WiZink

WiZink Bank, S.A. – Sucursal em Portugal

Ranking na categoria

Categoria
Cartões de Crédito e Pagamento

Telefone: 707780808

Morada
Av. da Liberdade nº 131, 1º Piso
1250-140 Lisboa

E-mail
reclamacoes@wizink.pt

Website
http://www.wizink.pt

Recomenda esta marca?

115
212

Partilhar esta página

Barclaycard - Cobranças indevidas

Em tratamento
6382316
1174
0 gostos
Cristina Freire apresentou a reclamação

A minha mãe era cliente Barclaycard. Em Julho do ano passado não lhe enviaram o extracto mensal e ela não pagou. Foi feita reclamação solicitando o extracto que nunca veio. Entretanto a entidade foi enviando os restantes extractos sempre com divida acrescentando juros. Nunca mais foi utilizado o cartão. Este assunto foi objecto de decisão arbitral, a favor da minha mãe, com direito a indemnização. No entanto o Braclaycard continuou a enviar extractos com o juros a acumularem-se. Estavam em dívida 535,93€ desse mês de Julho. Agora já vai em 776,90€. A minha mãe foi hospitalizada em Julho deste ano e eu, numa tentativa de impedir que os juros continuassem a aumentar, comecei a pagar parcelas da dívida em causa por multibanco. A 1ª foi de 207€. Foi-me dito que a partir daí os juros deixariam de ser aplicados e as próximas parcelas seriam menores. A minha mãe faleceu no dia 7 de Setembro. A parcela seguinte que me chegou era de 19,06€ para pagar até dia 3 de Outubro. Paguei nesse mesmo dia e tenho o comprovativo de prova. Recebi 6 telefonemas do Barclaycard no dia 4, solicitando uma ligação minha. Desloquei-me à torre Oriental do Colombo, onde esta gente tem escritórios. Falei com uma D. Sónia que está no atendimento ao cliente e comuniquei o falecimento da minha mãe apresentando a Certidão de Óbito. Esta senhora disse que eu teria ainda de entregar uma Certidão de Habilitação de Herdeiros, e atenção que teria de ser certificada porque a simples não dava. Caso contrário não me poderiam fornecer mais informações sobre a conta. Eu disse que não queria informações nenhumas, queria era acabar com qualquer ligação com eles e estava a disponibilizar-me para pagar a dívida. Além disso eu não estou neste momento em condições de pagar o referido documento que pode ultrapassar os 200€. No dia 19 de Outubro recebo nova carta, mas desta vez solicitando o pagamento de 29,60€ até 31 de Outubro. Verifiquei que foram acrescidos juros. Liguei para um nº 800 grátis que eles têm e foi-me dado um endereço de e-mail para onde deveria dirigir uma reclamação. Fiz isso nesse mesmo dia, com a digitalização dos documentos e dos comprovativos.Isto foi enviado na madrugada de dia 20 de Outubro:

"Exmos Senhores:

O meu nome é XXXXXXXXX e sou filha da vossa falecida cliente, XXXXXXXXX.
Minha mãe tem para convosco uma dívida de 535,93€ referente ao mês de Julho de 2015, cujo extracto nunca chegou e que ela ficou a aguardar. Entretanto os senhores, apesar de estarem em falta com a minha mãe, começaram a acrescentar juros e impostos de selo sistematicamente, fazendo galgar a dívida para 776,90€. Isto, apesar de ter sido discutido arbitralmente o assunto e de ter resultado uma sentença a favor de minha mãe, inclusive com lugar a pagamento de indemnização da vossa parte. Não obstante, para vocês a dívida persiste nos valores errados!
A minha mãe faleceu, como já é do vosso conhecimento, e eu não sou nem desejo vir a ser vossa cliente alguma vez. Tornei-me cuidadora da minha mãe na sua doença e agora, com a sua morte, vejo-me na contingência de arranjar trabalho remunerado, uma vez que não tenho quaisquer rendimentos. Estou neste momento a fazer uma experiência de trabalho, pela qual não estou sequer a ser remunerada, e só no fim deste mês verei eventualmente mais definida a minha situação. Disponibilizei-me contudo a tentar honrar o pagamento da dívida que os senhores dizem que a minha mãe tem convosco. Paguei a 1ª parcela no valor de 207,76€ conforme documento anexo e respectivo comprovativo. Paguei a 2ª parcela no valor de 19,06€, conforme documento anexo e respectivo comprovativo.

Hoje, ao chegar a casa, sou confrontada com novo extracto vosso (que também anexo), em que o montante se altera para 29,60€ por acréscimo de juros e novamente imposto de selo, etc. A que propósito vêm estes juros? Eu paguei o que me exigiram dentro do prazo estipulado por vocês no extracto anterior, conforme se prova pela simples observação do respectivo comprovativo!
Não tenho possibilidade de vos pagar mais, nem os senhores têm o direito de me exigir quantias desta forma quando me disponho a cumprir! Agradeço que vejam, reconheçam e corrijam o erro que praticaram e disponho-me a pagar a quantia de 19,06€ até ao fim do prazo indicado neste último extracto: 31/10/2016 (conforme poderão confirmar através de observação do documento em anexo designado por último extrato).

Agradeço a vossa melhor atenção para este assunto, pois a minha vida sofreu uma radical alteração com a qual estou corajosamente a lidar, e não tenho de ser incomodada por acções decorrentes dos vossos erros nem de andar a caminhar constantemente para a Torre Oriente do Colombo a fim de esclarecer estes assuntos!

Aguardo resposta.

Cumprimentos,

CRISTINA FREIRE"
Até agora nenhuma resposta me foi dada e o fim do prazo aproxima-se. Só tenho possibilidade de pagar os 19,06€, para honrar uma divida que nem sequer é minha e temos que o próximo extracto traga ainda mais juros. Não sei o que fazer para que esta gente se manque. A minha vontade era não pagar mais nada! Agora por telefone não me dizem mais nada enquanto eu não entregar a habilitação de herdeiros. Isto pode ser assim? Podem exigir-me aquilo que eu não posso dar? Podem massacrar-me com telefonemas apesar de eu ter cumprido com o prazo de pagamento? Podem exigir-me juros, mesmo tendo eu cumprido o prazo que eles próprios estabeleceram e me indicaram?


Esta reclamação tem um anexo privado
03 Nov2016
WiZink adicionou uma resposta

Caro Cliente,

Registamos a sua insatisfação quanto ao tema apresentado.
Solicitamos as nossas desculpas quanto ao incómodo causado, bem como não termos cumprido com a sua expectativa.

Procedemos à análise da situação exposta bem como tivemos oportunidade de resolver esta reclamação dando conhecimento a V.Exa.

Para o nosso serviço encontra-se esta situação devidamente resolvida.

Qualquer questão adicional ou que permaneça alguma dúvida teremos o gosto de esclarecer.

Com os nossos melhores cumprimentos

Barclaycard

WiZink está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)