Diverinstal

Diverinstal

Diverinstal - Instalação e Manutenção de Sistemas de Telecomunicações, Sociedade Unipessoal Lda
Ranking na categoria
  • 219 154 450
  • Estrada de Alcolombal, nº 115,
    Condomínio Industrial de Alcolombal 1,
    Armazém Nº15 2705-903 Terrugem
  • geral@diverinstal.pt
Partilhar esta página

Diverinstal - Danos a porta de entrada loja

Sem resolução
78565222
134
Bruno Santos apresentou a reclamação

Boa noite, estou muito insatisfeito com todo serviço prestado pois ate a data atual não tive meu problema solucionado, a vossa empresa com uma empresa terceirizada Diverinstal danificaram a porta de entrada da minha loja arrancando a mesma do local, o papel de parede que fica na parede atras da porta e o chão que em vinil também ficou danificado e tudo isso na frente da loja que tem apenas 18 metros quadrados, da para imaginar como deixaram a loja. Vossa empresa não deu nenhum apoio e a terceirizada eu mesmo que tenho que ficar ligando e cobrando satisfação e a seguradora nem a pericia fez de forma correta, pois a seguradora compareceu por um senhor sem qualquer identificação dizendo ser da mesma. Hoje recebo uma carta da seguradora informando que não responsabiliza pelos danos e a empresa Diverinstal que tem que pagar os danos e me informaram que 300€ para estes estragos , sendo que somente a porta que danificaram custa em media 400€ isso fora o piso e a parede sem contar mão de obra.
Todo esse constrangimento terei alguma indenização por tudo isso? Desde o primeiro contato da vossa empresa que abriram um buraco a frente da minha porta da loja sem terem me avisado e meus clientes tendo que pular para entrar dentro da loja.
Terei alguma indenização por estar sendo lesado desde o principio?
Ou terei que novamente ser encaminhado para alguma empresa que desconheço pois sou cliente da E-REDES e a qual foi a responsável pelas obras?
Já se passaram 4 meses e terei que esperar mais quanto tempo com a frente da minha loja em mas condições?

Esta reclamação tem um anexo privado
17 ago 2022
Bruno Santos adicionou uma resposta

Ainda sem resposta ao cliente.

18 ago 2022
Diverinstal adicionou uma resposta

Exmo. Senhor Bruno Santos,

Tal como é do conhecimento de V. Exa., a nossa empresa desde o primeiro momento que tentou resolver consigo esta situação. Nunca tentamos fugir à nossa responsabilidade de assumir os danos causados a clientes ou a terceiros.

Em primeiro lugar, queremos sublinhar que os danos foram registados pelo perito da Fidelidade, Companhia onde temos o nosso seguro de responsabilidade civil, que se deslocou ao local, e foi feito o relatório com o apuramento dos estragos.

No entanto, houve 2 situações que têm atrasado o processo, nomeadamente:

1) Os danos que reclama, e que se estendem a toda a loja, não estarem de acordo com o que o perito apurou, uma vez que os danos causados pela nossa giratória foram na entrada da loja;
2) Além disso, o perito solicitou a V. Ex.ª a identificação do senhorio da loja, uma vez que os estragos são no imóvel, e o senhor Bruno Santos é apenas o inquilino (logo, o processo tem de ser tratado com o seu senhorio), e o senhor recusou-se a identificar o senhorio, dizendo apenas que tem autorização deste para resolver o problema, mas sem apresentar qualquer prova dessa situação.

De qualquer forma, e apesar de todas estas questões, informámos V. Ex.ª, por mail datado de 03-08-2022, e também telefonicamente, que já pedimos à Companhia Fidelidade para reavaliar os danos, inclusivamente solicitámos a nomeação de novo perito, para apurar se o valor é superior ao inicial. Sabemos inclusivamente que a Fidelidade tem estado em contacto consigo, nesse sentido.

Mas, mais uma vez sublinhamos, que a Companhia continua a aguardar os dados do senhorio, pois só ao dono do imóvel poderá ser paga a quantia devida por danos no imóvel.

Com os melhores cumprimentos,
Diverinstal, Lda.

24 ago 2022
Bruno Santos adicionou uma resposta

Boa noite
Como afirmar que eu recusei a fornecer os dados do senhorio, venho a informar que tenho monitoramento em minha loja, onde se vê o perito da seguradora e tirar foto dos dados do senhorio em recibos de arrendamento que foi apresentado a ele, não me foi pedido nenhuma prova de que sou responsável pelo imóvel. Mas tenho carta escrita pelo próprio e até mesmo todos os seus herdeiros que moram mesmo acima da loja. Onde não tem como ser negado qualquer dado pois residem no mesmo local da loja.
Não tenho nenhum pedido de empresas para fornecer dados de terceiros sem autorização.
Apenas tenho que ficar a aguardar e ser respondido com mentiras.
Empresa com respeito e credibilidade não fica a inventar história para não assumir seus erros que foram em maio. Os prejuízos da loja fora o dia que não pude abrir a loja e o dia que foi feira a obra sem minha autorização onde tiveram que deixar a entrada da loja com um buraco e sem autorização da câmara municipal de Sintra, que também já notificou a E-REDES pelo lixa deixado no local até a data atual.

05 out 2022
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (0)