Fujitsu

Fujitsu Telecomunicações Portugal, S.A.

Portal da Queixa
Marca do Mês
Julho 2020
Melhor Índice
de Satisfação

Categoria
Revendedores Autorizados - Telecomunicações

Telefone: 219138600

Morada
Rua Sebastião e Silva, 67/69
2745-838 Massamá

E-mail
fujitsu@fujitsu.pt

Website
http://www.fujitsu.com/pt/

Recomenda esta marca?

0
1

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

Fujitsu - Denúncia de burla por parte de colaborador

Resolvida
1242814
4582
0 gostos
Nelson Cirne apresentou a reclamação

Exmºs Srs.

Após várias reclamações à MEO, ICP-ANACOM (reclamação 517198), redes sociais, Portal da Queixa (reclamação nº 1181214), resta-me expor à Fujitsu o seguinte:

Tiago Manuel Mota Brito, vosso colaborador na área comercial telecomunicações ao serviço da MEO na zona Sul – Amora, Seixal, na qualidade de chefe de equipa, promoveu na minha residência, em 13/02/2013, a venda do serviço M4O.

Face ao interesse por mim manifestado na aquisição do serviço, decidi aceitar a mudança de Operadora NOS para a MEO, mas com a condição de poder ter as mesmas condições que tinha anteriormente, isto é, sinal de TV em toda a residência.

Dada a condição imposta, o Sr. Tiago Brito, com toda a sua experiencia, verdade e sabedoria, afirmou que tal condição não se colocava, visto que, e apesar de não haver fibra na área, mas que estaria para breve, com o serviço ADSL em complemento a um protocolo de construtor (?) poderia ter as mesmas condições anteriores.

Confiando no comercial que representava uma instituição como a PT/MEO, chegamos a acordo e fechamos contrato.

No entanto no momento da instalação, houve uma certa renitência do técnico para efetuar o serviço, o que estranhei, pois não era nada do que tínhamos acordado.

Contactei o Sr. Tiago Brito a questionar o que se passava, apenas me disse para aguardar e que estaria a caminho para resolver a situação. Ao chegar, ausentou-se uns metros da minha residência para falar com o técnico…estranhei, no entanto continuei a acreditar na pessoa com o qual fechei contrato.

O serviço acabou por ser instalado, nas condições inicialmente acordadas.

11 Meses depois do contrato, apanhei um técnico da ZON a desligar o sinal na caixa de rua limitando-me apenas a TV onde a box estava ligada.

Após contacto com o Sr. Tiago Brito, este, manifestou-se sempre preocupado quando recebia a chamada mas dava sempre uma desculpa pelo momento ser inoportuno, com desculpas de que estava a conduzir, ou estava pôr gasolina ou se encontrava numa intervenção comercial e que ligaria mais tarde. Pois ainda hoje estou a espera.

Face a inexistência do contacto, optei por fazer a reclamação para o call center da MEO….Pois já não era a primeira vez que tal situação acontecera, no entanto das vezes anteriores o Sr. Tiago Brito resolveu o problema na minha ausência, justificando-se que “eles (NOS) eram maus, que por vezes, por vingança por ter cancelado o contrato, desligavam o sinal de protocolo e que nem todos os técnicos conheciam a existência deste protocolo (?)”, mas desta vez não foi possível…, pois o técnico da ZON estava a porta.

Face a reclamação elaborada na MEO, questionei o tal protocolo que o Sr. Tiago Brito falava, qual o meu espanto, que quase fui gozado pela MEO quando me disseram…”Protocolo????”

Bem…percebi que tinha sido e enganado pelo comercial e andava a “roubar” sinal à NOS sem saber, pois a ligação foi feita pelo Sr. Tiago Brito… Apenas para fazer mais um contrato e receber a comissão inerente a esse mesmo contrato. As vendas são feitas desta forma para ganharem comissões e finalizarem contratos?

Embora não seja um assunto ligado directamente a Fujitsu, pois o contrato está feito com a MEO, decidi rescindir o contrato, que para além de não satisfazer as minhas necessidades, fui enganado pelo vosso comercial.

Com a rescisão, e apesar de ser um assunto que estou a tratar com a MEO e outras entidades, foi-me emitida uma carta de penalização com valor aproximado de 840 €.

Pois, escusado será dizer que após várias reclamações, não tentei entrar em contacto com o Sr. Tiago Brito, como disse anteriormente, não responde aos telefonemas…e por sua vez, face ao género de vendedor que têm, já mudou com toda a certeza, diversas vezes de número…

Poderá ser normal “passarem a bola uns para os outros”, não compreendo mas até percebo, pois ninguém quer assumir a responsabilidade de um colaborador, pois a MEO diz que não tem nada a ver com isso, pois o Sr. Tiago Brito não é empregado da Instituição e a Fujitsu poderá não acreditar no que estou a dizer, no entanto a razão do meu e-mail não tem a haver com o apuramento de responsabilidade de entidades mas sim com a falta de ética e profissionalismo de um colaborador vosso à vossa responsabilidade que “veste o colete” da MEO e faz tudo por tudo, independentemente de prejudicar o cliente para ganhar um contrato.

É claro que se o forem questionar de tal situação, é bem capaz de desmentir tudo o que está exposto, pois o tipo de pessoa que mostrou ser não me resta dúvidas para pensar o contrário. Se calhar até sou eu que até tenho bastante tempo e nada com que me preocupar dedicando-me a fazer exposições quando recebo penalizações injustas para pagar.

No entanto não quero deixar de expor, a minha indignação e denunciar a forma de operar, na expectativa de averiguarem e colocarem termo a este tipo de abordagens e comportamentos….Pois quem representa a empresa é o colaborador…e o Sr. Tiago Brito representa a FUJITSU.

Com os melhores cumprimentos

Nelson Cirne

10 Out2014
Nelson Cirne adicionou uma resposta

Embora tenha recebido um mail da Sra Diana Henriques, com o conhecimento da sra Cristina Machado e do Sr Armando Carvalho, o que agradeço desde já a rapidez, não deixo de ter problema as " costas" com a MEO, pois tenho uma fatura pendente a pagamento a ser tratado entre advogados. Foi a brincadeira que o sr Tiago Brito me causou com a sua "seriedade"....

17 Out2014
Nelson Cirne adicionou uma resposta

Exmºs Srs
Att do Sr. Director Geral, Filipe Marques, Directora Unidade Negócios Srª. Cristina Machado e Director Sr. Armando Carvalho
Na sequencia da reclamação/exposição efectuada no dia 6/10/2014, informo que a mesma foi carregada no portal da queixa com o numero 1242814.
Embora a resposta dada por mim no portal, na qualidade de utilizador, a agradecer o facto de me responderem atempadamente, relembro que a mesma não se encontra encerrada, dado que o meu problema ainda persiste.
Uma penalização de rescisão de contrato que a própria MEO num contacto telefónico informou a ausência de tal penalização e passado quatro meses “decidiu” enviar a famosa carta de rescisão, pois, neste momento encontra-se no contencioso da MEO a ser tratado pelos advogados de ambas as partes, porque decidi que …. NÃO PAGO!, ao contrario de muitos clientes que acabam por o fazer e vêm o seu “problema “resolvido.
Por uma questão de principio e justiça, não tenho nem devo fazê-lo, pois foi uma rescisão forçada por burla e roubo de sinal do vosso colaborador Tiago Manuel Mota Brito. A propósito…como é que um comercial faz as tarefas de um técnico? Mexer nas caixas de comunicação? Desculpem a ironia, mas não será trabalho a mais para um comercial? Ou a polivalência impera nas funções dos comerciais da FUJITSU? Continuando…
Assumia qualquer responsabilidade na decisão de querer deixar de ter o serviço fosse por iniciativa própria, mas não…não foi o caso! O que me levou a rescindir, repito, foi o vosso colaborador (se é que o posso chamar assim) me ter enganado, inclusive, sobrepor a palavra da Sra. Mara Marques, que me abordou inicialmente, e ter levado uma tal de “Joana” que não percebi se era chefe ou namorada a minha casa reforçar a mentira.
O Sr. Tiago Manuel Mota Brito, acaba por acreditar tanto na mentira que se convence que a mesma é verdade.
E para isso, basta-me ir ao Google e escrever “Tiago Brito MEO”, podem fazer o mesmo… e verificam que há reincidências, das duas uma….ou muda de nome ou muda de emprego….sempre pode dizer que não é o mesmo Tiago Brito que se fala nas redes sociais…não manchando assim o nome da PT/MEO, FUJITSU etc….
Continuo a mostrar a minha total disponibilidade para qualquer esclarecimento adicional que pretendam,
Aguardando uma resposta à melhor solução deste problema, uma vez que o desgaste com esta situação já começa a ser ridículo.
Apresento os meus cumprimentos

10 Jan2020
Nelson Cirne alterou o estado para Resolvida
Esta reclamação foi considerada como resolvida

Comentários (0)