Medicare

MED&CR – Serviços de Gestão de Cartões de Saúde Unipessoal Lda

Agosto de 2019
Melhor Índice de
Satisfação
Atribuído pelos
consumidores

Categoria
Planos de Saúde

Sobre

A Medicare é a marca líder de Planos de Saúde em Portugal.

Com mais de 10 anos de experiência no mercado português, consolidamos nos últimos anos a liderança na comercialização de Planos de Saúde com a excelência e diversidade das nossas suas soluções.

A Medicare é uma empresa de capitais 100% portugueses que democratizou o acesso à saúde privada para milhões de famílias. É com orgulho que apostámos em soluções inovadoras que mudaram para sempre o dia-a-dia dos portugueses.


Telefone: 219441113

Morada
Avenida da República 50A
1050-196 Lisboa

E-mail
info@medicare.pt

Website
https://www.medicare.pt

Recomenda esta marca?

240
462

Partilhar esta página


Medicare - Cancelamento do plano de saúde

Resolvida
31651819
479
0 gostos
Inês Oliveira apresentou a reclamação

Exmos. Srs.
No corrente mês de Julho tentei por inúmeras vezes entrar em contato telefónico convosco, ao fins de algum tempo lá consegui, telefonicamente e foi-me dito que o poderia fazer por carta ou por email, mas nunca me foi dito que tinha de ficar vinculada mais 1 ano. No dia 25 de Julho enviei um email a rescindir e a pedir o cancelamento com efeitos imediatos do contrato, ao qual obtive resposta no passado dia 30 de Julho da não renovação do contrato. Fiquei descansada e pensei que tudo tinha ficado resolvido. Qual o meu espanto quando hoje verifico a minha conta e verifiquei que continuaram a debitar-me o valor do plano de seguro. Liguei para a linha de apoio ao cliente e disseram-me que o pedido de não renovação tinha sido registado, contudo teria de ficar “presa” a vós até dia 13 de Julho de 2020. Após alguma investigação e procura de documentos, apercebi-me que nunca assinei tal contrato a consentir tais condições, pelo que invoco o Decreto-Lei nº24/2014 (que transpõe a a Diretiva nº 2011/83/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 25 de outubro de 2011, relativo aos direitos dos consumidores), especialmente o art.5º/nº7 no qual é referido que "Quando o contrato for celebrado por telefone, o consumidor só fica vinculado depois de assinar a oferta ou enviar o seu consentimento escrito ao fornecedor de bens ou prestadores de serviços, exceto nos casos em que o primeiro contacto telefónico seja efetuado pelo próprio consumidor". Na altura em que fui contactada pelos vossos serviços, não me foi enviada qualquer documentação que eu tivesse que assinar ou dar consentimento, à exceção dos cartões que recebemos. Somente fui instruída a clicar em um botão no site da empresa, citado no art 5º/n° 4 como somente um botão de ativação. Em nenhum momento a lei cita que o botão de ativação é similar ao consentimento por escrito. O Capítulo II, item d) cita que também devem ser informadas as características essenciais do bem ou serviço, sendo que a Medicare não é verdadeira ao afirmar que alguns serviços são grátis. Um exemplo é a destartarização, que não é grátis como anunciado. Grátis é a limpeza simples, completamente diferente do anunciado por telefone. Por isso exijo que o meu contrato de seguro seja cancelado. E que procedam à devolução das duas últimas mensalidades que me foram cobradas no valor de 69,80€.

13 Set2019
Medicare adicionou uma resposta

Exma. Senhora. Inês Isabel Rodrigues Martins da Cunha Cerqueira de Oliveira,

Recebemos a sua comunicação, a qual mereceu a nossa melhor atenção.

Serve o presente para informar V/Ex.ª que consideramos a presente reclamação resolvida, conforme esclarecimentos prestados a 13/09/2019.

Estamos disponíveis para qualquer outro esclarecimento, através do Serviço de Apoio ao Cliente 21 944 11 13 ou através de info@medicare.pt.

Apresentamos os nossos cumprimentos,

O Departamento de Relação com o Cliente

13 Set2019
Medicare alterou o estado para Resolvida
13 Set2019
Inês Oliveira avaliou a marca

1/10

Não

Voltaria a fazer negócio?

São uns burloes

Esta reclamação foi considerada como resolvida pela marca, e aceite pelo utilizador

Comentários (0)