CTT

CTT - Correios de Portugal, SA - Sociedade Aberta

Categoria
Correio Postal e Expresso

Telefone: 707262626

Morada
Av. D. João II, n.º 13
1999-001 LISBOA

E-mail
informacao@ctt.pt

Website
http://www.ctt.pt

Recomenda esta marca?

505
808

Partilhar esta página

CTT - Extravio de encomenda e falsificação de assinatura

Em tratamento
17071618
466
0 gostos
Paula Monteiro apresentou a reclamação

No seguimento de uma encomenda identificada com o número #RU130926127NL origem na Holanda e remetente GearBest e que saiu do PostNL center a 23/12/2017, venho por este meio apresentar reclamação.
No dia 17 de Janeiro recebi na caixa do correio um postal, com tentativa de entrega dia 16 às 16:40, para levantamento da dita encomenda na estação da Agualva. Dirigi-me à estação e o prestável senhor informou-me que a encomenda não se encontrava na estação e que tinha sido entregue na morada. Como disse que em casa não se encontrava ninguém, o senhor mostrou-me a cópia da prova de entrega, com dia 16 às 16:20 (copia que tenho em minha posse). Nessa cópia alguém que não eu, falsificou a minha assinatura, que em nada se parece com a do meu documento de identificação, para recepcionar a encomenda. É impossível alguém ter sequer apresentado a minha identificação, uma vez que estava comigo. E na morada ninguém se encontrava.
Ao aperceber-me que o postal era posterior à entrega e tendo verificado na página o tracking do pacote como nova tentativa dia 17 às 11:00:

2018-01-17 11:00
2735 - CACEM, Delivery failure, Item without home or office distribution, Further delivery - attempt next business day

2018-01-17 09:49
2735 - CACEM, In distribution

2018-01-16 16:20
2735 - CACEM, Delivery failure, Item without home or office distribution, Further delivery - attempt next business day

2018-01-16 16:20
2735 - CACEM, Delivery success, PAULA MONTEURO

Que pela lógica das coisas, não poderiam tentar entregar algo que deram como entregue, apresentei reclamação via telefone aos cot, na reclamação identificada com a referência 18I10233. Hoje recebi a resposta por via postal, que passo a citar:
“Concluídas as averiguações necessárias, informa-se que o objeto em referência foi entregue, na morada que nele constava, a quem nela se apresentou para a receber”.

Tendo em conta que foram cometidos dois crimes, de roubo de identidade e falsificação de assinatura, e que irei apresentar queixa judicial relativamente a esta situação, solicito aos CTT:
- Responsabilidade pelo extravio da encomenda e correspondente indeminizaçao no valor da encomenda, mais o valor gasto em atendimento telefónico;
- Identidade do carteiro, uma vez que é imperceptível no postal o nome e é a testemunha deste crime.
- Quaisquer provas que referenciem a presença do carteiro na morada, nos dias e horas citadas, além da prova cuja localização e razão está em branco. (GPS do aparelho por exemplo).

Quaisquer despesas decorrente deste processo, e que se prove que há responsabilidade dos CTT no extravio da encomenda, serão imputáveis aos CTT.


Esta reclamação tem um anexo privado
28 Fev2018
CTT adicionou uma resposta

Exms. Senhora
Paula Monteiro

Gostaríamos de agradecer o seu contacto, que mereceu a nossa melhor atenção.

Lamentamos, desde já, a situação ocorrida.

Informamos que já existe um processo em fase de averiguação sobre o assunto que nos reporta. A resposta ao seu pedido seguirá tão breve quanto possível.

Gratos pela sua melhor compreensão, reiteramos o nosso pedido de desculpa e apresentamos-lhe os nossos melhores cumprimentos.

David Alves
Serviço de Atendimento ao Cliente

22 Abr2018
Paula Monteiro adicionou uma resposta

Boa tarde David,

efetivamente tenho recebido feedback à queixa que apresentei, mas sempre redundante e de uma total desresponsabilização. Inicialmente tentaram imputar a responsabilidade a mim, porque têm uma assinatura, ainda que não minha, agora tentam imputar ao remetente, que já deu provas de ter enviado.
Face a isto, foi escalado para a provedoria com o apoio da DECO para que o direito do consumidor seja respeitado.

Paula Monteiro está a aguardar resolução da marca

Comentários (0)