Centro Nacional de Pensões

Segurança Social

Centro Nacional de Pensões

Centro Nacional de Pensões

Categoria
Serviços Sociais e de Previdência

Sobre

Canal não oficial da Segurança Social.
Para um contacto direto use o portal Segurança Social Direta


Telefone: 300502502

Morada
Rua de Entrecampos, 57 r/c e cave
1700-157, Lisboa

Website
http://www4.seg-social.pt/pensoes

Recomenda esta marca?

103
70

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

Centro Nacional de Pensões - Pedido de pensão com data a começar em 1 de janeiro de 2019

Aguarda resposta
25977219
197
0 gostos
Jorge Constantino apresentou a reclamação

Em 4 de Outubro de 2018 solicitei através dos serviços da Segurança Social de Leiria o pedido de acesso à pensão de reforma com data de início a partir de 01/01/2019 ao abrigo do regime de Carreiras Longas.
O que está a acontecer é que já estamos a 12 de Fevereiro de 2019 ( + de 4 meses) e ainda não recebi nenhuma comunicação por parte dos serviços da Segurança Social. Isto é , ainda não sei se tenho ou não acesso à reforma e qual o valor da mesma.
Dado este atraso inusitado que não tem sido habitual, já me dirigi aos serviços de Segurança Social de Leiria por várias vezes para obter feedback do meu pedido. Da primeira vez, a senhora que me atendeu fez uma reclamação no sistema da SS. Da segunda vez, a senhora que me atendeu aconselhou-me a ser eu a enviar email para a SS, serviços centrais. De imediato fiz o email e até ao momento não obtive resposta nenhuma. Na última vez, a senhora que me atendeu fez uma reclamação escrita para ser enviada por via interna da SS (serviços centrais) .
Dado o exposto, solicito que me ajudem a acelerar este processo e a perceber o porquê deste silêncio.
Eu sou formador (trabalhador independente) e dado que o início da reforma era a partir de 1 de Janeiro de 2019, rescindi com a entidade a quem prestava serviços (IEFP de Leiria) a partir daquela data e por isso encontro-me neste momento sem atividade, portanto sem entrada de dinheiro para o sustento familiar.

Esta reclamação tem um anexo privado
Jorge Constantino está a aguardar resposta da marca

Comentários (1)

Ver perfil de Armando José Menino da Silva

Armando José Menino da Silva

Se ler as queixas sem resposta patentes neste portal desde o verão de 2017, os últimos relatórios da Provedoria de Justiça e a informação que começa a proliferar nos media chegará à conclusão que estamos perante uma catástrofe social de grande envergadura criada pelo próprio estado português e que constuitui uma autêntica vergonha nacional perante a comunidade internacional.
Em resumo, as centenas de milhar de portugueses que tenham descontado para a SS e tenham requerido uma pensão nos últimos anos estão condenados a esperar muitos meses ou mesmo vários anos sem qualquer rendimento até que lhes seja atribuida a pensão a que têm direito. Claro que parte deles vai morrer de desespero antes que tal aconteça.
A culpa é "evidente": a troika (o inimigo externo à laia de Nicolas Maduro).
O importante até às próximas eleições é que conste que o actual governo fez o "milagre" de inverter a situação de austeridade em que "vivíamos" (passou a página como tinha prometido) mas que pouca gente saiba como o conseguiu e muito menos à custa de quem. Nisso, que é o que importa a qualquer político que se prese, há que reconhecer a competência de Costa para indrominar o pagode fazendo-se ajudar por Jerónimo e por Catarina. Se não é assim, alguém dê a cara e explique aos portugueses com dados reais e globais o que é se passa.
Entendo que o problema dos "candidatos" a reformados é não termos qualquer visibilidade social ou mediática excepto no caso recente dos portugueses residentes no Luxemburgo por estarem associados e dessa forma terem tido a possibilidade de mediatizar o caso. Parece que algo irão conseguir com isso o que não parece ser uma boa notícia para os restantes.