Centro Nacional de Pensões

Segurança Social

Centro Nacional de Pensões

Centro Nacional de Pensões

(9.8%)
Ranking na categoria

Categoria
Serviços Sociais e de Previdência

Sobre

Canal não oficial da Segurança Social.
Para um contacto direto use o portal Segurança Social Direta


Telefone: 300502502

Morada
Rua de Entrecampos, 57 r/c e cave
1700-157, Lisboa

Website
http://www4.seg-social.pt/pensoes

Recomenda esta marca?

115
96

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

Centro Nacional de Pensões - Incompetência na gestão do processo (pensão de sobrevivência dos descendentes)

Resolvida
22675118
436
0 gostos
Utilizador apresentou a reclamação

O meu pai faleceu no dia 2 de Setembro de 2017 vitima de um cancro fulminante. Desde esta data que tanto eu como a minha irmã temos feito tudo, conforme mandam as regras, para que nos seja atribuída a pensão de sobrevivência - uma vez que ambos somos estudantes universitários.
Depois de várias tentativas frustradas para obter informação sobre o processo tivemos que nos dirigir à sede distrital da Segurança Social da nossa área de residência no dia 07/06/2018 - 9 meses após o falecimento do nosso pai e início de todo o processo - para que nos informassem que o caso tinha sido ARQUIVADO por incompetência dos responsáveis. Entretanto o processo foi reaberto mas não há desenvolvimento: a primeira data que nos davam para vermos isto resolvido, depois da reabertura do processo era o mês de Setembro, depois, numa das nossas deslocações no mês de Agosto, fomos informados que só podíamos almejar ver isto resolvido em Outubro e, chegados a Outubro, nada está resolvido e a melhor previsão é a do mês Dezembro. Relembro que eu e a minha irmã sempre prestamos todas as informações requeridas atempadamente e pergunto-me:
- Numa era em que os sistemas estão todos informatizados e existe cruzamento de dados é necessário tanto tempo assim para resolver este caso?

Chegamos a esta data (11 de Outubro de 2018) - 1 ano, 1 mês e 9 dias depois da morte do nosso pai - a viver dos rendimentos da minha mãe, sem poder trabalhar - porque nos arriscamos a confundir ainda mais o processo e a ficar sem direito a pensão de sobrevivência-, sem bolsa escolar ainda atribuída e com a minha irmã a estudar deslocada da sua área de residência: está a tornar-se insuportável.


Esta reclamação tem um anexo privado
21 Nov2018
Utilizador alterou o estado para Resolvida
21 Nov2018
Utilizador avaliou a marca

1/10

Não

Voltaria a fazer negócio?

Consegui uma solução provisória que nada teve a ver com o uso desta plataforma.
Numa estado social, como o nosso, é inadmissível que a Segurança Social funcione tão mal (a nível de timings) a proteger os seus cidadãos e os seus interesses.

Esta reclamação foi considerada como resolvida

Comentários (0)