Indie Campers
Indie Campers
Performance da Marca
2.3
/100
Insatisfatório
Insatisfatório
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
0%
Tempo Médio de Resposta
0%
Taxa de Solução
0%
Média das Avaliações
15%
Taxa de Retenção de Clientes
0%
Ranking na categoria
Aluguer de Automóveis
2 Sixt 79.7
3 Guerin 71.6
...
Indie Campers2.3
Indie Campers, S.A.

Indie Campers - Não aluguem pela indie campers, é uma farsa e só procuram extorquir dinheiro,

Aguarda resposta
Marlene Almeida
Marlene Almeida apresentou a reclamação
14 de maio 2024
Nós alugámos a nossa caravana pela vossa empresa (Viena - Milão, dias 19 de abril até 29 de abril), primeiro quero salientar a terrível experiência que tive com esta empresa. A Indie Campers é uma farsa, é enganadora, não oferece qualquer transparência, sem qualquer preocupação pelo cliente e que só pensa em extorquir dinheiro.
Primeiro, há todo um marketing no website, no momento de reserva, que te atrai para um seguro de proteção premium e que reduz a máxima “liabilty” para 200€, na qual em todo processo de reserva e pagamento, só te são dadas as seguintes informações apresentadas no fotografia nº1.
Sem falar que de seguro paguei 300 euros. Quando se vai fazer o levantamento da carrinha, é te entregue um contrato. E, escrito em letras pequenas, está uma lista inacabável de exceções a famosa “liability”: os pneus, o teto, o interior, tudo o que é abaixo do limiar da porta lateral e acima, espelhos laterais, motor, acidentes que acontecem em não movimento, assaltos… Qualquer coisa que vos vier à cabeça não está incluído no seguro. Ou seja, primeiro, tens todo um marketing enganador, que em nenhum altura do processo te é dada informação clara sobre o que cobre ou não cobre, e segundo, estás a pagar por seguro caríssimo, que não cobre absolutamente nada, um seguro fantasma. E, pelos direitos do consumidor, o vendedor tem o DEVER de informação prévia sobre o produto/serviço a ser adquirido que são indispensáveis para à transparência das transações, e isto inclui: natureza e características do bem ou serviço. Ou seja, isto nunca, em nenhuma altura da aquisição do serviço foi cumprido. De salientar, que “O Código da Publicidade” também obriga ao respeito pelo princípio da veracidade. Desrespeitá-lo é uma contraordenação prevista e punível com coima podendo ainda ser aplicada sanção acessória de interdição de exercício da atividade. E se o consumidor foi induzido em erro, terá direito a ser compensado, uma vez que serviço fornecido não correspondeu ao anunciado.
Obviamente que tive um pequeno acidente a fazer uma curva e a van teve danos abaixo da linha da porta lateral (fotografia 2 e 3). Mal a van foi entregue, recebi um email com o discriminatório do acidente, e com o que se tinha de pagar, um absurdo de um total de 864€ (anexo 1). O dinheiro me foi tirado do cartão de imediato. Sem nunca ser pedido a minha consentimento primeiro, ou me ser comunicado previamente. Sim, foi o meu segundo condutor a entregar a van, porque me foi impossível entrega-la pessoalmente.
Em nenhuma parte da reserva, ou do check-in, me foi previamente solicitado, informado ou pedido o meu consentimento, em que iam reter as minha informações pessoais do meu cartão e que iam debitar dinheiro diretamente sem qualquer tipo de informação. Qualquer tipo de cobrança sem autorização do consumidor é uma prática abusiva. Este comportamento por lei é considerado fraudulento. Porque, passado 16 dias do check-out, esta dita empresa, continua a tentar efetuar transações não autorizadas do meu cartão bancário. A primeira no dia 4 de maio , com um total de 177€, que falhou visto que não tenho dinheiro disponível na parcela. Na qual, passado uns minutos, recebo um email, a dizer que tenho de pagar danos feitos a carrinha, sem qualquer “damage report” anexado, email que em nenhuma altura é transparente, e ainda por cima enviada em alemão (anexo2). Ah, e com as informações para eu realizar uma transferência bancaria. Primeiro a revisão a carrinha foi feita no momento de entrega e o dinheiro foi imediatamente retirado, segundo, 6 dias depois lembram-se que tenho de continuar a pagar por danos pelo o qual já paguei. E se não foram contabilizados no dia de check-out, não é responsabilidade minha porque o meu contrato com Indie Campers já está encerrado.
Mas a dita brincadeira não termina aqui porque, hoje, dia 14 de maio, tenho 3 tentativas de transações no valor de 302€, 100€ e de 50€ ( fotografia 4), mais uma vez sem a minha autorização e nem sequer com algum tipo de informação e porque.
Esta reclamação tem um anexo privado
Data de ocorrência: 14 de maio 2024
Marlene Almeida
Marlene Almeida está a aguardar resposta da marca
Comentários

ola Marlene, você é de Portugal? Tivemos problemas parecidos com o seu, e pensamos em entrar com processo judicial contra a empresa. Quem sabe possamos fazer isto juntos! Se for do seu interesse entre em contacto pelo meu email halcoutinho10@gmail.com

ola Marlene, você é de Portugal? Tivemos problemas parecidos com o seu, e pensamos em entrar com processo judicial contra a empresa. Quem sabe possamos fazer isto juntos! Se for do seu interesse entre em contacto pelo meu email halcoutinho10@gmail.com