Lyan's Bar
Lyan's Bar
Performance da Marca
N/A
/100
Sem dados
Sem dados
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
0%
Tempo Médio de Resposta
0%
Taxa de Solução
0%
Média das Avaliações
0%
Taxa de Retenção de Clientes
100%
Ranking na categoria
2 Via Rápida 1.5
...
Lyan's BarN/A
Lyan's Bar, Unipessoal, Lda
  • 214390826
  • Travessa 1 de Maio, 1, Tercena
    2730-142 Barcarena
Esta é a sua empresa? Clique aqui

LYANS Bar - Abuso e indecência com clientes habituais!!!

Sem resolução
Preciosa
Preciosa apresentou a reclamação
16 de julho 2011

Neste bar o qual frequentei mais que uma vez - LYANS - houve um dia que, ainda cedo, eu e o meu namorado pedimos um café para o qual constatámos que afinal não tínhamos dinheiro suficiente. FÁCIL de resolver pois vivemos a 200 m do "bar", dissemos à empregada que iria um a casa enquanto o outro ficava ali à espera. Além de eu detestar ficar a dever seja o que for, ela agiu de fé enganosa e disse que não havia problema nenhum, não era necessário ir de propósito a casa e pagaríamos depois. O que - infelizmente- aconteceu.
O "patrão" (entre aspas porque este, mesmo sendo-o, não sabe sê-lo nem tem nem deu formação à dita empregada) além de ter aquele estabelecimento, tem mesmo ao lado um café, ao qual íamos quase diariamente e onde fizemos questão de pagar o café para não ter de ser de noite de propósito quando o bar abrisse. Ontem, passados quase 2 meses, a mesma atende-nos no bar, serve duas bebidas que foram mais de 7 euros, sem direito a talão (como sempre) e lembrou-se de perguntar: "é hoje que me vai pagar o café que ficou a dever?" ao que o meu namorado educadamente respondeu que tínhamos pago. Ela insistiu com um ar que metia nojo (perdoem-me a franqueza mas é revoltante) e abstraída completamente das notas que ele tinha na mão (é sinal de quem não vai pagar?) e o meu namorado disse que tudo bem, pagaria mas que também não entendia ela pedir passado tanto tempo se todos os dias nos via no café e caso realmente não tivesse sido pago, ela já se devia ter lembrado à mais tempo. Independentemente disso, pagámos segunda vez para ninguém se chatear até porque não ia ficar ali a discutir um café e mesmo podendo dar-me ao direito de recusar algo já pago, ficou pago. Ao irmos embora, oiço-a dizer ao patrão (que também sabe que não foi nem a primeira nem a segunda vez que lá fomos) com estas palavras: "ele não quis pagar o café" como se fossemos caloteiros e não tivéssemos pago uma conta de mais de 7 euros. Tendo ouvido voltei atrás e disse: "um momento, se querem falar, esperem que o cliente pelo menos saia". Ao que ouvi de forma arrogante:"Eu sou o patrão" mas como se deu conta, lá acrescentou: "ela só me está a contar o que se passou" e eu respondi "e eu sou a cliente e se vai contar que diga a verdade porque pagámos novamente algo já pago e é má educação falar assim, como se o cliente fosse caloteiro" e ele além de dizer repetidamente "não sei!" insistiu no "não percebo". Fiz o que tinha a fazer, virei costas porque se dessa falta de educação ele não percebe, então pela educação dele, virar costas a pessoas ignorantes que não sabem servir nem têm apreço por quem lá vai tantas vezes e gasta sempre mais que 5 euros até é sinal de compreensão pela falta enorme...
Tudo isto porque a empregada dele fez questão que não fossemos a casa buscar o dinheiro que faltava para pagar o café no próprio dia. Porque éramos habituais. Para enganar valeu a pena. Nunca mais lá volto. E espero que se ela se lembrar de fazer o mesmo a alguém, que as pessoas desconfiem e façam questão de pagar logo porque deixou de ser só um café para ser uma falta de consideração e um abuso com clientes que a própria afirmou serem habituais. Há muitos cursos de atendimento ao cliente e espero sinceramente que ele se inteire disso para tanto ele como quem o serve consigam perceber coisas que não tinha de ser eu a perder tempo a explicar. 

Data de ocorrência: 16 de julho 2011
Esta reclamação foi considerada sem resolução
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.