ERA Imobiliária

ERA Portugal

ERA Imobiliária

ERA Imobiliária

Categoria
Mediação Imobiliária - Redes

Telefone: 213 600 150

Morada
Rua Fradesso da Silveira, Nº4 - 3ºA
1300-609 LISBOA

E-mail
info@era.pt

Website
http://www.era.pt

Recomenda esta marca?

12
15

Partilhar esta página

ERA Imobiliária - Rescisão contratual com justa causa

Aguarda resposta
19175818
2697
0 gostos
Alessandra Penalva apresentou a reclamação

Venho desta forma demonstrar o meu total desagrado com a imobiliária Era que se encontra em Mafra.

E venho também alertar as pessoas que pretendam confiar o seu imóvel a pessoas que nos incomodam e prometem que correrá tudo em perfeita sintonia.

Venho salientar que quando coloquei o meu imóvel no idealista e ter confiado o mesmo a uma imobiliária sem exclusividade o agente C.M. veio até a minha morada convencer-me a assinar um contrato de exclusividade garantindo que em qualquer momento poderia rescindir do mesmo. Isto foi nos dito a mim e ao meu companheiro.

Veio ainda dizer que o contrato teria uma durabilidade de 9 meses levando-me a acreditar que nao teria outra opção de prazos.

Expus a minha situação ao comercial e expliquei que era de maxima urgência despachar o imovel. Pretendia ter compradores ate ao terminio escolar dos meus filhos.


Venho ainda demonstrar a minha indignação quando me apercebo que os mesmos ,assim como a parte processual desta loja ,recebe um único cliente interessado e perde o mesmo por Negligência .

Como era do conhecimento do agente que angariou o meu imovel (que se encontrava a ser divulgado no idealista e noutra imobiliaria,( visto ter sido por esse meio que chegou até nós ) o meu número estava visível a quem o procurasse.

E venho relatar o sucedido: o agente apos fazer casa aberta ao meu imovel contactou-me a dizer que tinha um casal bastante interessado . Sendo os mesmos potenciais compradores com excelentes fiadores.

Estamos a falar de um casal novo mas que ainda assim com optimos fiadores.Dito pelo comercial.

O casal veio novamente ao meu imóvel. E foi a loja entregar toda a documentação que a Era solicitou aos mesmos.

Passou uma semana e nada de me colocarem a par da situacao. Se seria ou nao aprovado pelo banco o emprestimo para a aquisição do meu imovel.
Liguei a pedir exclarecimentos e o agente C.M. disse-me que ia saber junto da loja como estava a situação. Nao tinha nada de concreto para me dizer.

Fiquei mais uma semana a espera e nada de resposta.

Nisto tomei por perdidos os clientes visto que a Era nada mais nos disse.
Fosse a situação positiva ou negativa penso que seja do meu direito obter respostas.

Nisto:

O cliente descobre o meu contacto e venho a saber pelo mesmo que estava a ir a loja levantar toda a documentação nesse mesmo dia. Pois tambem eles estavam a espera que os contactassem.
Ambas as partes estavam a espera que estes competentes senhores se dignassem a nos contactar.

Chega então ao meu conhecimento que a parte processual da Era de Mafra nao chegou sequer mexer no processo deles.

Dai a demora!

Houve portanto uma negligência extrema para ambas as partes.

Em conversa com o interessado venho também a ser informada que tinha desistido do meu imóvel e que a conduta do agente deixou a desejar.

Como é do conhecimento de muitos após uma visita eles entregam uma folha para nos proprietarios assinarmos (Nao vamos nos fugir com o suposto cliente) assim como os supostos compradores. Na parte negativa (como se o casal tivesse algo negativo a referir) tiveram de preencher na mesma pois foi dito aos interessados que era politica deles exigirem que o cliente meta um ponto negativo sobre o imovel.

É óbvio que fiquei ainda mais indignada com toda esta situação.

Exigir das pessoas que se apaixonam por um imovel pontos negativos ?!

Contactei entao o agente e o director (que afinal nao e director...enfim) a demonstrar a minha indignação para com eles.

Os potenciais clientes passaram a ser pessoas sem qualquer suporte para conseguir obter um emprestimo.

Desde dessa altura demonstrei o meu pleno direito em rescindir qualquer vínculo contratual com eles.

A partir dai ainda aceitei dar um prazo a eles para mostrar o imovel. E após isso que o retirassem do mercado pois nao sou obrigada a ter de trabalhar com uma agência que nao soube tratar dos meus interesses e o que estava estipulado.

A partir da data que lhes comuniquei presencialmente que o imovel iria deixar de estar disponivel eles ainda surgem com mais 2 clientes a um dia do que foi estipulado.

Obviamente se nao conseguiram uma unica proposta (excepto do casal que perderam por negligência) estava visto que queriam a todo o custo me manter a disposição deles.

Mas fui irredutível em relacao a data e exclareci que a partir daquele dia o meu imovel nao estaria mais nas mãos deles.

Passa umas semanas e venho a perceber
que eles ainda se dão ao luxo de simular visitas ao mesmo e com um segundo email a dizer que foi mostrado com sucesso.


Recebo ainda no meu email por anexo uma carta de um senhor J.B. a dizer que nao foi aceite o meu pedido de rescisão.
O meu imovel continua no sistema deles. E na montra da loja quando já demonstrei e é do conhecimento de ambas as partes que nao vou trabalhar mais com eles.

E isto é um vergonha...

Estou indignada com todo este transtorno e despesas que me vai causar. Pois terei de me deslocar a Mafra para assinar no livro de reclamações e entregar a um advogado para que seja ele a lidar com eles.

Comuniquei a Era de Portugal o sucedido (como se pode ver em baixo) eles limitam-se a reencaminhar o meu email a loja.

Ainda sou obrigada a aturar a indignação do comercial ao telefone.

Obrigada Era de Portugal...

Se eles os usaram como argumento tambem os senhores estão aquém das minhas expectativas.
Visto que a Era de Mafra alegou que nao podiam tirar a casa do sistema pois teriam de se justificar aos senhores Era de Portugal.

Fica aqui o meu relato e que sirva de alerta para os restantes. De 8 visitas 2 canceladas e uma fictícia ...trabalhar com a Era nunca mais.


sex 04/05/2018 23:51
Itens Enviados
Para:
info@era.pt;

Era Portugal


Mafra 4 de Maio de 2018


Assunto: Revogação de contrato com imobiliária com justa causa

Exmos. Senhores


Exmos. Senhores,
Venho por este meio rescindir, com efeitos imediatos, o Contrato de Mediação Imobiliária com V. Exas., referente ao ID 051180014 , para a venda do meu imovel sito em Av. Augusto Pereira Machado, num # -# andar,por motivos de desistência da venda do mesmo através de Vós.

Saliento que o vosso objectivo tem como principal foco a satisfação dos vossos clientes, e de modo algum querem ver clientes insatisfeitos com o vosso trabalho, mas gostaria de salientar o seguinte facto ao mail por mim enviado:

-O imóvel foi angariado na condição do vosso agente imobiliario apresentar resultados num prazo de 3 meses. O que não aconteceu.

-Para mim perdeu toda e qualquer credibilidade desde do momento em que assinei um contrato de exclusividade em que disse ser obrigatório os 9 meses. Perante os argumentos da minha advogada isso nao corresponde a realidade.

-O vosso comercial C.M. garantiu que apesar de assinar um contrato de 9 meses teria total liberdade em rescindir caso a venda do mesmo não se concretizasse no espaço de tempo que acordamos verbalmente.

Venho salientar que surgiu um único interessado. O cliente entregou os documentos para obter aprovação de um crédito para a compra do imóvel. Passado de 2 semanas venho a saber que ele foi a loja levantar toda a documentação por falta de resposta dos vossos colaboradores na parte processual.

O único interessado desistiu pois a vossa imobiliária nao chegou sequer a avançar no processo desse casal. Alegam agora que nao valia a pena pois nao teriam a aprovação do banco. Mas anteriormente eram potenciais compradores devido ao facto de terem excelentes fiadores.

-Venho a saber pelo casal que o vosso agente (eles adoraram o imóvel ) colocasse um ponto negativo sobre o mesmo. Obviamente isso é ridículo de se exigir a clientes que estavam interessados no meu imóvel.

-Após esta situação a minha relação com o vosso comercial já nao foi a mesma.

-Já trabalhei com os senhores e não tive razões de queixa. Infelizmente hoje já não tenho a mesma opinião.

-Ficou acordado a 2 semanas atrás que eu iria retirar o imovel do mercado . Pois nao é mais do meu interesse trabalhar com a vossa rede. Conforme o combinado passei hoje na loja de Mafra e agora recusam-se a retirar o imóvel e a rescindir o contrato.

-O facto de pedir a retirada imediata do imóvel do site, se deve ao facto de não ter estado satisfeita com os serviços prestados, e agora estão a obrigar-me a este em regime de exclusividade e não podem obrigar-me a manter a comercialização com uma Empresa que além de já não ser a minha vontade fazê-lo não cumpriu o que foi acordado.Pois nao basta enviar relatórios a demonstrar trabalho quando a venda do mesmo já poderia ter sido realizada.

Assim agradeço que seja retirado de imediato o anúncio que se encontra disponível no Vosso sitio eletrónico e que a partir desta data o contrato e qualquer vínculo com os senhores seja desde já anulado.

Aguardo a Vossa aceitação com a brevidade possível pela mesma via.
Cumprimentos,

Alessandra Penalva
30 Mai2018
Alessandra Penalva editou a reclamação
Alessandra Penalva está a aguardar resolução da marca

Comentários (0)