Performance da Marca
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
71,4%
Tempo Médio de Resposta
57,1%
Taxa de Solução
16,7%
Média das Avaliações
10%
Taxa de Retenção de Clientes
0%
Ranking na categoria
Ginásios e Clubes Fitness
1 Team Macau 99.1
...
Magic Form25.5

Magic Form - Cobrança indevida, após rescisão de contrato ao abrigo da lei

Resolvida
1/10
Susana Fernandes
Susana Fernandes apresentou a reclamação
6 de agosto 2021 (editada a 15 de setembro 2021)
Fiz em 28-07-2018 um contrato com o Ginásio Magic Form - Lisboa Forma, Lda.. Logo na inscrição perguntei se poderia trazer o contrato ou o rascunho que estavam a fazer na minha frente para explicar as condições de adesão para ler em casa, tendo sido dito que tal não era permitido, o que achei manifestamente estranho. De qualquer maneira li o contrato na altura. Foi ainda indicado que o pagamento só poderia ser efectuado via debito directo e tal foi permitido, sendo mensalmente retirada da minha conta no banco o montante de 29.90€.

Anunciei a rescisão em 09-12-2019, cumprindo todos os requisitos, nomeadamente avisar com antecedência de 60 dias e devolver o cartão de inscrição, avisando que o débito direto seria cancelado na data prevista (fiz o cancelamento a 21 de fevereiro de 2020, mais de 60 dias após o aviso). Fiz tudo isto através de carta registada, cumprindo não só com aquilo que está previsto na lei, como com o contrato celebrado com aquele ginásio.

Subitamente este ano recebi duas cartas daquela empresa, na minha morada fiscal (fora de Lisboa, cidade onde permaneço desde 2019, devido a um acidente que culminou numa cirurgia há poucos meses e, também devido à pandemia uma vez que durante um largo eríodo de tempo não era permitida a circulação entre concelhos). Numa primeira carta anunciam que devo mais de 200 euros, e numa 2ª carta informam que a conta ascende a mais de 300 euros.

Qual o motivo e a que propósito? Desconheço. Mas desconfio que seja porque, na minha boa fé, não escrevi na carta de rescisão que também estava a devolver o cartão naquela data, e que agora decidam cobrar absurdamente isso. Mas como enviei carta registada, achei que tudo estaria devidamente assegurado. Ingenuidade minha.

A agravar a situação, hoje consultei a minha conta no banco e dou com um débito direto automático, a pedido daquela empresa. Denunciei a situação junto do meu banco, por duas situações: abuso de confiança e não autorização da minha parte deste débito, uma vez que tinha cancelado as transferências bancárias em fevereiro de 2020.

Com mobilidade evidentemente reduzida, não pretendo deslocar-me ao ginásio para resolver presencialmente a situação que considero abusiva e contra a lei. Aliás, mesmo que os pretenda contactar, por telefone não respondem e desconheço o email. Têm apenas um endereço no facebook https://pt-pt.facebook.com/magicformalvalade ou um registo de contacto no site. Resta-me a carta registada, que é fiável e ao abrigo da lei.

Posto isto, estou a ponderar contactar o meu advogado, na perspectiva de ver terminada de vez esta novela, que já vai longa.

Se me pedirem para aconselhar este ginásio: depois de tudo isto, nunca o farei! Pelo contrário!
E pelo que tenho lido de reclamações sobre esta entidade, arrependida estou de não o ter sabido mais cedo.
Data de ocorrência: 6 de agosto 2021
Susana Fernandes
15 de setembro 2021
Extraordinariamente, hoje dia 15 de setembro 2020, ainda não existe uma resposta / resolução da reclamação. Por aqui se vê o total desinteresse na resolução dos problemas que mancham o bom nome da empresa, a falta de qualidade no atendimento e a falta de interesse na manutenção dos clientes.
Pelas reclamações que tenho lido, as situações assemelham-se no tipo de abordagem e nos motivos falsos apresentados. Muito feio. Muito mau.
Magic Form
20 de setembro 2021
Exmª Srª Susana Fernandes,

Aquando das visitas ao nosso espaço, os colaboradores explicam todas as condições, vantagens, regras, políticas internas e não se opõem a escrever num cartão díptico que existe para o efeito. Não é entregue o que é escrito inicialmente numa folha de papel A4, apenas por uma questão estética (consideramos um rascunho). No entanto, a informação é exatamente a mesma.

Salientamos a nossa transparência, reforçando as condições do contrato quando escrevemos no campo das observações do contrato na frente do mesmo, sobre a fidelização e o tempo necessário de pré-aviso para a rescisão, apesar de toda a informação constar nas cláusulas do contrato. Preferimos ser repetitivos.

Confirmamos que não permitimos que o mesmo seja levado antes da sua assinatura, pois pode ser utilizado indevidamente mas, qualquer pessoa com interesse, tem todo o tempo para o ler e analisar. Entregamos sempre o original do contrato (nós ficamos com a cópia).

Quanto à sua carta, não foi recebida e pelo que detetamos no comprovativo, a mesma não foi enviada para o Apartado do Atendimento ao Cliente. A quem nos pede ajuda para rescindir, informamos o procedimento, a morada e inclusivamente entregamos uma minuta, para facilitar o processo.
Após verificarmos o seu comprovativo de envio da carta, concordamos com a devolução de uma mensalidade cobrada através de débito direto pois, sendo assim, foi feito indevidamente. Aguardamos confirmação sobre o IBAN para o qual pretende que seja feita a devolução do valor de 29,90€. Se for o mesmo associado ao contrato, basta que nos informe que é o mesmo.
Mais informamos que as duas reclamações existentes, as mesmas foram analisadas e, nesses casos, não houve cumprimento do contrato.


Aproveitamos para informar o nosso email: magicformportugal@gmail.com, o nosso contato telefónico: 218481419 e o nosso site www.magic-form.pt.

A gerência e a equipa lamentam o transtorno causado, aproveitando a oportunidade para desejar as suas melhoras e os melhores cumprimentos.
Susana Fernandes
7 de outubro 2021
Bom dia.

Envio IBAN para o vosso email, para que procedam ao depósito do valor de 29,90€.
Quanto à não receção da carta. A mesma estava registada, pelo que bastaria a assinatura contra a receção da mesma, quando os CTT a entregaram na morada. Esta entrega é feita sempre em dias úteis. Se porventura o ginásio estivesse fechado, os CTT deixariam documento para ser levantada nos balcões. Por isso é realmente muito estranho dizerem que não a receberam... .
Com os melhores cumprimentos.
Susana Fernandes
Susana Fernandes avaliou a marca
13 de outubro 2021

Não aconselho.

Esta reclamação foi considerada resolvida
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.