cliente expôs, o que a senhora não fez, logo o seu trabalho de casa deveria ter sido mais profissional…
- Salientei na reclamação a informação que as operadoras estão a dar sobre como entrar no homebanking, facto este que a Senhora ignorou, pois não respondeu ao mesmo, se tinha duvidas bastava ouvir as chamadas por mim efetuadas, “que estão gravadas” mas compreendo que isso deva dar muito trabalho, por isso vale mais ignorar certas coisas escritas na reclamação, na minha singela opinião acho de extrema importância comentar este facto até porque são muitos os clientes, e não só, que observam atentamente as reclamações expostas e hoje em dia a segurança online é muito importante.
- Na resposta de consulta de IBAN, deixe-me que lhe diga que a sua plataforma do Homebanking deve ser diferente na minha porque como a Senhora diz devo seguir “os seguintes passos: > Menu > Contas > Visão Geral > Contas > Saldo > Detalhe de conta.”, até á parte das “contas” esses passos existem, agora não sei onde foi buscar o passo “Saldo e detalhe de conta” porque no meu Homebanking não aparece e sendo eu um leigo em informática, a explicação por si escrita ficou muito dúbia.
Já agora explique-se se faz favor como obtenho um comprovativo nos canais digitais do IBAN.
- Adorei a explicação da consulta dos débitos diretos, como não existe nos canais digitais, basta dirigir-me a um ATM, bastava á srª responder: “Mais esclarecemos que, no que diz respeito à gestão dos débitos diretos através dos canais digitais, essa funcionalidade ainda não se encontra disponível, no entanto agradecemos a sugestão apresentada por V. Exa, numa ótica de melhoria dos serviços prestados, pelo que serão asseguradas as medidas que se mostrem necessárias.”
Agora estar-me a explicar os passos que como fazer num ATM, é das explicações mais absurdas que li até hoje. Então a Senhora julga que é a primeira vez que utilizo um banco? (CTT), então se eu uso os canais digitais é para me dirigir a um ATM?, pois neste caso tenho mesmo de o fazer já que não existe essa funcionalidade neste péssimo banco, deixe-me que lhe diga com todo o respeito, tenha vergonha e pense antes de responder ao que lhe foi solicitado na reclamação. Ás vezes vale mais pensarmos as coisas do que as dizermos…
- Em relação ao serviço MBNET não vou tecer comentários porque a Senhora já respondeu á questão, escusava de me dizer o términus deste serviço porque eu já sabia a data, no entanto é sempre bom, pois deve haver clientes que não sabem quando o serviço MBNET será extinto. Mas o que eu queria ler era a solução para o serviço MBWAY e essa resposta como era de esperar foi: “não nos sendo, no entanto, possível indicar uma data para a disponibilização do serviço de MBWAY.”, o que quer dizer que provavelmente a partir de 04 de setembro de 2017 poderá o cliente correr o risco de não utilizar este serviço, fico a aguardar, lamentável….
- Na observação dos agendamentos fico a aguardar, não se sabe até quando, a opção “com carater periódico”.
Como vê até á presente data, os vossos canais digitais são uma vergonha, porque sendo um banco novo já deveriam ser mais apelativos.
- Continuo a dizer que até á data de hoje (08 de agosto de 2017), ser cliente do Banco CTT é uma autentica perda de tempo, porque para quem trabalha com os canais digitais como eu, fica-se completamente limitado aos serviços.
VERGONHA!!!!

Com os melhores cumprimentos,

08 ago 2017
Utilizador adicionou uma resposta

Boas tardes,
Exmos. Srs. do Banco CTT, em particular á Srª Marta Pereira, da Área de Gestão de Reclamações,
Começo por lhe dizer porque foi a Senhora que respondeu á minha reclamação:
- Não querendo fazer um valor de juízos da Senhora porque não a conheço nem tirar ilações precipitadas,
Quando um cliente faz uma reclamação deve-se dar resposta a tudo o que o cliente expos, o que a senhora não fez, logo o seu trabalho de casa deveria ter sido mais profissional…
- Salientei na reclamação a informação que as operadoras estão a dar sobre como entrar no homebanking, facto este que a Senhora ignorou, pois não respondeu ao mesmo, se tinha duvidas bastava ouvir as chamadas por mim efetuadas, “que estão gravadas” mas compreendo que isso deva dar muito trabalho, por isso vale mais ignorar certas coisas escritas na reclamação, na minha singela opinião acho de extrema importância comentar este facto até porque são muitos os clientes, e não só, que observam atentamente as reclamações expostas e hoje em dia a segurança online é muito importante.
- Na resposta de consulta de IBAN, deixe-me que lhe diga que a sua plataforma do Homebanking deve ser diferente na minha porque como a Senhora diz devo seguir “os seguintes passos: > Menu > Contas > Visão Geral > Contas > Saldo > Detalhe de conta.”, até á parte das “contas” esses passos existem, agora não sei onde foi buscar o passo “Saldo e detalhe de conta” porque no meu Homebanking não aparece e sendo eu um leigo em informática, a explicação por si escrita ficou muito dúbia.
Já agora explique-se se faz favor como obtenho um comprovativo nos canais digitais do IBAN.
- Adorei a explicação da consulta dos débitos diretos, como não existe nos canais digitais, basta dirigir-me a um ATM, bastava á srª responder: “Mais esclarecemos que, no que diz respeito à gestão dos débitos diretos através dos canais digitais, essa funcionalidade ainda não se encontra disponível, no entanto agradecemos a sugestão apresentada por V. Exa, numa ótica de melhoria dos serviços prestados, pelo que serão asseguradas as medidas que se mostrem necessárias.”
Agora estar-me a explicar os passos que como fazer num ATM, é das explicações mais absurdas que li até hoje. Então a Senhora julga que é a primeira vez que utilizo um banco? (CTT), então se eu uso os canais digitais é para me dirigir a um ATM?, pois neste caso tenho mesmo de o fazer já que não existe essa funcionalidade neste péssimo banco, deixe-me que lhe diga com todo o respeito, tenha vergonha e pense antes de responder ao que lhe foi solicitado na reclamação. Ás vezes vale mais pensarmos as coisas do que as dizermos…
- Em relação ao serviço MBNET não vou tecer comentários porque a Senhora já respondeu á questão, escusava de me dizer o términus deste serviço porque eu já sabia a data, no entanto é sempre bom, pois deve haver clientes que não sabem quando o serviço MBNET será extinto. Mas o que eu queria ler era a solução para o serviço MBWAY e essa resposta como era de esperar foi: “não nos sendo, no entanto, possível indicar uma data para a disponibilização do serviço de MBWAY.”, o que quer dizer que provavelmente a partir de 04 de setembro de 2017 poderá o cliente correr o risco de não utilizar este serviço, fico a aguardar, lamentável….
- Na observação dos agendamentos fico a aguardar, não se sabe até quando, a opção “com carater periódico”.
Como vê até á presente data, os vossos canais digitais são uma vergonha, porque sendo um banco novo já deveriam ser mais apelativos.
- Continuo a dizer que até á data de hoje (08 de agosto de 2017), ser cliente do Banco CTT é uma autentica perda de tempo, porque para quem trabalha com os canais digitais como eu, fica-se completamente limitado aos serviços.
VERGONHA!!!!

Com os melhores cumprimentos,

27 ago 2020
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (5)

Ver perfil de Oliveira

Oliveira

Este banco (?) dos Ctt é uma parceria com o CETELEM, ainda não perceberam que todos os métodos são iguais?

Ver perfil de Alexandre Júlio

Alexandre Júlio

Obrigado por expor as limitações do serviço de home banking do "Banco CTT".
Para mim tem relevância o horário de atendimento presencial do "Banco CTT". Assim como a facilidade de tratar dos assuntos de correio em paralelo.
Para referência, o MB Way não está visível n'ABANCA Corporación Bancaria e no Deutsche-Bank.
Tb. preciso do agendamento de transferências e visualização dos débitos diretos.
Tb. me será útil o envio do comprovativo de transferência interbancária por e-mail, diretamente a partir do home banking.

Ver perfil de dmcv

dmcv

A qualidade paga-se...
Quem nao pode ou nao quer, contrata Serviços Minimos Bancarios no BCTT e talvez saia a ganhar...

Ver perfil de José  Martins

José Martins

Eu pessoalmente estou satisfeito com o Serviço.A única queixa prende-se com esta situação da descontinuação do MBNET que acho que deveria ter sido antecipada, e uma necessidade num mundo digital é óbvio que quem quer mais tem sempre as comissões noutros lados...

Ver perfil de Guilherme Noronha

Guilherme Noronha

Declaração de interesses: Sou cliente do BCTT mas não faço comentários por encomenda.

Parece-me que a exposição é mais uma avaliação ou sugestão, em vez de uma reclamação. Quando abriu conta teve a oportunidade de perguntar ou informar-se devidamente. Se não o fez perdeu a oportunidade de saber o que estava a "comprar".

Eu próprio descrevi nas buscas do Google as lacunas do BCTT. Não obstante estou satisfeito com a crescente oferta de funcionalidades que este recente banco tem vindo a oferecer.

Não pode é exigir que o banco se adapte às suas vontades/necessidades. Se o fizesse para todos os clientes...

Cumprimentos
Guilherme