Intrum

Intrum Portugal, Unipessoal Lda

Ranking na categoria

Categoria
Cobranças

Telefone: 213172200

Morada
Alameda dos Oceanos, 59
Edifício Espace
Piso 1, Bloco 2 A/B
Parque das Nações
1990-207 Lisboa

E-mail
info@pt.intrum.com

Website
http://www.intrum.com/pt/

Recomenda esta marca?

10
87

Partilhar esta página

Intrum - Divida a meo

Em tratamento
26739719
442
0 gostos
Paula Viana apresentou a reclamação

Boa tarde

HOJE dia 14 de Março 2019 , recebo uma carta para cobrança da vossa empresa, a dizer que mantenho uma divida para com a MEO -Serviços de Comunicações e Multimédia S.A , no valor de 215,18€.
Hora muito bem, pelo exposto , tenho a informar que ,não sou e nunca fui cliente MEO, tendo sido sempre VODAFONE , além de que ,após ter ligado para a linha de atendimento mencionado na carta, atendeu-me uma colaboradora ,por sinal extremamente muito, MAL EDUCADA E MAL FORMADA ( algo pelo que sei ser normal nos colaboradores da INTRUM) , após eu lhe ter dito ,não ser devedora de divida alguma,desligou-me o telefone na carta mencionando que , eu teria de fazer prova de que não era devedora da referida divida. No decorrer da nossa " dita" conversa mencionei que, ainda que fosse devedora,que não era, e sendo a divida, segundo ele ( colaboradora) do ano de 2010 ,aleguei que a mesma estaria prescrita ,pois já haviam passado mais de 8 anos, e que devem consultar o Nº. 10 da LEI n.º 12/2008 a qual diz que: "O direito ao recebimento do preços do serviços prestados prescreve no prazo de seis meses após a sua prestação."
Nunca recebi carta alguma da vossa parte, nem dos Serviços Meo a informar que existia tal débito,até porque NUNCA FUI ,cliente MEO .
Assim, e uma vez que tal divida remonta não sei à quantos anos atrás , considero a mesma prescrita/caducada conforme o Decreto-Lei n.º 23/96, de 26 de Julho que aqui transcrevo.

Artigo 10.º Prescrição e caducidade 1 - O direito ao recebimento do preço do serviço prestado prescreve no prazo de seis meses após a sua prestação.

2 - Se, por qualquer motivo, incluindo o erro do prestador do serviço, tiver sido paga importância inferior à que corresponde ao consumo efectuado, o direito do prestador ao recebimento da diferença caduca dentro de seis meses após aquele pagamento.

3 - A exigência de pagamento por serviços prestados é comunicada ao utente, por escrito, com uma antecedência mínima de 10 dias úteis relativamente à data-limite fixada para efectuar o pagamento.

4 - O prazo para a propositura da acção ou da injunção pelo prestador de serviços é de seis meses, contados após a prestação do serviço ou do pagamento inicial, consoante os casos, sendo que nunca chegou tal ofício ás minhas mãos .

Face ao exposto, agradeço confirmação por escrito da anulação da dívida reclamada,do qual não me sinto devedora.
Informo que seguirá via CTT, com carta registada e AR , esta mesma reclamação e se não ficar resolvida entregarei o caso á entidades competentes
Exijo também que os MEUS DADOS, e, de acordo com " O Regulamento Geral de Proteção de Dados ( RGPD ) que ,entrou em vigor em 25 de Maio de 2018, seja retirado da vossa base de dados, pois quando liguei a pedir esclarecimento, tive obrigatoriamente ,que dar consentimento ,para tratamento de dados, e ,assim sendo , retiro o meu consentimento no tratamento de dados


Atentamente
Paula Viana
18 Abr2019
Intrum adicionou uma resposta

Exma sra,

Agradecemos o seu contacto relativamente à exposição apresentada no Portal da Queixa nº#26739719, a qual mereceu o nosso maior cuidado.
De acordo com o email remetido para a sua caixa de correio electrónico em 01/04/2019, pela nossa área de Back Office, somos a informar que a reclamação foi encerrada nos nossos Serviços.

Sem mais de momento e inteiramente ao dispor.
Com os melhores cumprimentos.
A equipa de Compliance

Intrum está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)