Danceplanet

DigiPro lda

Recomenda esta marca?

2
1

Partilhar esta página

Danceplanet Lisboa - Não devolução do valor do equipamento

Resolvida
339413
3241
0 gostos
Nuno Magalhaes apresentou a reclamação

Fiz aquisição de um equipamento na Loja Danceplanet Lisboa / DigiPro lda no dia 02-12-2010 Marca Native Instruments - Traktor Kontrol S4 SnºNITKS410A0102153 no valor de 890€ (doc. venda a dinheiro nº3055). No dia 11 de Maio de 2011 o referido aparelho deixou de trabalhar e deixei-o na loja para reparar ao abrigo da lei da garantia e foi-me entregue um de substituição pois foi-me dito na loja que as reparações da referida marca geralmente eram muito demoradas pois não existia assistência Técnica em Portugal. No dia 27 de Junho 2011 fui contactado pela loja a fim de vir levantar o equipamento que já se encontrava reparado, desloquei-me a loja para levantar o equipamento e quando o funcionário abriu a caixa do equipamento verificou que o mesmo vinha danificado (com um jogwheel aberto e sem tampa e a fazer ruídos estranhos vindos do interior do aparelho), no mesmo dia foi-me dado um novo equipamento do mesmo modelo em troca do equipamento danificado com o novo SnºNITKS410A0202623 . No dia 30 de Dezembro 2011 o novo equipamento deixou de trabalhar e no dia 09 Jan 2012 desloquei-me a loja para nova reparação ao abrigo da garantia. No dia 03 de Fevereiro foi-me devolvido o equipamento reparado. No dia 12 Março de 2013 o equipamento voltou a deixar de trabalhar exactamente com a mesma avaria contactei imediatamente a loja por telefone e foi-me pedido se era possível enviar um email com o historial da diversas reparações e para passar na loja a deixar o equipamento para seguir novamente para reparar. Após ter enviado um email com o breve historial das reparações deixei o equipamento para reparar na loja. No dia 16 de Abril 2013 (34 dias após a entrega do equipamento na loja contactei a loja telefonicamente para perguntar se já o podia levantar, foi-me respondido que ainda não estava reparado. No dia 25 de Maio de 2013 mais de 60 dias após a entrega para reparação do referido equipamento enviei um email para a loja a perguntar novamente se já podia levantar o equipamento, foi-me dada a seguinte resposta por email: \"Infelizmente está demorada! Assim que souber algo aviso! Cumprimentos, Frederico Pereira - danceplanet Lisboa\" Após o referido email alertei a loja para o facto de já terem passado mais de 60 dias desde a entrega do equipamento quando o prazo legal era 30 dias, e que no inicio da semana seguinte caso o equipamento não estivesse reparado passaria na loja para ser substituído por um novo ou então para que me fosse devolvido o valor da compra. No dia 03.06.2013 desloquei-me a loja com o propósito de resolver o problema causado pela demorada entrega e nesse dia começou o pesadelo que até hoje continua. Inicialmente foi-me dito que pediam imensa desculpa mas com a mudança de instalações o equipamento ficou esquecido e só a pouco tempo tinha seguido para reparar, e que pediam muitas desculpas pois não existiam equipamentos iguais em stock para entrega e que a marca também não tinha para entrega. Sugeri então que fosse dado um equipamento marca allen&heath modelo k2 em troca e a devolução da diferença entre os equipamentos, foi-me dito que também não tinham nenhum equipamento desses para entrega. Pedi então a devolução do valor pago por mim na aquisição do equipamento e foi-me dito pelo Sr. Frederico Pereira que pedia desculpa mas não tinha dinheiro suficiente em caixa e se podia deixar um Nib. para efectuarem a devolução do respectivo valor no dia seguinte. Ao reparar que dois dias depois não tinha sido efectuado nenhum depósito ou transferencia bancária para o nib dado liguei para a loja a perguntar o que se passava ao qual me foi respondido que pediam muitas desculpas mas não iria ser efectuada a transferencia e que teria que passar novamente na loja. Ao chegar à loja foi-me dito que não existia dinheiro em caixa para me poderem fazer a devolução total da factura, perante tal situação pedi de imediato o livro de reclamações e nesse momento foi-me sugerido se podiam entregar-me o dinheiro que tinham em caixa e para no dia seguinte passar na loja para receber o restante valor e foi-me adiantado o valor de 250€. No mesmo dia fiz seguir uma reclamação via email para o contacto fornecido pela loja a relatar o meu desagrado. No dia 06.06.2013 passei novamente na loja como me tinha sido pedido e novamente foi-me comunicado que não tinham em caixa o valor total e foi-me dado o valor de 230€ e se podia passar novamente na loja na semana seguinte. No dia 12.06.2013 dirigi-me novamente a loja para receber o valor em falta 410€ e foi-me dito que pediam muitas desculpas mas não tinham feito vendas e por isso não tinham dinheiro em caixa, pedi o livro de reclamações e efectuei a reclamação nº 14487827 no livro da loja. No dia 14.06.2013 dirigi-me novamente a loja para receber o valor em falta e desta vez foi-me comunicado que não iria ser feita a devolução do restante dinheiro e que iria ter que aguardar que o equipamento viesse de reparar e inclusive devolver o dinheiro que me tinha sido dado se quisesse o equipamento de volta e caso volta-se a reclamar no livro punham-me um processo porque o funcionário da loja não conseguia trabalhar quando me deslocava a loja. Obviamente pedi o livro de reclamações para efectuar nova reclamação, o que me foi negado e só com a presença da PSP que alertou o funcionário que era obrigatório deixar-me efectuar a reclamação no livro de reclamações. Efectuei nova reclamação no livro de reclamações nº14487828 No dia 18.06.2013 visto não ter sido efectuado nenhum contacto telefónico ou resposta escrita aos meus emails dirigi-me novamente a loja para saber como estava a situação perante a resposta do funcionário desta vez a frente de duas testemunhas e que foi um simples "tem que aguardar o tempo que necessário" Pedi novamente o livro de reclamações e efectuei nova reclamação com o Nº 14487829 A saída da loja ainda me foi dito pelo funcionário Frederico Pereira que se continua-se a reclamar no livro de reclamações nunca mais iria ver a cor do dinheiro ou o equipamento.


Esta reclamação tem um anexo privado
03 Set2013
Danceplanet adicionou uma resposta

No passado dia 4 de Julho de 2013 foi feita a devolução do valor integral ao cliente Alberto Magalhães, tendo este comprovado por escrito o recebimento desse montante, dando também sem efeito qualquer reclamação exarada no livro de reclamações, desistindo das mesmas, e confirmando que em momento nenhum lhe foi impedido o exercicio do direito de apresentar e deduzir qualquer reclamação, nomeadamente, vedando o acesso ao livro de reclamações ou recusada a sua entrega. Com o recebimento do valor o cliente considerou-se total e integralmente ressarcido e compensado de todo e qualquer dano, nada mais tendo a exigir à entidade vendedora.

24 Ago2016
Nuno Magalhaes avaliou a marca

1/10

Sim

Voltaria a fazer negócio?

Sem comentários

Esta reclamação foi considerada como resolvida

Comentários (0)