Ranking na categoria
Partilhar esta página

Hipay - Serviço de burla

Sem resolução
55579321
201
Rodrigo Marcelino apresentou a reclamação

Através do Instagram, esta pessoa indicou que ao fazer o pagamento que prestaria o serviço e depois bloqueou o meu Instagram. O nome da pessoa no Instagram é Marisa Sofia.
Caso necessitem, tenho o comprovativo do pagamento por entidade (11893) e da referência (272333526) pelo valor de 25€.
Aguardo contacto e com os meus melhores cumprimentos,
Rodrigo Marcelino

Esta reclamação tem um anexo privado
19 fev 2021
Hipay adicionou uma resposta

Caro Rodrigo Marcelino,

Acusamos a recepção desta sua reclamação de burla.
Deixamos-lhe aqui um texto, para o qual solicitamos a sua atenção, com indicação dos procedimentos a adoptar.
Assim, antes de mais, deixe-nos esclarecê-lo do seguinte:
- A HiPay ME é uma entidade financeira que disponibiliza métodos de pagamento apenas a empresas, todas elas bem identificadas, das mais diversas áreas de negócios online. Um dos métodos é o pagamento através de referências multibanco e, por essa razão, a HiPay aparece identificada no extracto bancário ou no talão de pagamento, quando este tiver sido feito através de uma das nossas entidades.
- A HiPay ME não é a autora de qualquer burla, nem responsável pelo “uso indevido” que terceiros fazem dos métodos de pagamento que disponibilizamos aos parceiros profissionais.
- Quem o burlou não é nosso cliente! Será, provavelmente, utilizador/a de um site nosso parceiro, também ele alheio ao mau uso e ao abuso de gente que age de má-fé para com terceiros.

O método de pagamento por multibanco é seguro, desde que seja o próprio a gerar a referência num site fidedigno - https//www. etc - mas, se for enviado por um particular, não aceite e em alternativa, sugira uma transferência bancária, método de que os burlões não gostam porque identifica o beneficiário final.
Assim, NÃO PAGUE MAIS NENHUMA REFERÊNCIA MULTIBANCO proveniente de desconhecidos, seja qual for o argumento que lhe apresentem e tenha cuidado com o que publicam na Internet, em que cada um diz ser o que bem entende sem que o utilizador possa comprová-lo.

É muito importante que vá apresentar Queixa Crime contra desconhecidos à PSP ou GNR da sua área de residência. Peça, para lhe incluírem no texto da queixa as informações que provam a burla: ENTIDADE XXXXX | Referência xxx xxx xxx | Valor pago e, explique que tal é necessário para poder ter acesso à possibilidade de reembolso. Peça cópia das 2 paginas da Queixa e envie-nos por PDF legível para o email que indicamos no final desta mensagem.

Há a possibilidade de podermos iniciar um procedimento de reembolso, caso haja fundos disponíveis do lado do nosso parceiro, e após avaliação da documentação que lhe vamos pedir. Este procedimento não decorre de nenhuma obrigação legal, já que a HiPay Portugal Lda nada tem a ver com burlas. Esta é uma decisão da exclusiva responsabilidade da HiPay, por forma a ajudar os lesados que a nós recorrem, evitando que esperem pelo fim do processo-crime para, caso o burlão seja detectado, serem ressarcidos do valor sobre o qual foram lesados.
Esta é também a única forma de defendermos o nosso bom nome e, consequentemente, o nosso negócio.

Para accionarmos este procedimento, necessitamos dos seguintes documentos:
- Comprovativo do pagamento da referência multibanco em causa, que terá que enviar como anexo (PDF do talão multibanco ou do homebanking legível) - tal como os restantes indicados abaixo.
-Comprovativo de apresentação de queixa na polícia contra desconhecidos, onde conste, expressamente, no respectivo texto, as informações que provam a burla: Entidade/ Referência Multibanco paga(s) e valor, caso contrário não o consideraremos válido para o efeito.
- Identificação do lesado (frente do CC válido);
- Comprovativo de morada válido até 60 dias - já enviado;
- Um comprovativo dos seus dados bancários, emitido por essa entidade que deve estar identificada (logótipo), onde conste o seu nome enquanto detentor da conta bancária, o IBAN e código Swift/Bic, de forma a podermos confirmar que o valor será efectivamente reembolsado para a conta da pessoa que apresentou a queixa.

Os documentos solicitados e a troca de correspondência deverão ser enviados para o endereço de email do nosso Departamento Jurídico, uma vez que será o mesmo a dar seguimento ao processo: juridicoportugal@hipay.com

Todas as situações são respondidas pelo departamento jurídico e tratadas por ordem de chegada. Este processo, quando iniciado tem alguma demora, que pode ir até 3 semanas. Assim, quaisquer questões que surjam, poderá dirigi-las ao e-mail já referido.

Ficamos a aguardar pela sua documentação, completa e válida.
Cumprimentos,
A Equipa da HiPay

29 mar 2021
Hipay adicionou uma resposta

A HiPay Portugal Lda, informou este senhor dos procedimentos que podem accionar o possível reembolso mas até à data nada nos foi enviado.

Cumprimentos,
A Equipa da HiPay

10 mai 2021
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
13 mai 2021
Hipay adicionou uma resposta

Caro Rodrigo Marcelino,

Por falta de resposta sua, o Portal da Queixa encerrou a sua reclamação como NÃO TENDO RESOLUÇÃO.
Se na realidade desistiu de ir apresentar Queixa Crime tal como lhe indicámos na nossa resposta enviada a 19-02-2021, o qye deveria ter feito era ter-nos informado do facto, assim como ao Portal da Queixa.

Agradecemos que venha a esta sua página e altere o estado da reclamação para RESOLVIDA OU que a REABRA e dê continuidade ao processo.
A HiPay Portugal Lda NADA TEM A VER COM BURLAS! Estas são praticadas por desconhecidos que além de NÃO SEREM NOSSOS CLIENTES, usam de forma fraudulenta os métodos de pagamento que os nossos parceiros disponibilizam nos seus websites.
Contamos assim com o seu esclarecimento e colaboração.

Cumprimentos,
A Equipa da HiPay

13 mai 2021
Hipay reabriu a reclamação
24 jun 2021
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (0)