Escola de Condução Paço D'Arcos
Escola de Condução Paço D'Arcos
Performance da Marca
N/A
/100
Sem dados
Sem dados
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
66,7%
Tempo Médio de Resposta
33,3%
Taxa de Solução
66,7%
Média das Avaliações
55%
Taxa de Retenção de Clientes
50%
Ranking na categoria
  • 214427628
  • Rua José Moreira Rato, 6A,
    2770-106 Paço de Arcos
  • geral@ecpa.pt
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Escola de Condução Paço D'Arcos - Pagamento indevido

Resolvida
1/10
Rui Gonçalo Pereira da cunha de Oliveira Tomé
Rui Tomé apresentou a reclamação
9 de março 2022
--Eu, Nicole Nair da Silva Tomé, portadora do cartão de cidadão Nº 30746984, venho por este meio efetuar uma reclamação e passo a citar:

--No ano transato de 2021 a minha licença de aprendizagem de condução caducava a 31/DEZEMBRO/2021, onde eu tinha o meu exame de condução prático marcado para 27/DEZEMBRO/2021.

– Foi-me informado à posterior que devido às medidas Covid-19 impostas pelo governo que ficavam suspensos todos os exames até final do ano de 2021, sendo posteriormente marcados para o ano seguinte mais precisamente o ano de 2022.

- Perante isto informaram-me que teria que prolongar a licença de condução, que caso não o fizesse perderia também o exame de condução teórico, mais precisamente o código tendo que efetuar tudo de novo.

– Com receio de perder tudo e ter de começar tudo de novo, perguntei o que deveria fazer, o qual a escola de condução me informou que para alargar a licença de condução deveria efetuar o pagamento de 97 euros (noventa e sete) mais precisamente 40 euros ( quarenta) de revalidação e 57 euros (cinquenta e sete) de taxas, o qual fiz o referido pagamento no dia 24/DEZEMBRO/2021 pelas 11H49 com a fatura Nº 5 1/19130, tendo efetuado o respetivo exame de condução prático no dia 27/JANEIRO/2022, com o resultado de “APTO”.

--À posterior fiquei a saber que tinha saído um despacho da Presidência do Conselho de Ministros, com o Decreto de Lei nº 104/2021 de 27 de Novembro de 2021 que dizia entre outras coisas o seguinte: “ Quanto à validade das licenças de aprendizagem que se encontram a caducar a 31/DEZEMBRO/2021, informa-se que serão prorrogadas até 31/JANEIRO/2022”.

– Perante isto, a escola de condução tinha obrigação de conhecer o referido despacho e não como me foi dito que não tinham conhecimento, que era um problema do IMT. De realçar que o meu pagamento foi feito à escola de condução e não ao IMT, o qual me sinto lesada visto o próprio governo ter tido essa sensibilidade e alargado o prazo, conforme decreto de lei referido, onde o aluno não pode ser prejudicado.

--Não me foi devolvido qualquer valor por isso esta reclamação.
Esta reclamação tem um anexo privado
Data de ocorrência: 9 de março 2022
Rui Gonçalo Pereira da cunha de Oliveira Tomé
Rui Tomé avaliou a marca
4 de novembro 2022

Escola se condução a evitar!! Aproveitou se de prazos de validade para marcar exame para depois do prazo para assim cobrar mais cerca de 97 euros!! Farei questão de dizer a toda a gente como tratam os seus clientes!

Esta reclamação foi considerada resolvida
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.