Clínica de Santa Madalena

Clinica Medica e Dentaria de Santa Madalena, Lda

Ranking na categoria

Categoria
Clínicas Dentárias

Telefone: 21 030 2360

Morada
Rua Conde de Redondo, Nº 1
1150-101 Lisboa

E-mail
reclamacoes@santamadalena.pt

Website
http://www.santamadalena.pt

Recomenda esta marca?

7
7

Partilhar esta página

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de António Paiva
há 1 semana
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Atendimento telefónico

Exmo. Sr. António Paiva,

Boa tarde

Acusamos a recepção da sua reclamação, que mereceu a nossa melhor atenção e que desde já agradecemos, na medida em que nos permite melhorar a qualidade dos servimos que prestamos.

Após averiguações internas verificámos que foi já contactado pela clínica em questão e que a sua situação está em processo de resolução.

Não obstante, lamentamos o facto de não se sentir devidamente atendido, bem como todos os transtornos que esta situação lhe tenha causado.

Sem outro assunto de momento, apresento os nossos melhores cumprimentos,

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Maria Oliveira
há 1 semana
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Taxa cobrada pela clínica

Exma. Senhora D. Maria Oliveira,

Boa tarde

Acusamos a recepção da sua reclamação, que mereceu a nossa melhor atenção e que desde já agradecemos, na medida em que nos permite melhorar a qualidade dos servimos que prestamos.

Informamos que a mesma se encontra em análise e que voltaremos ao seu contacto tão breve quanto possível.

É de salientar ainda, que visto ter formalizado também a reclamação através do Livro Eletrónico, receberá a resposta via email.

Sem outro assunto de momento, apresento os nossos melhores cumprimentos,

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Maria Santos
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Taxa extra

Exma. Senhora D. Maria Santos,

Agradecemos a apresentação da sua reclamação que mereceu a nossa melhor atenção e que é para nós muito importante na medida em que permite melhorar continuamente a qualidade dos serviços que prestamos.

Face à situação da COVID-19 ter sido declarada como Pandemia a 11 de Março de 2020 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as clínicas dentárias têm vindo a implementar medidas para sua proteção e segurança de forma a diminuir o risco de propagação do vírus de acordo com as orientações da Direção Geral de Saúde (DGS).

O exercício da medicina dentária exige uma grande proximidade com o Paciente, expondo-o a gotículas respiratórias e aerossóis que podem ser criados durante os procedimentos clínicos, podendo expor o gabinete de consulta à transmissão do vírus. Por isso, para sua proteção e segurança dos seus e de acordo com as normas da Direção Geral de Saúde (DGS), foram reforçados os equipamentos e procedimentos de segurança de forma a minimizar a transmissão deste vírus, nomeadamente do uso de equipamentos de proteção individual (EPI), cujos custos não se encontravam refletidos numa consulta de medicina dentária pré-pandemia, pois alguns destes EPIs não eram sequer utilizados em bloco operatório.

Para além disso, o aumento da procura e escassez da oferta em EPIs traduziu-se num aumento exponencial de valores na aquisição destes bens necessários para garantir a sua proteção e segurança. Nalguns casos sofrendo um incremento de mais de 20 vezes no preço habitual, existindo tratamentos que passaram a ter um valor inferior ao custo total dos EPIs utilizados na consulta.

Compreendendo a situação delicada em que muitos Pacientes se encontravam, a Clínica Santa Madalena não adoptou de imediato a cobrança do EPI, tendo atravessado a fase de suspensão de actividade, onde se garantia apenas o atendimento de urgências, sem cobrar qualquer valor adicional aos Pacientes, suportando o sobrevalor dos EPIs. Contudo, sendo que também não ficámos imunes a esta situação, não é economicamente sustentável suportar os custos de EPIs, pelo que iniciámos a cobrança deste valor após o levantamento da suspensão da actividade.

Importa salientar ainda que os EPIs utilizados nesta nova realidade, são compostos por materiais descartáveis e de utilização única, de modo a evitar a contaminação dos nossos Pacientes e garantir a sua segurança.

A Clínica Santa Madalena cumpre escrupulosamente todas as normas da Direção Geral de Saúde (DGS) e da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) respeitando neste caso o alerta de supervisão nº 03/2020: a informação do custo acrescido dos EPIs é fornecida telefonicamente aquando do contacto e reforçada aquando da chegada do Paciente, à clínica.

Face ao exposto, a cobrança do valor de EPIs é lícito, tendo sido cumpridas integralmente as condições definidas pelo Regulador, nomeadamente o dever de informação.

Gostaríamos de referir que as seguradoras e outras entidades, sensíveis ao problema, estão progressivamente a decidir comparticipar (por vezes na totalidade) o valor de EPIs cobrados no contexto da consulta de medicina dentária. Dizer sobre este ponto, que as seguradoras estão ainda a definir o processo operacional e a integrar esta medida nos seus sistemas de informação. Por essa razão sugerimos o contacto com a sua seguradora ou entidade.

Não obstante, sendo que compreendemos totalmente os motivos da sua insatisfação, lamentamos que não se sinta devidamente atendida, apesar de garantirmos que, desde o início da pandemia, todos os esforços foram e continuarão a ser feitos no sentido de acompanhar e auxiliar os nossos Pacientes em todos os momentos.

Por este motivo, mantivemos as nossas clínicas a funcionar para atendimento de situações de urgência, garantindo todas as medidas de protecção necessárias à situação atual.

Acreditamos ainda, que a necessidade de cobrança do Equipamento de Proteção Individual (EPIs) é excecional e transitória, tal como a situação atual em que vivemos.

Na esperança de continuar a merecer a sua confiança nos nossos serviços, apresentamos os nossos melhores cumprimentos. 

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Carla Teixeira
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Cobrança de mais 10€ para desinfestação extra

Exma. Senhora D. Carla Teixeira,

Agradecemos a apresentação da sua reclamação que mereceu a nossa melhor atenção e que é para nós muito importante na medida em que permite melhorar continuamente a qualidade dos serviços que prestamos.

Face à situação da COVID-19 ter sido declarada como Pandemia a 11 de Março de 2020 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as clínicas dentárias têm vindo a implementar medidas para sua proteção e segurança de forma a diminuir o risco de propagação do vírus de acordo com as orientações da Direção Geral de Saúde (DGS).

O exercício da medicina dentária exige uma grande proximidade com o Paciente, expondo-o a gotículas respiratórias e aerossóis que podem ser criados durante os procedimentos clínicos, podendo expor o gabinete de consulta à transmissão do vírus. Por isso, para sua proteção e segurança e de acordo com as normas da Direção Geral de Saúde (DGS), foram reforçados os equipamentos e procedimentos de segurança de forma a minimizar a transmissão deste vírus, nomeadamente do uso de equipamentos de proteção individual (EPI), cujos custos não se encontravam refletidos numa consulta de medicina dentária pré-pandemia, pois alguns destes EPIs não eram sequer utilizados em bloco operatório.

Para além disso, o aumento da procura e escassez da oferta em EPIs traduziu-se num aumento exponencial de valores na aquisição destes bens necessários para garantir a sua proteção e segurança.

Compreendendo a situação delicada em que muitos Pacientes se encontravam, a Clínica Santa Madalena não adoptou de imediato a cobrança do EPI, tendo atravessado a fase de suspensão de actividade, onde se garantia apenas o atendimento de urgências, sem cobrar qualquer valor adicional aos Pacientes, suportando o sobrevalor dos EPIs. Contudo, sendo que também não ficámos imunes a esta situação, não é economicamente sustentável suportar os custos de EPIs, pelo que iniciámos a cobrança deste valor após o levantamento da suspensão da actividade.

A Clínica Santa Madalena cumpre escrupulosamente todas as normas da Direção Geral de Saúde (DGS) e da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) respeitando neste caso o alerta de supervisão nº 03/2020: a informação do custo acrescido dos EPIs é fornecida telefonicamente aquando do contacto e reforçada aquando da chegada do Paciente, à clínica.

Face ao exposto, a cobrança do valor de EPIs é lícito, tendo sido cumpridas integralmente as condições definidas pelo Regulador, nomeadamente o dever de informação.

Gostaríamos de referir que as seguradoras e outras entidades, sensíveis ao problema, estão progressivamente a decidir comparticipar (por vezes na totalidade) o valor de EPIs cobrados no contexto da consulta de medicina dentária. Dizer sobre este ponto, que as seguradoras estão ainda a definir o processo operacional e a integrar esta medida nos seus sistemas de informação. Por essa razão sugerimos o contacto com a sua seguradora ou entidade.

Não obstante, sendo que compreendemos totalmente os motivos da sua insatisfação, lamentamos que não se sinta devidamente atendida, apesar de garantirmos que, desde o início da pandemia, todos os esforços foram e continuarão a ser feitos no sentido de acompanhar e auxiliar os nossos Pacientes em todos os momentos.

Por este motivo, mantivemos as nossas clínicas a funcionar para atendimento de situações de urgência, garantindo todas as medidas de protecção necessárias à situação atual.

Acreditamos ainda, que a necessidade de cobrança do Equipamento de Proteção Individual (EPIs) é excecional e transitória, tal como a situação atual em que vivemos.

Na esperança de continuar a merecer a sua confiança nos nossos serviços, apresentamos os nossos melhores cumprimentos. 

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Marta Zambujinho
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Montante solicitado extra consulta devido ao Covid 19

Exma. Senhora D. Marta Zambujinho,

Agradecemos a apresentação da sua reclamação que mereceu a nossa melhor atenção e que é para nós muito importante na medida em que permite melhorar continuamente a qualidade dos serviços que prestamos.
Face à situação da COVID-19 ter sido declarada como Pandemia a 11 de Março de 2020 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as clínicas dentárias têm vindo a implementar medidas para sua proteção e segurança de forma a diminuir o risco de propagação do vírus de acordo com as orientações da Direção Geral de Saúde (DGS).

O exercício da medicina dentária exige uma grande proximidade com o Paciente, expondo-o a gotículas respiratórias e aerossóis que podem ser criados durante os procedimentos clínicos, podendo expor o gabinete de consulta à transmissão do vírus. Por isso, para sua proteção e segurança e de acordo com as normas da Direção Geral de Saúde (DGS), foram reforçados os equipamentos (alguns dos quais não eram sequer usados em bloco operatório antes desta crise) e procedimentos de segurança de forma a minimizar a transmissão deste vírus, nomeadamente do uso de equipamentos de proteção individual (EPI), cujos custos não se encontravam refletidos numa consulta de medicina dentária pré-pandemia.

Devido à elevada procura e escassez da oferta destes novos EPIs, as cadeias de fornecimento deixaram de funcionar normalmente e os valores dos EPIs aumentaram exponencialmente, sendo que neste momento, existem tratamentos que passaram a ter um valor inferior ao custo total dos EPIs utilizados na consulta.

Compreendendo a situação delicada em que muitos Pacientes se encontravam, a Clínica Santa Madalena não adoptou de imediato a cobrança do EPI, tendo atravessado a fase de suspensão de actividade, onde se garantia apenas o atendimento de urgências, sem cobrar qualquer valor adicional aos Pacientes, suportando o sobrevalor dos EPIs. Contudo, sendo que também não ficámos imunes a esta situação, não é economicamente sustentável suportar os custos de EPIs, pelo que iniciámos a cobrança deste valor após o levantamento da suspensão da actividade.

A Clínica Santa Madalena cumpre escrupulosamente todas as normas da Direção Geral de Saúde (DGS) e da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) respeitando neste caso o alerta de supervisão nº 03/2020: a informação do custo acrescido dos EPIs é fornecida telefonicamente aquando do contacto do Paciente e é reforçada aquando da chegada do mesmo, à clínica.
Gostaríamos de referir que as seguradoras e outras entidades, sensíveis ao problema, estão progressivamente a decidir comparticipar (por vezes na totalidade) o valor de EPIs cobrados no contexto da consulta de medicina dentária. Dizer sobre este ponto, que as seguradoras estão ainda a definir o processo operacional e a integrar esta medida nos seus sistemas de informação. Por essa razão sugerimos o contacto com a sua seguradora ou entidade.

Não obstante, sendo que compreendemos totalmente os motivos da sua insatisfação, lamentamos que não se sinta devidamente atendida, apesar de garantirmos que, desde o início da pandemia, todos os esforços foram e continuarão a ser realizados no sentido de acompanhar e auxiliar os nossos Pacientes em todos os momentos.
Por este motivo, mantivemos as nossas clínicas a funcionar para atendimento de situações de urgência, garantindo todas as medidas de protecção necessárias à situação atual.

Acreditamos, no entanto, que a necessidade de cobrança do Equipamento de Proteção Individual (EPIs) é excecional e transitória tal como a situação atual em que vivemos.

Na esperança de continuar a merecer a sua confiança nos nossos serviços, apresentamos os nossos melhores cumprimentos. 

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Cátia Dias
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Pagamento de protecção individual

Exma. Senhora D. Cátia Dias,

Agradecemos a apresentação da sua reclamação que mereceu a nossa melhor atenção e que é para nós muito importante na medida em que permite melhorar continuamente a qualidade dos serviços que prestamos.

Face à situação da COVID-19 ter sido declarada como Pandemia a 11 de Março de 2020 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as clínicas dentárias têm vindo a implementar medidas para sua proteção e segurança de forma a diminuir o risco de propagação do vírus de acordo com as orientações da Direção Geral de Saúde (DGS).

O exercício da medicina dentária exige uma grande proximidade com o Paciente, expondo-o a gotículas respiratórias e aerossóis que podem ser criados durante os procedimentos clínicos, podendo expor o gabinete de consulta à transmissão do vírus. Por isso, para sua proteção e segurança e de acordo com as normas da Direção Geral de Saúde (DGS), foram reforçados os equipamentos e procedimentos de segurança de forma a minimizar a transmissão deste vírus, nomeadamente do uso de equipamentos de proteção individual (EPI), cujos custos não se encontravam refletidos numa consulta de medicina dentária pré-pandemia.

Para além disso, o aumento da procura e escassez da oferta em EPIs traduziu-se num aumento exponencial de valores na aquisição destes bens necessários para garantir a sua proteção e segurança.

Compreendendo a situação delicada em que muitos Pacientes se encontravam, a Clínica Santa Madalena não adoptou de imediato a cobrança do EPI, tendo atravessado a fase de suspensão de actividade, onde se garantia apenas o atendimento de urgências, sem cobrar qualquer valor adicional aos

Pacientes, suportando o sobrevalor dos EPIs. Contudo, sendo que também não ficámos imunes a esta situação, não é economicamente sustentável suportar os custos de EPIs, pelo que iniciámos a cobrança deste valor após o levantamento da suspensão da actividade.

A Clínica Santa Madalena cumpre escrupulosamente todas as normas da Direção Geral de Saúde (DGS) e da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) respeitando neste caso o alerta de supervisão nº 03/2020: a informação do custo acrescido dos EPIs é fornecida telefonicamente aquando do contacto e reforçada aquando da chegada do Paciente, à clínica.

Face ao exposto, a cobrança do valor de EPIs é lícito, tendo sido cumpridas integralmente as condições definidas pelo Regulador, nomeadamente o dever de informação.

Gostaríamos de referir que as seguradoras e outras entidades, sensíveis ao problema, estão progressivamente a decidir comparticipar (por vezes na totalidade) o valor de EPIs cobrados no contexto da consulta de medicina dentária. Dizer sobre este ponto, que as seguradoras estão ainda a definir o processo operacional e a integrar esta medida nos seus sistemas de informação. Por essa razão sugerimos o contacto com a sua seguradora ou entidade.

Não obstante, sendo que compreendemos totalmente os motivos da sua insatisfação, lamentamos que não se sinta devidamente atendida, apesar de garantirmos que, desde o início da pandemia, todos os esforços foram e continuarão a ser feitos no sentido de acompanhar e auxiliar os nossos Pacientes em todos os momentos.

Por este motivo, mantivemos as nossas clínicas a funcionar para atendimento de situações de urgência, garantindo todas as medidas de protecção necessárias à situação atual.

Acreditamos ainda, que a necessidade de cobrança do Equipamento de Proteção Individual (EPIs) é excecional e transitória, tal como a situação atual em que vivemos.

Na esperança de continuar a merecer a sua confiança nos nossos serviços, apresentamos os nossos melhores cumprimentos. 

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Marcio Pereira
há 1 mêsCOVID-19
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Valor cobrado por utilização de EPI

Exmo. Sr. Márcio Pereira,

Agradecemos a apresentação da sua reclamação que mereceu a nossa melhor atenção e que é para nós muito importante na medida em que permite melhorar continuamente a qualidade dos serviços que prestamos.

Face à situação da COVID-19 ter sido declarada como Pandemia a 11 de Março de 2020 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), as clínicas dentárias têm vindo a implementar medidas para sua proteção e segurança de forma a diminuir o risco de propagação do vírus de acordo com as orientações da Direção Geral de Saúde (DGS).

O exercício da medicina dentária exige uma grande proximidade com o Paciente, expondo-o a gotículas respiratórias e aerossóis que podem ser criados durante os procedimentos clínicos, podendo expor o gabinete de consulta à transmissão do vírus. Por isso, para sua proteção e segurança e de acordo com as normas da Direção Geral de Saúde (DGS), foram reforçados os equipamentos e procedimentos de segurança de forma a minimizar a transmissão deste vírus, nomeadamente do uso de equipamentos de proteção individual (EPI), cujos custos não se encontravam refletidos numa consulta de medicina dentária pré-pandemia.

Para além disso, o aumento da procura e escassez da oferta em EPIs traduziu-se num aumento exponencial de valores na aquisição destes bens necessários para garantir a sua proteção e segurança.

Compreendendo a situação delicada em que muitos Pacientes se encontravam, a Clínica Santa Madalena não adoptou de imediato a cobrança do EPI, tendo atravessado a fase de suspensão de actividade, onde se garantia apenas o atendimento de urgências, sem cobrar qualquer valor adicional aos Pacientes, suportando o sobrevalor dos EPIs. Contudo, sendo que também não ficámos imunes a esta situação, não é economicamente sustentável suportar os custos de EPIs, pelo que iniciámos a cobrança deste valor após o levantamento da suspensão da actividade.

A Clínica Santa Madalena cumpre escrupulosamente todas as normas da Direção Geral de Saúde (DGS) e da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) respeitando neste caso o alerta de supervisão nº 03/2020: a informação do custo acrescido dos EPIs é fornecida telefonicamente aquando do contacto e reforçada aquando da chegada do Paciente, à clínica.

Face ao exposto, a cobrança do valor de EPIs é lícito, tendo sido cumpridas integralmente as condições definidas pelo Regulador, nomeadamente o dever de informação.

Gostaríamos de referir que as seguradoras e outras entidades, sensíveis ao problema, estão progressivamente a decidir comparticipar (por vezes na totalidade) o valor de EPIs cobrados no contexto da consulta de medicina dentária. Dizer sobre este ponto, que as seguradoras estão ainda a definir o processo operacional e a integrar esta medida nos seus sistemas de informação. Por essa razão sugerimos o contacto com a sua seguradora ou entidade.

Não obstante, sendo que compreendemos totalmente os motivos da sua insatisfação, lamentamos que não se sinta devidamente atendido, apesar de garantirmos que, desde o início da pandemia, todos os esforços foram e continuarão a ser feitos no sentido de acompanhar e auxiliar os nossos Pacientes em todos os momentos.

Por este motivo, mantivemos as nossas clínicas a funcionar para atendimento de situações de urgência, garantindo todas as medidas de protecção necessárias à situação atual.

Acreditamos ainda, que a necessidade de cobrança do Equipamento de Proteção Individual (EPIs) é excecional e transitória, tal como a situação atual em que vivemos.

Na esperança de continuar a merecer a sua confiança nos nossos serviços, apresentamos os nossos melhores cumprimentos. 

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Brígida Oliveira
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Resposta ao email após contestação de valor cobrado

Exma. Senhora. D. Brígida Oliveira,

Agradecemos a apresentação da sua reclamação que mereceu a nossa melhor atenção e que é para nós muito importante, na medida em que nos permite melhorar continuamente a qualidade dos serviços que prestamos.

Após análise à situação descrita, e aos factos que levaram a que apresentasse a reclamação em apreço, informamos que a Responsável do Contact Center da Clínica Santa Madalena, em conjunto com a Direcção da mesma, já reuniram com o colaborador envolvido e foram tomadas medidas para que este tipo de situação não se volte a repetir.

Informamos ainda que, serão executados planos de formação em todas as áreas do atendimento ao Paciente, pois temos consciência que são os nossos colaboradores que fazem a diferença todos os dias, no contacto directo com o Paciente e que a relação de confiança existente com os nossos profissionais não pode, de forma nenhuma, ser colocada em causa por situações como a que descreve.

Deste modo, compreendendo totalmente os motivos da sua insatisfação, lamentamos todos os transtornos que lhe possamos ter causado bem como o facto de não se ter sentido devidamente atendida e esperamos que após tantos anos de confiança nos nossos serviços, nos dê a possibilidade de continuar a cuidar da sua saúde oral e a reparar esta situação atípica nos nossos serviços.

Informamos ainda que, estaremos disponíveis para todo e qualquer esclarecimento adicional que tiver por conveniente.

Sem outro assunto de momento apresentamos os nossos melhores cumprimentos,

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Marcio Pereira
há 1 mêsCOVID-19
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Valor cobrado por utilização de EPI

Exmo. Sr. Márcio Pereira,

Boa tarde

Acusamos a recepção da sua reclamação, que mereceu a nossa melhor atenção e que desde já agradecemos, na medida em que nos permite melhorar a qualidade dos servimos que prestamos.

Informamos que a mesma se encontra em análise e que voltaremos ao seu contacto tão breve quanto possível.

Sem outro assunto de momento, apresento os nossos melhores cumprimentos,

Clínica Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena
Clínica de Santa Madalena respondeu à reclamação de Cátia Dias
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
Clínica de Santa Madalena

Clínica de Santa Madalena - Pagamento de protecção individual

Exma. Senhora D. Cátia Dias,

Boa tarde

Acusamos a recepção da sua reclamação, que mereceu a nossa melhor atenção e que desde já agradecemos, na medida em que nos permite melhorar a qualidade dos servimos que prestamos.

Informamos que a mesma se encontra em análise e que voltaremos ao seu contacto tão breve quanto possível.

Sem outro assunto de momento, apresento os nossos melhores cumprimentos,

Clínica Santa Madalena

Carregar mais