ISN Instituto de Socorros a Náufragos

ISN Instituto de Socorros a Náufragos

ISN Instituto de Socorros a Náufragos

(84%)
Ranking na categoria

Categoria
Institutos Públicos

Telefone: 214544722

Morada
Rua Direita de Caxias, 31
2760-042 Caxias

E-mail
isn@amn.pt

Website
http://www.amn.pt

Recomenda esta marca?

7
0

Partilhar esta página

ISN Instituto de Socorros a Náufragos
ISN Instituto de Socorros a Náufragos respondeu à reclamação de Cristiana Oliveira
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
ISN Instituto de Socorros a Náufragos

ISN Instituto de Socorros a Náufragos - Indelicadeza do nadador salvador

Boa tarde Sra. Cristiana Oliviera,
Encarrega-me o Diretor do Instituto de Socorros a Náufragos de responder ao seu e-mail que nos mereceu a melhor atenção.

A fiscalização nas praias e outros espaços balneares, bem como controlo das atividades que podem ser desenvolvidas nos areais, não se enquadra nas competências do Instituto de Socorros a Náufragos, mas sim das autoridades competentes, em razão da matéria e área de jurisdição, que serão os Comandos Locais da Polícia Marítima, ou fora das suas áreas de responsabilidade, os Postos Territoriais da Guarda Nacional Republicana.

Queixas relacionadas com o mau serviço prestado pelos nadadores-salvadores aos banhistas, deverão ser comunicadas à entidade que os contratou (Concessionário ou Câmara Municipal), para que sejam tomadas as ações necessárias e adequadas, uma vez que o Instituto de Socorros a Náufragos não tem qualquer relação laboral ou disciplinar sobre os nadadores-salvadores.

Atenciosamente,

ISN Instituto de Socorros a Náufragos
ISN Instituto de Socorros a Náufragos respondeu à reclamação de Maria Sousa
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
ISN Instituto de Socorros a Náufragos

ISN Instituto de Socorros a Náufragos - Vigilância praias de gaia

Boa tarde Sra. Maria Sousa,
Encarrega-me o Diretor do Instituto de Socorros a Náufragos de responder ao seu e-mail que nos mereceu a melhor atenção.

A fiscalização nas praias e outros espaços balneares, bem como controlo das atividades que podem ser desenvolvidas nos areais, não se enquadra nas competências do Instituto de Socorros a Náufragos, mas sim das autoridades competentes, em razão da matéria e área de jurisdição, que serão os Comandos Locais da Polícia Marítima, ou fora das suas áreas de responsabilidade, os Postos Territoriais da Guarda Nacional Republicana.

Queixas relacionadas com o mau serviço prestado pelos nadadores-salvadores aos banhistas, deverão ser comunicadas à entidade que os contratou (Concessionário ou Câmara Municipal), para que sejam tomadas as ações necessárias e adequadas, uma vez que o Instituto de Socorros a Náufragos não tem qualquer relação laboral ou disciplinar sobre os nadadores-salvadores.

Atenciosamente,

ISN Instituto de Socorros a Náufragos
ISN Instituto de Socorros a Náufragos respondeu à reclamação de Pedro Cerqueira
há 1 mês
Resolvida
Nova resposta
ISN Instituto de Socorros a Náufragos

ISN Instituto de Socorros a Náufragos - Falta de respeito e respostas impróprias de nadador salvador

Boa tarde Sr. Pedro Crequeira,
Encarrega-me o Diretor do Instituto de Socorros a Náufragos de responder ao seu e-mail que nos mereceu a melhor atenção.

A fiscalização nas praias e outros espaços balneares, bem como controlo das atividades que podem ser desenvolvidas nos areais, não se enquadra nas competências do Instituto de Socorros a Náufragos, mas sim das autoridades competentes, em razão da matéria e área de jurisdição, que serão os Comandos Locais da Polícia Marítima, ou fora das suas áreas de responsabilidade, os Postos Territoriais da Guarda Nacional Republicana.

Queixas relacionadas com o mau serviço prestado pelos nadadores-salvadores aos banhistas, deverão ser comunicadas à entidade que os contratou (Concessionário ou Câmara Municipal), para que sejam tomadas as ações necessárias e adequadas, uma vez que o Instituto de Socorros a Náufragos não tem qualquer relação laboral ou disciplinar sobre os nadadores-salvadores.

Atenciosamente,

ISN Instituto de Socorros a Náufragos
ISN Instituto de Socorros a Náufragos respondeu à reclamação de Micaela Henriques
há 1 mês
Resolvida
Nova resposta
ISN Instituto de Socorros a Náufragos

ISN Instituto de Socorros a Náufragos - Assédio na praia e comportamento pouco profissional de nadadores salvadores

Boa tarde Sra. Micaela Henriques,
Encarrega-me o Diretor do Instituto de Socorros a Náufragos de responder ao seu e-mail que nos mereceu a melhor atenção.

A fiscalização nas praias e outros espaços balneares, bem como controlo das atividades que podem ser desenvolvidas nos areais, não se enquadra nas competências do Instituto de Socorros a Náufragos, mas sim das autoridades competentes, em razão da matéria e área de jurisdição, que serão os Comandos Locais da Polícia Marítima, ou fora das suas áreas de responsabilidade, os Postos Territoriais da Guarda Nacional Republicana.

Queixas relacionadas com o mau serviço prestado pelos nadadores-salvadores aos banhistas, deverão ser comunicadas à entidade que os contratou (Concessionário ou Câmara Municipal), para que sejam tomadas as ações necessárias e adequadas, uma vez que o Instituto de Socorros a Náufragos não tem qualquer relação laboral ou disciplinar sobre os nadadores-salvadores.

Atenciosamente,

ISN Instituto de Socorros a Náufragos
ISN Instituto de Socorros a Náufragos respondeu à reclamação de Nuno Garcia
há 2 meses
Sem resolução
Nova resposta
ISN Instituto de Socorros a Náufragos

ISN Instituto de Socorros a Náufragos - Insulto por parte de um nadador salvador

Boa tarde Sr. Nuno Garcia,

O Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) é a entidade reguladora da atividade de nadador-salvador e temos também a responsabilidade da sua certificação através da aplicação das provas previstas, em conformidade com a legislação em vigor.

Ao contrário do que acontecia à alguns anos atrás, o ISN já não dá formação aos nadadores-salvadores, existindo para esse efeito as Escolas de Formação de nadadores-salvadores, que são entidades privadas, certificadas para o efeito pelo ISN, desde que cumpram todos os pré-requisitos previstos na legislação aplicável.

Não devemos generalizar e considerar que a formação de uma forma geral não é adequada, por existirem alguns profissionais (responsáveis pelos seus próprios actos e atitudes no desempenho das funções para as quais são contratados) que não desempenham as suas funções de forma correta. Por esse mesmo motivo é que essas queixas devem ser apresentadas às entidades que os contratam, para que possam avaliar o seu desempenho e considerar a sua substituição.

Atenciosamente,

Carregar mais