Indaqua Feira

INDAQUA Feira - Indústria de Águas de Santa Maria da Feira, SA

Ranking na categoria

Categoria
Fornecimento de Água

Telefone: 256371500

Morada
Rua Dr. Alcides Strecht Monteiro, 17
4520-179 Santa Maria da Feira

E-mail
reclamacoesfeira@indaquafeira.pt

Website
http://www.indaquafeira.pt

Recomenda esta marca?

7
10

Partilhar esta página

Indaqua Feira - Corte sem aviso prévio

Sem resolução
31883019
462
0 gostos
MARIA NETO apresentou a reclamação

Quando acontece deixar passar a data de pagamento de uma fatura simplesmente enviam a fatura seguinte, sem qualquer indicação de referência para pagamento da anterior, constando da mesma apenas referência e valor de pagamento da fatura enviada. Espera-se pelo correio por uma carta que referencie que existe um atraso e enviados na mesma os meios de pagamento disponíveis para liquidação da fatura em atraso, nomeadamente uma nova referência para pagamento e nada se recebe. Depois, sem qualquer aviso, nem por email nem por carta, cortam a água, deixando um postal que informa que a água foi cortada por incumprimento no pagamento, conforme aviso de corte enviado.(só que o aviso não foi enviado ) .
Mais grave ! Seguidamente cobram-se duma taxa de religação que faz com que uma fatura de cerca de 40 euros mensais atinja valores de 120,11 euros !! ( fatura nº 553019 )
O vosso regulamento diz no seu artigo 58º que "o atraso no pagamento superior a 2 meses para além da data de vencimento das faturas confere à entidade gestora suspender a prestação dos serviços sem prejuízo ao recurso dos meios legais para a cobrança da quantia em dívida..." e que " para tal a entidade gestora advertirá por escrito o utilizador com antecedência mínima de 8 dias de calendário relativamente à data em que a suspensão venha a ter luga,r indicando o motivo da suspensão e informando dos meios que tem ao seu dispor para evitar a suspensão do serviço e bem assim para a retoma do mesmo" .
Ora esta situação não aconteceu em dois cortes que efetuaram e que estão a ser alvo de reclamação.
Não houve qualquer aviso dos 2 cortes efetuados, como é suposto acontecer, de acordo com os vossos regulamentos, e dos quais pretendem receber taxas de religação.
Como tal, espera-se que resolvam a situação tendo em conta que não estão a cumprir com o vosso regulamento, não tendo por isso qualquer razão que vos assista para terem efetuados os dois cortes de água, conforme fizeram, e muito menos para cobraram uma taxa pela religação, como fizeram.
Pretendo que seja efetuada uma nota de crédito das taxas de religação referidas, liquidando eu, e só após isso feito, o valor do consumo de água em atraso.
De nada adianta terem regulamentos para "inglês ver" se na prática não respeitam o vosso utente/cliente, nos seu direitos mais básicos.
Informo igualmente que efetuei um pedido de informação (ROI00000000000348012) à ERSAR em 17/09/2019 para me esclarecerem sobre este assunto.

Sem outro assunto de momento,,
M.C. Neto
18 Set2019
Indaqua Feira adicionou uma resposta

Exmo. (a) Sr. (a),

Acusamos a receção da sua comunicação, que desde já agradecemos.

Vimos por este meio informá-lo de que o assunto se encontra em análise e que com brevidade lhe comunicaremos a nossa posição.

Apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

Departamento Comercial

18 Set2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Boa tarde,
Fico a aguardar .
Cps

18 Set2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Boa tarde,
Fico a aguardar .
Cps

01 Out2019
Indaqua Feira adicionou uma resposta

Exmo. (a) Senhor (a),

Vimos pela presente informar que a reclamação em apreço foi devidamente analisada e a competente resposta foi enviada à reclamante na presente data para o esclarecimento/resolução das questões apresentadas.

Apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

Vera Oliveira
Diretora Comercial

03 Out2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Ao contrário do que afirmam, nunca recebi qualquer notificação de aviso de corte e é a primeira vez que as estou a ver. A empresa "certificada" que afirmam que vos entregou esses avisos, ou os está a entregar em moradas erradas ou numa qualquer caixa imaginária e, a tal facto, sou alheia. Os CTT entregam as faturas e elas lá vão chegando... Para que esteja provado que vossas Ex.ªs cumprem a lei, não basta dizerem que enviaram ou, uma qualquer empresa que vos preste serviço, dizer-vos que entregou. É necessário o comprovativo de que foi entregue e por isso é que existem cartas registadas com aviso de receção ou registadas, pelo menos. Mas, na sua ausência existe o e-mail que possuem no vosso arquivo que deveria ser utilizado para acompanhar o vosso aviso de corte "fantasma", avisando ainda o cliente dos meios disponíveis para liquidar o valor em atraso e que a entrega da versão original do aviso de corte seria efetuado por uma empresa "certificada", informação que, ao aparecer destacada nos avisos de corte que anexaram, como cliente me diz muito, só por si !. Já agora, a empresa certificada ainda não entregou qualquer aviso relativamente à fatura que está atualmente em aberto. Só para que saibam...
De qualquer forma continuo a dizer-vos que não fui avisada dos 2 cortes que fizeram e que não pretendo pagar qualquer taxa de religação . Aliás considero tal, um abuso de poder por parte de uma empresa que, sendo a única empresa distribuidora de água do concelho, tem responsabilidades acrescidas nesta matéria dada a sensibilidade da mesma e o facto do seu cliente ficar privado dum bem essencial à vida, à higiene e à salubridade, sem aviso prévio do mesmo. Assim continuo a solicitar-lhes que me enviem apenas o valor de água que tenho de liquidar, efetuando uma Nota de Crédito à fatura que emitiram ou ainda venham a emitir, retirando o valor da taxa de religação. Caso o não façam farei eu própria as respetivas contas e depositarei o valor encontrado na Caixa Geral de Depósitos, por depósito autónomo, à vossa ordem e levarei o caso até às últimas consequências para acabar de vez com este tipo de prepotência de uma entidade que é a única prestadora de um serviço essencial à vida (a água) e para o qual os clientes não têm alternativa de fornecimento, mesmo que o serviço e a sua prestação seja péssimo.
Comunicarei a situação em todos os sites de queixa, à DECO e à ERSAP, a quem apenas ainda só pedi informaçoes sobre o assunto. Apresentarei queixa à procuradoria da República e em última instância irei para tribunal sem que antes não não informe os meios de comunicação social e a TV para contar a história da empresa "certificada" com caixa de correio própria para entrega dos vossos avisos de corte e que não chegam aos clientes.
Aguardo a vossa resposta por mais alguns dias.
Cumprimentos,
MC Neto

03 Out2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Ao contrário do que afirmam, nunca recebi qualquer notificação de aviso de corte e é a primeira vez que as estou a ver. A empresa "certificada" que afirmam que vos entregou esses avisos, ou os está a entregar em moradas erradas ou numa qualquer caixa imaginária e, a tal facto, sou alheia. Os CTT entregam as faturas e elas lá vão chegando... Para que esteja provado que vossas Ex.ªs cumprem a lei, não basta dizerem que enviaram ou, uma qualquer empresa que vos preste serviço, dizer-vos que entregou. É necessário o comprovativo de que foi entregue e por isso é que existem cartas registadas com aviso de receção ou registadas, pelo menos. Mas, na sua ausência existe o e-mail que possuem no vosso arquivo que deveria ser utilizado para acompanhar o vosso aviso de corte "fantasma", avisando ainda o cliente dos meios disponíveis para liquidar o valor em atraso e que a entrega da versão original do aviso de corte seria efetuado por uma empresa "certificada", informação que, ao aparecer destacada nos avisos de corte que anexaram, como cliente me diz muito, só por si !. Já agora, a empresa certificada ainda não entregou qualquer aviso relativamente à fatura que está atualmente em aberto. Só para que saibam...
De qualquer forma continuo a dizer-vos que não fui avisada dos 2 cortes que fizeram e que não pretendo pagar qualquer taxa de religação . Aliás considero tal, um abuso de poder por parte de uma empresa que, sendo a única empresa distribuidora de água do concelho, tem responsabilidades acrescidas nesta matéria dada a sensibilidade da mesma e o facto do seu cliente ficar privado dum bem essencial à vida, à higiene e à salubridade, sem aviso prévio do mesmo. Assim continuo a solicitar-lhes que me enviem apenas o valor de água que tenho de liquidar, efetuando uma Nota de Crédito à fatura que emitiram ou ainda venham a emitir, retirando o valor da taxa de religação. Caso o não façam farei eu própria as respetivas contas e depositarei o valor encontrado na Caixa Geral de Depósitos, por depósito autónomo, à vossa ordem e levarei o caso até às últimas consequências para acabar de vez com este tipo de prepotência de uma entidade que é a única prestadora de um serviço essencial à vida (a água) e para o qual os clientes não têm alternativa de fornecimento, mesmo que o serviço e a sua prestação seja péssimo.
Comunicarei a situação em todos os sites de queixa, à DECO e à ERSAP, a quem apenas ainda só pedi informaçoes sobre o assunto. Apresentarei queixa à procuradoria da República e em última instância irei para tribunal sem que antes não não informe os meios de comunicação social e a TV para contar a história da empresa "certificada" com caixa de correio própria para entrega dos vossos avisos de corte e que não chegam aos clientes.
Aguardo a vossa resposta por mais alguns dias.
Cumprimentos,
MC Neto

14 Out2019
Indaqua Feira adicionou uma resposta

Exmo. (a) Senhor (a),

Vimos pela presente informar que a exposição em apreço foi devidamente analisada e a competente resposta foi enviada à reclamante na presente data para o esclarecimento/resolução das novas questões apresentadas.

Apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

Vera Oliveira
Diretora Comercial

15 Out2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Infelizmente vossas Exªs estão mais interessados em ganhar "guerrinhas" do que resolver os problemas que criam e afetam os vossos clientes, o que é próprio de uma empresa que não tem concorrência de terceiros na disponibilização dos serviços que prestam.
Tal como é próprio deste tipo de empresas Vªs Exªs agem de forma "leonina" e sem qualquer respeito pelos vossos clientes partem do princípio que o mesmo não tem razaão nas reclamações que faz.
Como cliente estou a afirmar-vos que não fui notificada de nada e vocês continuam a bater na tecla de que o fizeram, sem no entanto apresentar provas disso a não ser dizer o que uma empresa que fazem questão de afirmar que é certificada, vos informa.
Como já vi que estou a falar para uma "parede" vou liquidar apenas o valor do consumo da água em causa através de depósito autónomo que efetuarei na Caixa Geral de Depósitos em vosso nome, e tomarei as medidas que entendo necessárias para resolver o caso, conforme já vos informei anteriormente.

Cumprimentos,
MC Neto

15 Out2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Em tempo:
Entretanto como me enviam a morada para onde enviam a correspondência, aproveito para informar que a terminação do código postal em 564 não existe em Arrifana e não fui eu que o forneci, e que a morada correta do local é Rua Terras de Santa Maria, nº 1558 - lote 13-HAB 02(R/C ESQ) - 3700-398 ARRIFANA .
Embora a correspondência dos correios seja sempre entregue nessa morada que utilizam, possivelmente a vossa empresa "certificada", entrega (?) a mesma noutro qualquer local, que não a minha morada, e como não se certifica que a mesma foi rececionada...

Cumprimentos,
MC Neto

28 Out2019
Indaqua Feira adicionou uma resposta

Exmo. (a) Senhor (a),

Vimos pela presente informar que a exposição em apreço foi devidamente analisada e a competente resposta foi enviada à reclamante na presente data para o esclarecimento/resolução das novas questões apresentadas.

Apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

Vera Oliveira
Diretora Comercial

28 Out2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Boa tarde,
Efetivamente e pelos vistos, os 3 últimos números do código postal foi-vos comunicado por e-mail, pela minha filha, não estando correto. A morada correta e completa é a que vos foi comunicada no último contacto por mim efetuado.
Quanto à forma como se reveem no processo, têm todo o direito de a propagandear como muito bem possam entender. Eu como cliente e vítima do vosso deficiente funcionamento é que tenho voz ativa no processo, classificando o vosso efetivo cumprimento, atuação e respeito por regras de transparência e boa fé. E como certamente entendem nem eu nem as centenas de pessoas que têm problemas iguais aos que tenho exposto e reclamam diariamente deles, o consideram. E são muitas aquelas que se queixam de cortes de água sem prévio aviso !
Relativamente às faturas que avisam que tenho que pagar apenas recebi a fatura nº 553019FA103333342 . Não recebi a outra fatura que me estão a indicar, pelo que mais uma vez continuam a haver falhas na entrega da vossa correspondência na minha morada. Tanto recebo como não recebo a vossa correspondência. Coisa que é fácil resolverem definitivamente, bastando usar o correio eletrónico para o fazer e que desde já passo a solicitar-vos o façam obrigatoriamente, dado a ineficácia do vosso atual sistema. (Basta copiar o funcionamento de empresas como a EDP)
Relativamente aos avisos de corte, conforme vos tenho reiteradamente referido, não os recebi e continuo sem receber, pelo que continuo a considerar que não tenho nada que pagar relativamente a taxas de religação de serviços, sendo válido o que refiro no parágrafo anterior quanto ao envio dos mesmos por e-mail, independentemente de os poderem continuar a enviar pela vossa “eficiente” empresa certificada.
E como vossas Exas continuam a afirmar a pés juntos que eu recebi coisas que efetivamente não recebi, agradeço em primeiro lugar que me façam chegar por e-mail a fatura nº 553019FA10371689 que ainda não recebi, que passem a enviar-me toda a documentação através do meu e-mail , sendo livres de paralelamente utilizarem outros meios complementares caso assim o considerem necessário, e que me indiquem o efetivo valor que vos tenho de pagar pela água que consumi, taxas de resíduos e outros acrescidos que vos deva, uma vez que quanto às taxas de religação, que pretendem cobrar, teremos que pelos vistos dirimir em tribunal a justeza ou não da sua aplicação, uma vez que não nos entendemos quanto ao assunto.
Assim e porque o que está em causa é a discórdia quanto ao pagamento ou não das taxas de religação, agradeço que as separem dos valores de consumo propriamente ditos e que me enviem apenas o valor a liquidar do consumo de água e das taxas de resíduos, e a forma de o fazer por transferência bancária ou por MB ( pagamento de serviços). Quanto às taxas de religação vão ter que provar que eu efetivamente recebi os avisos de corte que dizem ter enviado. Ao contrário do que afirmam, apenas para Vªs Exªs ficou demonstrado que agiram no cumprimento e em estrito respeito pelas normas aplicáveis. Para mim não ficou demonstrado até porque não recebi efetivamente qualquer aviso de corte e tenho direito a exigir que vossas Exªs provem a quem de direito, sem sombra para dúvidas, que me avisaram e que eu recebi o vosso aviso.
Agradeço resposta a este meu e-mail em tempo útil, se desejam que liquide a água no prazo em que pretendem receber, atendendo a que me estão a informar que uma prorrogativa legal de defesa do consumidor, que existe entre outros motivos, para garantir que o mesmo possa pagar e provar que pagou algo que vocês se negam a receber (depósito autónomo), não se encontra prevista no vosso regulamento, ficando subentendido que eu não a posso utilizar.

Melhores cumprimentos,
Maria Neto

07 Nov2019
MARIA NETO adicionou uma resposta

Boa tarde,
É impressionante que 10 dias após eu vos ter respondido e vos ter informado que não tinha recebido uma determinada fatura e que pretendia que a enviassem, que deveriam passar a enviar-me por e-mail toda a correspondência independentemente de a enviarem também por outros meios e que desenvolvessem determinada ação atempadamente, para que eu vos pudesse apenas liquidar a água consumida , vossas Ex.ªs ainda não tenham respondido nem enviado a fatura e muito menos os restantes elementos pedidos.
Ainda mais impressionante é que, após tudo isto e de me informarem que não poderia (para me defender) efetuar um depósito autónomo como vos informei que iria efetuar, me tenham cortado hoje (novamente) a água e, pasme-se , mais uma vez sem me terem enviado nem uma das faturas nem o aviso de corte por correio ou e-mail (conforme solicitei à 10 dias atrás), cumprindo a lei. E agora nem desculpa têm, pois deixei claro que me deveriam enviar toda a correspondência por email !!
A situação está a atingir o cúmulo do inqualificável, demonstrando um péssimo serviço e uma postura prepotente própria de um organismo acéfalo que infelizmente permitiram que detivesse o monopólio do fornecimento de um bem essencial à subsistência humana.
Claro que vossas Ex.ªs estão habituados a que os vossos clientes acabem por ceder, por impossibilidade de alternativa e isso torna ainda mais inqualificável e vergonhosa a vossa atitude.
Vou enviar todo este vosso chorrilho comportamental anedótico para a entidade que vos tutela. Talvez sirva para alguma coisa.
Entretanto continuo a aguardar a vossa resposta.

07 Fev2020
Indaqua Feira alterou o estado para Sem resolução
Esta reclamação foi considerada como sem resolução

Comentários (0)