Ranking na categoria
Partilhar esta página

GLS - 50915755

Resolvida
62595821
141
0 gostos
Agostinho Leite apresentou a reclamação

atraso na entrega e nenhuma informação, não prestam para nada

Esta reclamação tem um anexo privado
24 jul 2021
GLS adicionou uma resposta

Estimado/a Cliente Agostinho Rodrigues Leite,

Lamentamos desde já a situação que motivou a presente reclamação. Compreendemos a sua insatisfação a qual lamentamos profundamente, mas não foi de todo nossa intenção causar-lhe algum tipo de transtorno.

Informamos que estamos a trabalhar para apresentar a melhor solução relativamente à reclamação número 62595821 com a maior brevidade possível.

Lamentamos desde já qualquer atraso que possa surgir na resolução da mesma.

Melhores cumprimentos,
Equipa GLS Portugal

24 jul 2021
Agostinho Leite adicionou uma resposta

A GLS são uns sonsos, retém a minha encomenda, não fazem a entrega no dia que eles próprios previram e ainda se lamentam, são uns * PROIBIDO *

27 jul 2021
GLS adicionou uma resposta

Estimada/ o Cliente Agostinho Rodrigues Leite,

Apensar da informação não ter transmitido corretamente para o site da GLS, o estafeta em 20/07/2021 registou dificuldades com a morada de entrega.

Informamos que os dados fornecidos na presente reclamação foram transmitidos aos parceiros responsáveis pela entrega solicitando verificação/retificação de forma a ser novamente colocado em distribuição.

Lamentamos o transtorno causado.

Melhores Cumprimentos
Equipa GLS Portugal

30 jul 2021
GLS adicionou uma resposta

Estimada/ o Cliente Agostinho Rodrigues Leite,

Verificamos que foi efetuada tentativa de entrega no passado dia 28/07/2021, no entanto o volume regressou ao armazém com indicação de recusado pelo destinatário.

Melhores Cumprimentos
Equipa GLS Portugal

02 ago 2021
GLS alterou o estado para Resolvida
Esta reclamação foi considerada resolvida pela marca, e pode ser reaberta pelo utilizador

Comentários (1)

Ver perfil de Agostinho Rodrigues Leite

Agostinho Rodrigues Leite Autor

São uns incompetentes, deixam a mercadoria onde lhes apetece, papelarias, etc. e os proprietários que já pagaram que andem atrás do que já lhes pertence. Deveriam ser expulsos da atividade.