Hospital Particular de Almada

Hospital Particular de Almada

@hospital-particular-de-almada
Ranking na categoria
  • 212723680
  • R. Manuel Febrero 85
    2805-192 Almada
  • info@hpa.pt
Partilhar esta página
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Hospital Particular de Almada - Atendimento de guiché - poucos funcionários ao serviço

Sem resolução
70973322
714
Ricardo Pinto apresentou a reclamação

Pela segunda vez, fico totalmente desagradado pela forma como o atendimento no HPA funciona. Não na generalidade, note-se, mas apenas da parte de algumas funcionárias que aqui trabalham que, para além da falta de modos e trato, são sabem esclarecer cuidadosamente os utentes, utentes esses que "sustentam" o Hospital e os ordenados de quem aí trabalha! Ora, tendo consulta marcada para as 9h de Psicologia Clínica, e chegando 15 minutos antes para confirmar e pagar a mesma, após retirar senha da máquina para o efeito, reparei que ainda tinha 6 utentes à minha frente com SOMENTE 2 pessoas no atendimento. ABSURDO! Algo que considero compreensível, dada a quantidade de pessoas que, c. 8h30, já se encontrava no HPA para confirmar as suas consultas. Uma vez que o tempo foi passando, às 8h58 aproximei-me do guiché para questionar alguém que conseguisse no intuito de avisar que o médico já estaria à minha espera e, nem ainda, tinha feito o check-up. Uma enfermeira, julgo, de bata azul, que estava por detrás da administrativa responde-me que, primeiro, não ia passar à frente dos outros utentes e tinha que esperar, num tom de total arrogância. Por outro lado, sugere-me que me afaste do guiché, sendo que esta observação já não é a primeira vez que ocorre no vosso estabelecimento. Se queremos ser mais papistas que o papa, passo a expressão (em tom de ridicularização!), então teremos sugiro-vos outros procedimentos: primeiro, a marcação de consultas, o pagamento das mesmas ou de outras situações afins deverão ser feita com recurso a pinças! Das duas vezes que fui ao hospital não vi, junto ao guiché, ninguém desinfetar quer mãos, quer cartões de clientes…E outra: Para que querem o acrílico? Porque esteticamente é bonito e decora as bancadas. Não servirá o acrílico para separar…ou estarei desfasado da realidade. Portanto, é a primeira vez que – no que toca ao “afasta-se do guiché” – algo do género me ocorrer e numa clínica/Hospital onde também existem acrílicos e onde, muitas vezes, tenho de me desviar deles para OUVIR o interlocutor.
Em síntese: Penso que a direção do hospital deverá refletir num rácio de recursos humanos mais adequado à quantidade de utentes que frequenta o estabelecimento a qualquer hora do dia, evitando esperas demasiadamente longas o que, inequivocamente, tem impacto na duração das consultas e das próximas que se lhe seguem, e por tanto, sendo redundante, resultando em mais atrasos. E, por último, controlar as obsessões e receios que todos começam a vivenciar, de um modo grotesco, perante uma doença que veio para ficar ao ponto de se sentirem incomodadas mesmo protegidas por um acrílico!

Agradeço a atenção
31 mar 2022
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (0)