Performance da Marca
N/A
/100
Sem dados
Sem dados
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Ranking na categoria
Multimédia e Software
1 Grupo PIE 77.2
2 Shopkit 73.8
3 ANO 56.5
...
Big SalesN/A
Restpresso SL
  • 808 100 167
  • URBANIZAÇÃO HORTA DA RAMINHA PRACETA TENGARRINHA LOTE11 LOJA C
    8500-826 PORTIMÃO
  • geral@bigsales.pt

Big Sales - Reembolso

Aguarda resposta
Raquel de Sousa
Raquel Sousa apresentou a reclamação
27 de junho 2024
Caros Senhores,
Chamo-me Raquel Sousa, sou Angolana, casada, mãe de duas crianças, sendo uma delas autista, residente em Portugal desde Setembro do ano de 2023. Há sensivelmente um ano atrás, em Junho, decidi juntamente com o meu esposo adquirir a loja online junto da empresa bigsale, isso apartir de Angola. O objectivo era que quando nos mudassemos para cá em Portugal, tivemos uma fonte de renda que ía fazer face as despesas que teríamos com o nosso filho autista e outras mais. Decidimos investir numa loja junto da bogsale. O contrato previa que só teríamos 30 dias para cancelar o mesmo, caso quiséssemos desistir, e nos seriam devolvidos 75% do valor investido. A empresa bigsale também comprometeu-se dar-nos a loja num prazo de 45 a 60 dias após a criação do logótipo, isso não aconteceu. Na altura não reclamamos o facto da empresa estar a demorar para entregar a loka porque estavamos a tratar dos assuntos legais quando chegamos cá em Portugal. Criamos uma empresa onde seroa domiciliada a loja virtual adquirida junto da bigsale. O valor do investimento foi de 5.400 euros, toda minha poupança. Na altura, o pessoal com quem estamos a tratar do assunto criou um grupo de whatsap onde se passava a maior parte das informações sobre a loja. Toda a informação solicitada para o funcionamento da mesma nós enviavamos ao pessoal. Até que começamos a ter dificuldades na abertura de uma conta para a empresa junto das entidades bancárias cá em Portugal e dar início da actividade na AGT; isso porque as leis mudaram, e para abrir a conta empresa os sócios tinham que ter título de residência, e o assunto está em tratamento junto da Aima. Assim como mudaram as leis para a abertura de conta mudaram também as leis de imigração em Portugal. O processo ficou mais demorado, enquanto isso, comunicamos a bigsale a situação e continuamos tentando uma outra possível solução, que era encontrar banco que nos permitisse abrir conta sem título de residência, mas não encontrámos. Enquanto isso a bigsale apresentou-nos o site criado da loja para aprovação. Notei que o preço dos produtos eram altos demais, comparativamente aos preços dos mesmos produtos no mercado, questionei ao técnico que fazia a apresentação da loja e ele disse-me que era só uma apresentação, e que tudo seria alterado quando a loja estivesse realmente a funcionar. Enquanto tratavamos o assunto da abertura da conta, já tínhamos fornecido a bigsale outras formas de pagamento, como a paypal e outros, mas a loja ainda não tinha sido entregue, porque o site não estava funcional ainda e precisavamos também dar início da actividade e para isso era necessário um iban da empresa. Depois de algum tempo notei que a loja tinha sido removida, pois sempre que acessava o site este não abria. Da única vez que apresentaram a loja nada estava a funcionar, o backoffice não funcionava, eu tinha o acesso, mas não dava para fazer qualquer alteração ainda, a loja ainda estava em "construção", estavam ainda a rever alguns problemas técnicos. Depois já não conseguia ver, porque o site não funcionava. Com isso, quero dizer que apesar de estarmos a arranjar formas de abrir a conta, a bigsale ainda enfrentava problemas técnicos para entregar a loja totalmente funcional. O Processo na Aima está obviamente demorado, não nos foi dado o título de residência até agora. Estou a enfrentar muitos problemas financeiros cá em Portugal, pois o meu filho faz terapias 3 vezes a semana e são 120 euros. Diante desse aperto financeiro, e porque essa situação da conta é um factor que está fora do nosso controlo, uma vez também que a Bigsale não foi capaz de entregar a loja pronta dentro do prazo, manifestamos então a intenção de cancelar o processo, fizemos a denúncia do contrato, e solicitamos que nos seja devolvido a percentagem do valor do investimento que nos cabe, de acordo o contrato. O pessoal da bigsale não quiseram entender, foram frios e distantes e até arrogantes, dizendo que se não conseguimos obter a residência a culpa não era delea mas nossa. Aquele pessoal que conhecemos no princípio da negociação, todos educados, profissionais e parentemente muito confiáveis foi substituído por pessoas arrogantes, frias e distantes, que não mostraram o mínimo de empatia pela nossa situação. Sugerimos uma reunião feita online com o jurídico da empresa e outras pessoas, e nessa reunião entramoa num acordo, depois de apresentarmos agumentos válidos, em que a bigsale ía ía levar o assunto a gerência, uma vez que não se podia fazer a devolução total do valor, já que o site segundo eles já estava feito e montado toda uma estrutura, embora não estivesse ainda funcional, para vermos a percentagem que nos podia ser devolvido. Aguardamos por duas semanas o pronunciamento da bigsale, reclamamos a demora na resposta no grupo do whatsap, esse também era um dos desconforto que tinhamos, a bigsale não respondia prontamente nossas inquietações no grupo. Depois de muito reclamarmos, vem o Sr. (*) dizendo que não sabia de nada so que se estava a passar, não tinja sido informado de nada e que não podiam fazer nada do que estávamos a solicitar. O Sr. (*) esteve o tempo todo no grupo, as conversas sobre este assunto giraram em torno de duas semanas. Passavam o assunto de um lado para o outro, conforme nos informavam. Como é possível o Sr. (*) não saber desse assunto? Pediram-nos para arrajarmos um servidor para colocarmos a loja não funcional. A bigsale recusa-se a entrar num acordo e devolver-nos parte do dinheiro investido. Eu ainda sugeri que colocassem a loja em nome individual, isso é em meu nome, por causa da minha conta pessoal. Assim teríamos um iban ligado a loja para darmos início a actividade. Pedido este que foi completamente ignorado, isso porque a loja não estava pronta ainda. São 5400 euros de investimento, senhores. A bigsale está a agir de má fé e se apropriar de valores sem sequer apresentar um serviço funcional. A bigsale até o momento não nos apresentou a factura dos serviços que diz já terem feito, para no mínimo termos a noção do quanto a empresa cobrou por cada um desses serviços. Não temos culpa de não podermos abrir uma conta por falta do título de residência; continuo a lutar por um agendamento junto da Aima, principalmente pelo meu filho que está em tratamento. Caso a empresa não tenha levado a nossa queixa em consideração, levaremos o assunto aquem de direito.
Data de ocorrência: 29 de maio 2024
Raquel de Sousa
Raquel Sousa está a aguardar resposta da marca
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.