Hospital Veterinário Mais Animais

Hospital Veterinário Mais Animais

@hospital-veterinario-mais-animais
Ranking na categoria
Partilhar esta página
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Hospital Veterinário Mais Animais - A estrela

Sem resolução
39788220
828
Dora Neto apresentou a reclamação

Sou cliente desta empresa desde o tempo em que operavam numa clínica bem pequenina a umas centenas de metros de distância e com o crescimento do negócio, deveriam crescer cuidados e profissionais á altura, o que definitivamente não aconteceu.
Venho expor aqui a falta de profissionalismo, negligência ou até possível dolo nos cuidados prestados a 3 cães deixados ao cuidado deste hospital.
No passado mês de Abril, na via diagonal, resgatei da rua uma cadela e corri com ela para este hospital para verificação de chip, infelizmente não tinha identificação, estava maltratada e carregada de carraças e como tal comprei desparasitante interno (comprimido) para deixá-la mais confortável e livre destes parasitas e juntamente com amigos iniciámos a busca por uma família para esta menina.
Conseguimos uma senhora, em Gondim que acolheu a menina, tinha um espaço grande, vedado, com casota e muito para explorar. Inicialmente iria ficar sozinha pois a senhora tinha resgatado recentemente dois patudos mas estavam internados neste mesmo hospital com diagnóstico de gastroentrite, mas depois iria ter companhia destes dois amiguinhos.
Sucede que destes dois patudos internados, a mais nova (Pimpinha) não resistiu e acabou por falecer. Depois de análises efetuadas e tratamento devido apenas informam que ela "descompensou". Logo de seguida dão alta ao outro patudo, o Scot estando recuperado e animado desta gastroentrite/virose e pronto para voltar para casa e conhecer a nova amiguinha. Em momento algum alertaram para cuidados de contacto com outros animais, não foram entregues resultados de análises ou até mesmo cuidados a ter para evitar outro episódio.
A senhora pagou cerca de 400euros pelos tratamentos dos dois patudos e infelizmente só saiu com um nos braços.
Dois dias após, a cadelinha que resgatei é entregue aos cuidados do hospital pois estava com os mesmos sintomas que os anteriores (vómitos e diarréia) e ficou internada para tratamento alegando ser uma virose.
Desloquei-me ao hospital para visitar a menina e pedir informações sobre o estado dela e o meu espanto é quando nem sequer sabem que a cadela está na mesma casa dos outros dois, que se trata do mesmo dono e que se trata de uma contaminação em cadeia! Eu ouvi "sabe, isto foi de outro turno e não há cruzamento de dados", "estamos atulhados de trabalho", "temos falta de pessoal"! Que culpa têm os patudos desta situação? Se não têm recursos para aceitar animais doentes que alertem, não faltam clínicas no concelho da Maia.
Esta situação poderia ter sido evitada se simplesmente fossem profissionais e avisassem a dona para evitar que o Scot contactasse com outros animais e assim evitar possíveis contágios, jogar pelo seguro, precaver, zelar pelo bem estar e saúde de todos. Isto é negligência! A cadela ficou doente por culpa deste atendimento deficiente. Poderiam ser acusados de dolo para ganharem mais pacientes e dinheiro pois se o cão fosse ao passeio higiénico e tivesse contacto com outros cães que naturalmente também saem á rua isto seria um desastre em cadeia....donos desesperados e um hospital veterinário sempre a faturar...prefiro acreditar que estou enganada!
Os outros dois infelizmente não se podia prever ou prevenir o que aconteceu, mas esta menina, a Estrela, ficou doente e esteve a morrer graças á negligência dos profissionais deste hospital.
Obviamente as despesas aumentavam de dia para dia e não havia melhoras, não havia dinheiro para suportar estes custos, pedimos ajuda ao hospital e nem 0,50€ de resguardos foi debitado ou descontado numa fatura, foi feita transfusão de plasma no domingo passado e felizmente a Estrela começou a recuperar forças. Conseguimos ajuda financeira da nora da senhora e assim que a cadela recuperou forças para ser transportada foi retirada de lá e está entregue aos cuidados de um novo profissional que se prontificou a ajudar. A Estrela foi internada neste hospital a 30 de Abril e saiu a 07 de Maio. Pagamos 700€ e nem um relatório médico nos foi entregue. Reclamámos no livro e esperámos que mais nenhum patudo sofra ás mãos destes "profissionais".
11 jan 2021
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (1)

Ver perfil de Mais Animais Clinca veterinaria unipessoal Lda

Mais Animais Clinca veterinaria unipessoal Lda

Prezada tutora
Antes de mais, ficamos felizes por termos conseguido salvar dois meninos.
O excesso de trabalho ou a rotatividade de turnos que a actual situação de pandemia nos impõe, em nada interfere com os bons cuidados e assistência médica prestados aos nossos clientes.
Os animais em questão estiveram desde sempre internados na área destinada a doenças infecto-contagiosas, tal como era conhecimento da tutora. Ora só o nome " infecto-contagiosas" por si só deveria ser elucidativo. No entanto, por controlo de despesas, não temos esse diagnóstico final, pelo que obviamente têm ainda de ficar em aberto outras opções para a gastroenterite .
Em relação à Estrela, se apresentou sinais da doença ao fim de 2 dias, é altamente improvável que tenha contraído a doença na casa nova, já que o período de incubação de uma doença como uma parvovirose demora um mínimo de 4 dias a desenvolver-se e a esgana 1 semana.
Aproveitamos a oportunidade para sugerir a todos os tutores que ANTES de adotarem um animal se esclareçam junto do veterinário.

Cumprimentos,
A gerência