CTT

CTT

CTT - Correios de Portugal, SA - Sociedade Aberta
Prémio Marca Recomendada
Marca do Mês
Prémio Marca Recomendada
Marca do Mês
Ranking na categoria
  • Os CTT têm uma história de quase 500 anos de dedicação, empenho e profissionalismo, para aproximar os portugueses e o mundo. Contamos com um vasto património que tem vindo a acompanhar a evolução dos tempos. A nossa missão é assegurar soluções de comunicação e logística bem como produtos financeiros, de proximidade e excelência e estabelecer relações de confiança e inovação.
    Ligamos pessoas e empresas. Somos desde sempre um importante parceiro, criando soluções inovadoras, que ajudam os negócios a comunicar.

  • 210471616
  • Av. D. João II, n.º 13
    1999-001 LISBOA
Partilhar esta página

CTT - O carteiro não toca à campainha!

Resolvida
04909
9369
Cláudia apresentou a reclamação

Estou totalmente desagradada pelo serviços prestados pelos distribuidores do correio. Pelo seguinte motivo, a pessoa que anda distribuir o correio não se dá ao trabalho de tocar á campainha, ou buzinar com a moto, simplesmente chega ali e mete o postal para ir alevantar á estação de correios.

Estando eu em casa, já a chamei várias vezes atenção mas não adianta nada. Por incompetência dessa pessoa tenho que me deslocar aos correios onde me custa bastante porque estou gravida de 7 meses, alem das horas de espera. Ou meu marido faltar ao trabalho para o ir alevantar.

Agradecia que tomassem alguma providencia sobre este assunto e ponham pessoas competentes a trabalhar,porque o que á mais é desemprego.

Data do Registo 30-07-2009 ás 12h15m  N.º do giro 122 Na rua do Barreiro n.º12 gualtar, 4710-083 Braga.

04 nov 2012
CTT adicionou uma resposta

Exmo(s) Senhor(s)
Agradecemos o envio a estes serviços da queixa apresentada pela Sr.ª D.ª Claudia Sofia da Silva Rocha, moradora na Rua do Barreiro, 12 Gualtar 4710-083 BRAGA, que mereceu a nossa melhor atenção.

Informamos que o assunto foi resportado aos responsáveis pelo Centro de Distribuição Postal 4700 BRAGA, com o intuito de procederem a averiguações e alertar a equipa de distribuição no que à reclamação da cliente dizia respeito.

Ouvida a unidade que efectua serviço na zona, fomos informados que a campainha da cliente se encontra ao lado da porta de entrada da casa, não estando acessível na passagem da distribuidora. Convém referir que a cliente deve ter a campainha colocada, de forma a que o carteiro não precise de entrar em propriedade privada, porque não o pode fazer.

A distribuidora referiu ainda que toca sempre a buzina da mota, quando tem objectos susceptíveis de entrega em mão ( registos ou objectos mais volumosos que não caibam no receptáculo postal), apenas colocando aviso quando não é atendida. Esclarecemos que o tempo de espera estimado após a chamada é o previsto para a passagem do aviso de levantamento.
Gostaríamos de realçar que os CTT- Correios de Portugal, SA estão empenhados na prestação de um serviço de Qualidade ao Cliente, procurando que todos os colaboradores o efectivem com eficiência e competência, existindo internamente sistemas de avaliação que medem o respectivo desempenho.

Gratos pela melhor compreensão e lamentando os inconvenientes decorrentes da situação,apresentando os nossos melhores cumprimentos.
José Roque
CTT-Correios de Portugal, SA
Apoio a Clientes

04 nov 2012
Cláudia adicionou uma resposta

Boa Tarde
Venho por este meio responder á vossa resposta .Tem toda a razão em a campainha estar na parte de dentro do portão, mas estes inconvenientes só começaram quando essa senhora veio para cá. Fiquei ainda
estupefacta com a resposta dela, Porque essa senhora é uma grande mentirosa, no dia 30 de Julho as 12h30m deixou ficar o postal na minha casa, eu estava com visitas que podem ser minhas testemunhas como ela
não buzinou, pois sai-mos logo após dela por o postal na caixa do correio, para irmos almoçar. Apanhei a mais á frente na rua, ela soube bem que tinha feito mal e queria me entregar a carta registada. Mas eu
não aceitei porque já não é a primeira vez que faz isto. Alem de ser mal-educada. E já agora as vosso sistema de avaliação ou de contratação de pessoal não deve estar a funcionar muito bem, porque se
não acontecia incidentes destes. Agradecia que apurassem a verdade, porque não gostei nada que me chamassem mentirosa por outras palavras, alem disso não tinha prazer nenhum em me deslocar aos correios de
Maximinos, Braga, com uma barriga de oito meses, para fazer uma reclamação.

Desde já agradeço que tomem as medidas necessárias para substituírem esta senhora desta zona. Porque se não serei obrigada a ir por outros caminhos, de certeza que não faltaram me testemunhas.
Atentamente

Cláudia Rocha

Esta reclamação foi considerada resolvida

Comentários (2)

Ver perfil de Anabela Ferreira

Anabela Ferreira

Pois..Acontece em todo o lado e a resposta é que "ahhh os carteiros são estagiários..." E daí? Não têm formação? Nem responsabilidade? Hoje em dia as cartas não são de Amor, são de responsabilidade, mas a canalhada que anda a distribuir, os contratados a termo, querem lá saber... e se a hora de "despegar tiver a chegar" são meninos para deitar a correspondencia ao lixo... acreditem e os CTT, os CTT? querem lá saber a carta "chapa20" de resposta às milhares de reclamações são sempre com a mesma ladaínha - após os inumeros esforços ....blá blá blá... declinamos responsabilidades,blá blá blá... Os CTT só servem para vender livros nas estações,meus caros...e MAI NADA.

Ver perfil de Luis Carlos Henrique Teixeira

Luis Carlos Henrique Teixeira

E quando, em vez de se entregar cartas, vai-se para o cafe da zona, beber. As cartas? desaparecem ou são devolvidas ao remetente.