Fitness Factory

Ranking na categoria

Categoria
Ginásios e Clubes Fitness

Telefone: 961370317

Morada
Rua São Gonçalo de Lagos n.º4
2650-661 Torres Vedras

E-mail
info@fitnessfactory.pt

Website
https://fitnessfactory.pt/

Recomenda esta marca?

0
1

Partilhar esta página

Fitness Factory
Fitness Factory respondeu à reclamação de Ana Silva
há 2 semanas
Em tratamento
Nova resposta
Fitness Factory

Fitness Factory - Cobrança e mau atendimento

Exma Sr.ª Ana Silva

Após consultarmos a unidade em questão e todo o o seu processo, registos e recolhermos os depoimentos do Diretor de Clube e Funcionários, assim como da empresa responsável pela cobrança, passamos a expor a nossa posição:

1. Lamentamos que a sua experiência não tenha sido positiva, pois faz parte da nossa génese sermos bons anfitriões e fazer com que todas as pessoas que nos visitam se sintam bem-vindas.

2. Os vários incumprimentos no pagamento das dividas dos nossos clientes começou a revelar numa situação preocupante, que a curto prazo poderá causar constrangimentos no cumprimento das nossas obrigações legais. Temos verificamos bastante dificuldade na monitorização e tentativa de recuperação de crédito, atuando internamente com os nossos recursos, e desta forma optamos por contratar uma empresa especializada na gestão de cobrança, de forma a estabelecer o contacto com os clientes em incumprimento de forma a ajudar-nos efetivação da liquidação dos valores em dívida. Esta contratação acarreta custos que, pelo Art. 798º do CC terão de ser suportados pelo devedor.

3. A reclamante celebrou connosco um contrato com uma fidelização de 12 meses e cumpriu esta fidelização. Contudo, e sem aviso prévio a cliente deixou de efetuar os pagamentos. Seguiram-se 4 contactos para a fim de regularizar as mensalidades em atraso.

4. Por conseguinte informamos que é procedimento desta empresa, sempre que algum cliente pretende efetuar a rescisão tem de preencher um documento interno designado por: “Solicitação de Alteração Contratual” (SAC), onde o cliente manifesta a razão que o motiva a esta alteração, assinando o mesmo, nos casos em que o cliente fica impossibilitado de frequentar o ginásio por mudar a área de residência ou o local de trabalho, por problemas de saúde ou por desemprego é solicitado um comprovativo de maneira a confirmar a veracidade da informação. Verificando-se a inexistência destes documentos por parte do cliente, depreende-se que esta solicitação nunca foi efetuada.
Este procedimento está contratualmente definido na cláusula 15, que passamos a transcrever:
15. o contrato só pode ser cancelado antes do termo em caso de alteração, na pendência da execução do contrato, de residência ou local de trabalho, para concelho distinto de Mafra ou outro limítrofe, devidamente documentadas, nomeadamente através da exibição de novo contrato de trabalho ou comprovativo de nova residência (consumos em nome do cliente), em situação de desemprego, também devidamente documentada, ou situação de doença ou acidente que impeça a prática dos exercícios e modalidades que constituam a oferta do estabelecimento nesse momento, também devidamente documentadas através de relatório médico.

5. O Cliente nunca cancelou a relação contratual que tinha com a nossa entidade. Desta forma e de acordo com o contratualmente estipulado : no n.º 19 da Clausula DIREITOS E OBRIGAÇÕES DAS PARTES, adverte que : “ As obrigações de pagamento que recaem sobre o cliente, nomeadamente a mensalidade e os suplementos, são devidos independentemente da frequência com que o cliente recorre aos serviços do estabelecimento, e ainda que não faça qualquer utilização dos mesmos no período a que os pagamentos se reportam, sendo que os serviços contratados estão disponíveis em todo o período de execução contratual, salvo ocorrendo incumprimento por falta de pagamento da mensalidade.


Ainda assim, o Cliente assina um contrato de adesão onde indica o seguinte: “DECLARO SEREM VERDADEIROS OS DADOS PESSOAIS FORNECIDOS PARA A ELABORAÇÃO OESTE CONTRATO, “COMPROMETENDO-ME DESDE JA A INFORMAR POR ESCRITO O CLUBE SOBRE QUALQUER ALTERAÇÃO QUE OS MESMOS POSSAM SOFRER. DECLARO AINDA TER LlDO, COMPREENDIDO E ACEITE AS NORMAS CONTRATUAIS EM ANEXO QUE ASSINO E QUE SÃO PARTE INTEGRANTE DESTE CONTRATO.”
Assim sendo a cliente teve conhecimento dos procedimentos de rescisão, não tendo sido cumpridos por parte da mesma.

6. Concluindo, consideramos que em todo o processo agimos em conformidade, restringindo-nos apenas a fazer cumprir o acordado contratualmente com a cliente, desta forma a empresa de cobranças irá prosseguir o processo de tentativa de cobrança dos valores em divida. Porém estamos recetivos em chegar a acordo com o cliente.

Estamos ao dispor para prestar qualquer esclarecimento necessário,
Apresentando desde já os nossos melhores cumprimentos


A Gerência

Fitness Factory
Fitness Factory respondeu à reclamação de Pedro Marques
há 3 semanas
Em tratamento
Nova resposta
Fitness Factory

Fitness Factory - Cobrança indevida - entrega do caso a empresa de cobranças

Ex.mo Sr.

No seguimento da reclamação #30664219 cabe-nos ainda informar o seguinte:

1. Os vários incumprimentos no pagamento das dividas dos nossos clientes começou a revelar numa situação preocupante, que a curto prazo poderá causar constrangimentos no cumprimento das nossas obrigações legais. Temos verificamos bastante dificuldade na monotorização e tentativa de recuperação de crédito, atuando internamente com os nossos recursos, e desta forma optamos por contratar uma empresa especializada na gestão de cobrança, de forma a estabelecer o contacto com os clientes em incumprimento de forma a ajudar-nos efetivação da liquidação dos valores em divida. Esta contratação acarreta custos que, pelo Art. 798º do CC terão de ser suportados pelo devedor.
2. O reclamante celebrou connosco um contrato com uma fidelização de 12 meses e ainda antes do término desta fidelização o sócio deixou de pagar. Aquando do não pagamento foram feitos 4 contactos para o sócio a fim de regularizar as mensalidades em atraso. Após ser contactado por esta empresa de cobranças que contratamos, efetuou esta reclamação no portal da queixa, onde alegou que tinha pedido o cancelamento verbalmente e que este teria sido aceite e que por isso mesmo não teria sido informado do valor em dívida. Isto não reflete de todo os nossos procedimentos pois todas as alterações contratuais têm de ser efetuadas por escrito. Aliás o cliente refere precisamente que foi informado de que teria de passar nas nossas instalações para realizar o cancelamento. Posteriormente houve novo contacto referente a esta dívida. Deste contacto aconteceu a troca de alguns e-mails com várias tentativas de resolução da mesma, sugerindo até um acordo. A resposta foi sempre negativa e tal como já tínhamos indicado no primeiro e-mail, a não resolução deste caso significaria o envio do processo para uma empresa de cobranças.


3. Por conseguinte informamos que é procedimento desta empresa, sempre que algum cliente pretende efetuar a rescisão tem de preencher um documento interno designado por: “Solicitação de Alteração Contratual” (SAC), onde o cliente manifesta a razão que o motiva a esta alteração, assinando o mesmo, nos casos em que o cliente fica impossibilitado de frequentar o ginásio por mudar a área de residência, é solicitado um comprovativo de maneira a confirmar a veracidade da informação. Verificando-se a inexistência deste documento por parte do cliente, depreende-se que esta solicitação nunca foi efetuada.
Este procedimento está contratualmente definido na cláusula 15, que passamos a transcrever:
"15. o contrato só pode ser cancelado antes do termo em caso de alteração, na pendência da execução do contrato, de residência ou local de trabalho, para concelho distinto de Mafra ou outro limítrofe, devidamente documentadas, nomeadamente através da exibição de novo contrato de trabalho ou comprovativo de nova residência (consumos em nome do cliente), em situação de desemprego, também devidamente documentada, ou situação de doença ou acidente que impeça a prática dos exercícios e modalidades que constituam a oferta do estabelecimento nesse momento, também devidamente documentadas através de relatório médico. "

4. O Cliente nunca cancelou a relação contratual que tinha com a nossa entidade. Desta forma e de acordo com o contratualmente estipulado : no n.º 19 da Clausula DIREITOS E OBRIGAÇÕES DAS PARTES, adverte que : “ As obrigações de pagamento que recaem sobre o cliente, nomeadamente a mensalidade e os suplementos, são devidos independentemente da frequência com que o cliente recorre aos serviços do estabelecimento, e ainda que não faça qualquer utilização dos mesmos no período a que os pagamentos se reportam, sendo que os serviços contratados estão disponíveis em todo o período de execução contratual, salvo ocorrendo incumprimento por falta de pagamento da mensalidade.


Ainda assim, o Cliente assina um contrato de adesão onde indica o seguinte: “DECLARO SEREM VERDADEIROS OS DADOS PESSOAIS FORNECIDOS PARA A ELABORAÇÃO OESTE CONTRATO, “COMPROMETENDO-ME DESDE JA A INFORMAR POR ESCRITO O CLUBE SOBRE QUALQUER ALTERAÇÃO QUE OS MESMOS POSSAM SOFRER. DECLARO AINDA TER LlDO, COMPREENDIDO E ACEITE AS NORMAS CONTRATUAIS EM ANEXO QUE ASSINO E QUE SÃO PARTE INTEGRANTE DESTE CONTRATO.”
Assim sendo a cliente teve conhecimento dos procedimentos de rescisão, não tendo sido cumpridos por parte da mesma.

5. Concluindo, consideramos que em todo o processo agimos em conformidade, restringindo-nos apenas a fazer cumprir o acordado contratualmente com a cliente, desta forma a empresa de cobranças irá prosseguir o processo de tentativa de cobrança dos valores em divida. Porém estamos recetivos em chegar a acordo com o cliente.

Estamos ao dispor para prestar qualquer esclarecimento necessário,
Apresentando desde já os nossos melhores cumprimentos


A Gerência

Filipe Ferreira
Filipe Ferreira comentou uma reclamação à marca Fitness Factory
há 4 semanas
Em tratamento
Novo comentário
Fitness Factory

Fitness Factory - Cobrança indevida - entrega do caso a empresa de cobranças

Exmos(as) Srs(as), É com muita pena minha que efetuo a minha primeira queixa direcionada a uma entidade… ler reclamação

Filipe Ferreira

Filipe Ferreira

Pedro Marques, chamo-me Filipe Campos e estou a viver uma experiência semelhante à sua. Gostaria de falar consigo, se concordar… ler mais

Fitness Factory
Fitness Factory respondeu à reclamação de Telmo Oliveira
há 3 meses
Em tratamento
Nova resposta
Fitness Factory

Fitness Factory - Cobrança indevida sem uso de ginásio

Boa tarde Telmo,
Após análise, verificamos que demonstramos o nosso interesse em resolver o seu contrato com o ginásio, contudo o Telmo respondeu-nos por escrito que pretendia manter a sua inscrição ativa. Conforme sua indicação aguardamos pela sua visita o que até à data nunca chegou a acontecer.
O nosso propósito é manter uma relação de cordialidade e entendimento com todos os nosso sócios e ex-sócios. Desta forma solicitamos mais uma vez que se dirija diretamente ao ginásio, de forma a podermos encontrar uma solução viável, que vá de encontro às expectativas de ambas as partes.
Ficamos a aguardar a sua visita,
Com os melhores cumprimentos.

Fitness Factory
Fitness Factory respondeu à reclamação de Daniela
há 3 meses
Resolvida
Nova resposta
Fitness Factory

Fitness Factory - Cobrança

Cara Daniela Damião,
Desde já agradecemos a sua preferência na Fitness Factory. Lamentamos que atualmente não tenha disponibilidade de dar continuidade à sua atividade física.
Agradecemos ainda a sua colaboração e compreensão durante a análise do seu processo. Agora e já esclarecido, esperamos que a resolução tenha ido de encontro às suas expectativas.
Queremos lhe informar que teremos todo o gosto em recebê-la assim que a sua disponibilidade assim lhe permitir.

Com os melhores Cumprimentos
Elisabete Silva
Fitness Factory

Carregar mais