Performance da Marca
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
100%
Tempo Médio de Resposta
65,1%
Taxa de Solução
27,8%
Média das Avaliações
20,7%
Taxa de Retenção de Clientes
6,7%
Ranking na categoria
Datarede, S.A

Datarede - Recusa de distico de morador

Sem resolução
1/10
FILIPE MARQUES TEIXEIRA
FILIPE TEIXEIRA apresentou a reclamação
28 de novembro 2023
Ontem 27.11.2023 pelas 16 horas, dirigi-me ao atendimento da Datarede em Setúbal, para pedir o dístico de residente, fazendo-me acompanhar por um vizinho de nacionalidade Suíça, na qualidade de tradutor, que também se dirigia a este atendimento para o mesmo fim, munidos com os documentos solicitados.
- Carta de condução.
- Cartão de cidadão ou bilhete de entidade…
- Certificado de Matrícula…
- Certidão de domicílio fiscal ou copia do título que originou o arrendamento ou a posse do fogo.
No meu caso foi-me recusada a inscrição porque não levava a Certidão de domicílio fiscal, mas levava a copia do contrato de arrendamento que, segundo a funcionaria, não é valida porque tenho de apresentar obrigatoriamente a Certidão de domicílio fiscal.
Foi-nos também recusada a inscrição de uma segunda viatura em nome da minha mulher que tem a residência fiscal em Lisboa mas que no contrato de arrendamento também é, comigo, arrendatária. Neste caso temos um apartamento em Setúbal, onde tenho a residência fiscal, e uma casa em Lisboa onde a minha esposa tem a sua residência fiscal.
Já o caso do meu vizinho, foi-lhe também recusada a inscrição, apresar de entregar todos os documentos pedidos, originais, devido a que também faltava a Certidão de domicílio fiscal. A senhora que fazia nos atendeu argumentava que só quem pagava os impostos em “Setúbal” é que tinha direito ao dístico.
Venho por este meio pedir a atenção de V. Exas., para o mau estar e sentimento de abandono que estamos a passar com as intransigências de funcionários que interpretam as regras ao sabor da simpatia ou devido à má formação. Este sentimento era partilhado por todos os utentes presentes no referido atendimento.
Mais denuncio e lamento, que o número de telefone que nos é indicado para recorrer e reclamar, ninguém atende.
Não sem deixar de sublinhar a falta de respeito e educação com que fomos tratados.
Data de ocorrência: 27 de novembro 2023
Datarede
18 de dezembro 2023
Bom dia Exmo. Senhor.

Após análise à sua reclamação, e de acordo com o Regulamento Municipal de Estacionamento Público Tarifado e de Duração Limitada no Concelho de Setúbal, Artigo 28.º Requisitos
1 - As pessoas singulares poderão requerer a atribuição de um Dístico
de Residente, desde que:
a) O fogo onde residem seja utilizado para fins habitacionais, como
sua habitação permanente ou temporária e onde mantêm estabilizado o
seu centro de vida familiar;
b) Este fogo se localize dentro de uma Zona de Estacionamento de Duração Limitada ou de uma Zona de Acesso Automóvel Condicionado;
2 - As pessoas singulares referidas no número anterior devem ainda:
a) Ser proprietárias do veículo automóvel a que diz respeito o pedido; ou,
b) Ser adquirentes com reserva de propriedade do veículo automóvel a que respeita o pedido; ou,
c) Ser locatárias, em regime de locação financeira ou de aluguer do veículo automóvel a que diz respeito o pedido; ou,
d) Ser comodatárias ou usufrutuárias de veículo automóvel propriedade de terceiros, desde que essa utilização ou usufruto sejam atestados
por declaração escrita; ou
e) Ser comodatárias de veículo automóvel associado ao exercício de uma atividade profissional com vínculo laboral.
3 - Em caso excecionais e devidamente comprovados, aos presta dores de cuidados informais ao domicílio a terceiros residentes com mobilidade reduzida, como idosos, acamados ou cidadãos com deficiência, com residência nas Zonas de Estacionamento de Duração Limitada ou nas Zonas de Acesso Automóvel Condicionado poderá ser atribuído Dístico de Residente em regime de usufruto, com provas dessa necessidade dada a cada 12 meses.
Relativamente ao artigo 29.º, alínea 3 - Os documentos apresentados deverão estar atualizados e deles constar a morada com base na qual é requerida a atribuição do dístico de residente.


Com os melhore Cumprimentos
DataRede
FILIPE TEIXEIRA
18 de dezembro 2023
Esta foi a resposta da Datarede:
-Bom dia,
Acusamos recepção do seu e-mail o qual mereceu a nossa melhor atenção.
Lamentamos os inconvenientes sentidos, no entanto gastaríamos de informar que o seu pedido foi aprovado, para a viatura de matrícula 52-16-UQ.

Eu não tenho nenhuma viatura com a referida matricula.

É completamente mentira, as pessoas que estão no atendimento não aceita os documentos que estão previstos no regulamento. Ler a minha reclamação,
Já fui entregar o processo 2 vezes é-me sempre recusado.
FILIPE MARQUES TEIXEIRA
FILIPE TEIXEIRA avaliou a marca
5 de fevereiro 2024

Arrogantes e mentirosos.

Esta reclamação foi considerada sem resolução
Comentários

Falta de respeito, invasão à privacidade, controle total do que se faz ou deixa de fazer.
Acabei de pagar duas multas com espaço de horas relativas a parquímetros novos em todas as ruas à volta de casa, no Bairro Salgado em Setúbal, os quais desconhecia por trabalhar em casa e não ter visão para quaisquer máquina de pagamento ou sinalização, e sobretudo por falta de qualquer tipo de informação prestada pré-instalação das máquinas. Com o carro parado à porta de casa deparei-me com (mais) este assalto ao bolso de quem paga tudo e mais alguma coisa neste país.
Desloquei-me à Datarede para pedir dístico de residente e pagar as duas multas (mas vou fazer reclamação) pois sei bem como funciona se não pagar. O meu espanto vai para o facto de ser informada que mesmo que entregue toda a documentação, a entrega do dístico vai para análise.
Ou seja.... não tenho onde estacionar o carro como residente. Inacreditável.