Hospital de Santa Maria - Porto
Hospital de Santa Maria - Porto
Performance da Marca
11.5
/100
Insatisfatório
Insatisfatório
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
16,7%
Tempo Médio de Resposta
0%
Taxa de Solução
16,7%
Média das Avaliações
10%
Taxa de Retenção de Clientes
0%
  • 225082000
    Chamada para a rede fixa nacional
  • Rua de Camões, 906
    4049-025 Porto
  • hsm@hsmporto.pt
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Hospital de Santa Maria - Porto - Documento por assinar

Sem resolução
1/10
Aleu Fernandes Julio
Aleu Julio apresentou a reclamação
16 de janeiro 2021
1. Do processo ocorrido em 2011.10.14 e assistida a sinistrada no Hospital de Fão onde o exame imageológico acusou "lesão de estiramento", onde e para tratamento foram usadas apenas 38 sessões de fisioterápia, caducando/findou o processo após este tratamento,
a) Teria sido, na realidade, a ecografia bem sucedida e seriam por si só suficientes as citadas sessões de fisioterapia para um tratamento cuidado e por quem realizada? - Esqueçamos a política e filosofia apresentada por essa Ordem nas conclusões;
2. Reclamada a postura atrás, a sinistrada foi reencaminhada para o Hospital Privado de Braga, em janeiro do ano seguinte, a 40 Km, de transporte público, sem acompanhante, atravessando os mais diversos incómodos,
a) À frente estava o Dr. Álvaro Gil que na "apreciação" do caso se recusou a aceitar a explicação do ocorrido pela sinistrada e dizendo "o médico sou eu", realizando um exame, ( ? ),
b) De fato, continuou com as citadas sessões de fisioterapia e uns comprimidos para as dores, estes sem nomenclatura e não especificando se ou não havia contraindicações,
c) Este "médico" que nunca fez nada, apenas se limitava a dizer que "não tinha perna para dar" e que estava ali para "ganhar dinheiro" e de fato podia ser que além de nada fazer, consultava em dias de Urgência, pelo menos assim identificava a sala,
Para não criar mais atritos, a sinistrada mudou para outra Unidade;
3. No Hospital de Stª Maria no Porto, com algumas deslocações, o clínico terá optado por um exame ou outro e acabando por dar "alta",
a) Não conformado com o tratamento, houve outra reavaliação pelo mesmo clínico, onde consultou o processo anterior e "não há nada a fazer",
b) Este clínico, Dr Rui Lemos, proferiu a decisão sem que tivesse competências para tal,
c) Também, a sua emissão não contém qualquer assinatura, sendo dúbia,
d) O problema não se encontra resolvido,
e) Foi requerida a segunda reavaliação;
Data de ocorrência: 16 de janeiro 2021
Aleu Fernandes Julio
Aleu Julio avaliou a marca
5 de março 2021

O caso foi participado a outro Organismo e aguarda resposta

Esta reclamação foi considerada sem resolução
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.