Intrum

Intrum Justitia Portugal - Consultadoria Apoio e Gestão de Contas Correntes, Unipessoal Lda

Categoria
Cobranças

Telefone: 213172200

Morada
Alameda dos Oceanos, 59
Edifício Espace
Piso 1, Bloco 2 A/B
Parque das Nações
1990-207 Lisboa

E-mail
info@pt.intrum.com

Website
http://www.intrum.com/pt/

Recomenda esta marca?

8
74

Partilhar esta página

Intrum - Prescrição de suposta dívida a meo

Em tratamento
28949819
471
0 gostos
Nuno Alfacinha apresentou a reclamação

Boa noite

recebi uma carta para cobrança da vossa empresa no dia 18/02/2019 a informar-me que tenho uma dívida de 256,28€ de quatro facturas do ano 2013 e duas de 2012 de Serviços de telecomunicacoes Meo.

Tentei explicar por telefone mais do que 5 vezes que nunca tive tal operador.
Após diversos telefonemas da vossa parte, por vezes ameaçadores, decidi contactar a DECO.
Informo, que se tal nível de ameaças continuarem, irei apresentar queixa crime.

Ora, até à referida comunicação, nunca tinha sido contactado pela Mei, V.Exas ou qualquer outra entidade para liquidar a dívida existente nem tampouco tinha conhecimento da suposta existência da mesma.
Como V.Exas certamente não desconhecem, a Lei dos Serviços Essenciais (Lei nº 10/2013, de 28 de janeiro) estipula que “o direito ao recebimento do preço do serviço prestado prescreve no prazo de seis meses após a sua prestação” e que “o prazo para a propositura da ação ou da injunção pelo prestador de serviços é de seis meses, contados após a prestação do serviço ou do pagamento inicial, consoante os casos”.
Face ao exposto, a dívida invocada por V.Exas encontra-se claramente prescrita pelo que, desde já, exijo que o registo relativo à mesma seja eliminado de quaisquer bases de dados e que o meu nome seja retirado da lista de devedores.
Caso tal não suceda e esta situação não seja regularizada no prazo máximo de 8 dias (com a consequente ativação e instalação do serviço contratado) darei conta do sucedido à entidade reguladora, a ANACOM, bem como não hesitarei em recorrer aos meios legais à minha disposição.
Mais informo, que seguirá prontamente por Email, tanto para a Meo,como para V. Exas e com o conhecimento da DECO, está mesma invocação de prescrição.

Nuno Alfacinha
03 Jul2019
Intrum adicionou uma resposta

Exmo. Sr.,

Agradecemos o seu contacto relativamente à exposição apresentada no Portal da Queixa nº8949819, a qual mereceu o nosso maior cuidado.
De acordo com o email remetido para a sua caixa de correio electrónico no dia 17/06/2019, pela nossa área de BackOffice, somos a informar que a reclamação foi encerrada nos nossos Serviços.
Sem mais de momento e inteiramente ao dispor.
Com os melhores cumprimentos.
A equipa de Compliance

Intrum está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (2)

Ver perfil de Maria P Silgo

Maria P Silgo

É óbvio que a dívida está prescrita. A Intrum, era obrigada, por Lei, a informá-lo de que estava atentar cobrar uma dívida já prescrita. Se não o fez, cometeu um ato ilícito

Ver perfil de Luis Dias

Luis Dias

Hoje também eu fui vítima de tentativa de burla, extorsão, ou lá o que estes gajos andam a fazer.
vieram com uma cantiga de que devo (pasme-se) DOIS MIL euros à Meo, referentes a uma factura de 2007, cujo contrato rescindi e liquidei na totalidade!
que país permite que uma pseudo-empresa destas faça isto de forma impune???
não lhes dê conversa!