MEO

Altice Portugal

Ranking na categoria

Categoria
Operadoras de TV, Net e Telefone

Telefone: 16200

Morada
Rua Andrade Corvo, 6
1050-009 Lisboa

Website
http://www.meo.pt

Recomenda esta marca?

927
2291

Partilhar esta página

MEO - Falta de assistência desde inicio do contrato!

Resolvida
112509
2779
0 gostos
Vitor Marcelo apresentou a reclamação

Boa tarde,

En Junho de 2011 aderi ao pacote total 8 da meo (tv, net e telefone), no entanto na primeira facura vinha debitado o pacote total 12. uma vez, que não foi isto que assinei nos primeiros trinta dias contactei a Meo de forma a que o meu contato fosse alterado de acordo com aquilo que foi assindo por mim. No entanto após varios contactos e varias reclamações efectuadas no livro o meu contato nnunca foi modificado. Para além disso em Julho de 2011 a minha TV e net deixou de funcionar, contactei novamente os serviços tecnicos e solicitei intervenção tecnica, mas sempre no dia e hora agendada os sr. tecnicos nunca se deslocaram a minha residencia.
Desta forma e como nunca tive alteração do meu contacto de acordo com aquilo que foi assinda e nunca tive asinstencia tecnica solicitei rescisao do meu contrato por justa causa, ao qual nunca me foi respondido.

Venho através desta reclamação solicitar que o serviço por mim asinado seja revisto, uma vez que neste momento sei que o serviço se encontra cortado por falta de pagamento, mas mesmo que não estivesse cortado o mesmo não se encontrava em funcionamento desde julho.

Ainda como forma de resolver tudo em 15 de Dezembro de 2011 entrei em contacto com os vossos serviços ao qual solicitei a alteração do meu contrato confome aquilo que eu assinei e solicitei também asintencia tecnica de forma a continuar com o serviço, desde que fosse emitidas notas de crédito para anular as facturas emitidas de julho ate a data. uma vez que, só foi paga a primeira factura porque eu nunca assinei este serviço que me foi debitado nas facturas e também porque o serviço nunca funcionou correctamente. A srª Supervisora Sara Almeida disse que o problema ia ser resolvido com a maior brevidade posivel, no entanto ate a data nunca recebi nenhum contacto. Pelo que no dia  5 de Janeiro efectuei novamente uma reclamação no livro de reclamações.

Desta forma a unica coisa que pretendo é a rescisao do meu contrato por justa causa, uma vez que voces debitam-me uma coisa que nunca assinei e do qual tenho comprovativos; ou se não querem fazer a rescisao do meu contrato por justa causa, me emitam notas de crédito para anular as facturas de um serviço que nunca usufrui e nunca assinei, e desta forma se desloque um tecnico a residencia e ponha o serviço a funcionar ai vamos cumprir o contrato de fidelização de 24 meses.
Caso não queirao ver as coisas resovidas gostaria que o meu contrato fosse rescidindo por justa causa porque esta situação já se arrasta a sete meses, o que não é normal, pela falta de incompetencia da PT e da MEO assim como dos vossos Tecnicos, acho que esta situação ja se arrasta a demasiado tempo e que voces não estão minimamente interessados em resolver as coisas, so querem que no inicio sejam assindos os contratos e cumprir os vossos objectivos.

Nota: a ultima vez que me desloquei a vossa loja PT Bluestore da Amadora um dos sr que me atendeu recusou-se a dar-me o livro de reclamações.Toda esta situação demonstra da vossa parte a falta de profissionalismo.

10 Fev2013
MEO adicionou uma resposta

Caro Vitor Marcelo,

Verificamos que os nossos serviços entraram em contacto acerca da situação exposta.
Ficamos ao dispor para qualquer questão adicional.

Até breve,
Luís Oliveira

Esta reclamação foi considerada resolvida

Comentários (4)

Ver perfil de MEO

MEO

Caro Vítor Marcelo,

Estamos a analisar a situação que reporta e logo que possível será contactado para mais esclarecimentos.

Até breve,
Luís Oliveira

Ver perfil de ZeFerreira

ZeFerreira

Tenho um caso idêntico com a PT serviço MEO e até tenho uma carta da PT a reconhecer as reclamações escritas que efectuei. No entanto têem me ameaçado com cobranças coercivas.

Ver perfil de Diana Silva

Diana Silva

Muito boa tarde.

A situação pela qual estamos a passar é muito idêntica.
Somos clientes MEO desde Abril de 2010. Na altura o período de fidelização era apenas de uma ano.

No final de Outubro de 2011, solicitamos informações sobre transferência de serviço pois íamos mudar de casa. Na altura disseram-nos que este serviço era gratuito. não implicando nova fidelização. Aliás essa era uma das condições para continuar com o MEO.

Prometeram-nos, ainda, um serviço com as mesmas características na nova morada.

Os problemas começaram a seguir.
1º - Nunca tinham disponibilidade para fazer essa transferência. Mesmo assim, esperámos até ao nosso limite. Estivemos 2 meses sem qualquer serviço de TV ou NET.

2º Marcaram instalações e não apareceram. Perdi 3 tardes de trabalho para ficar à espera dos tecnicos que nunca apareceram. Eu é que acabava por ligar para me dizerem que teria de marcar para outra altura!!!

3º Quando finalmente arranjaram tempo para vir cá a casa informaram-nos que o serviço não seria o prometido. Em vez de CABO seria SATÉLITE.

4º Disseram-nos que para ter SATÉLITE teríamos de pagar a instalação (bastante cara!). Esta situação não foi aceite! E ainda teríamos de pagar mais por mês! Não estaríamos dispostos a pagar mais, uma vez que nos prometeram um serviço igual (por CABO). Dissemos que não queríamos, mas acabámos por aceitar essa alteração, pois a MEO prometeu que não iria cobrar essa instalação.

5º Quando finalmente vieram instalar o serviço enganaram-se na box que tinham prometido. Tiveram de vir noutro dia fazer essa alteração.

6º Foi comunicado à MEO que a transferência deste serviço para a nova morada só faria sentido se o pack fosse completo. Ou seja, que tivessemos TV+NET+Telefone. Aliás, focámos várias vezes que o que precisávamos mesmo era de de Internet. No entanto, sempre nos prometeram a instalação destes serviços. Acontece que a MEO nunca instalou o telefone e a Internet, alegando falta de pessoal, marcando várias supostas instalações que nunca se chegaram a verificar. Chegaram ao cumulo de inventarem a necessidade de instalações de postes, os quais já tinham sido instalados por uma equipa.

7º Gastámos imenso dinheiro em telefonemas e em idas para Coimbra para tentar resolver esta situação.

8º Fizemos reclamações por escrito que de pouco ou nada adiantaram.

9º Pedi o conjunto de reclamações efetuadas e nunca me deram nada! No ultimo contato com a loja, disseram-me que tinha lá essa cedência cancelada ( a sr.ª disse que não encontrava explicação para essa situação).
Quebraram um direito do consumidor!!!!

Perante esta situação não pudemos ficar à espera de um serviço que nunca chegou a ser instalado! Assim, por falta de cumprimento da MEO cancelamos o serviço.

Até aqui tudo bem! Estávamos no nosso direito (julgávamos nós)!!! No entanto a MEO ligou-nos a dizer que teríamos de pagar uma PENALIZAÇÃO por termos cessado o contrato!

COMO É QUE É POSSÍVEL???

Alegaram que como mudámos de serviço, tínhamos um novo contrato! No entanto, esta informação nunca foi transmitida!

Nós não tivemos culpa que a MEO prometesse serviços (depois de ter efetuado testes) que não conseguiu instalar!
Não temos culpa que a MEO nunca instalasse um serviço de INTERNET que estava inerente no pacote!

Contactá-mos várias vezes a MEO no sentido de explicar esta situação e manifestar a nossa indignação! Nem conseguimos acreditar nesta situação oriunda de uma empresa que até então tínhamos apreciado tanto!

Chegou-nos agora uma carta com 300 e tal euros para pagar! Recusamo-nos a pagar!

Sentimo-nos vitimas de burla! Indignados com esta situação! Passamos a acreditar que para a MEO só interessam os novos clientes... porque a quem poderia ter para o resto da vida, age desta forma... É muito triste!!!

Se alguém nos puder ajudar...



Ver perfil de ZeFerreira

ZeFerreira

Compreendo a situação e fico entristecido por saber que a PT, um feudo de Zeinal Bava e Henrique Ganadeiro persista e insista no desprezo e na falta de respeito para com os cidadãos. Lamento ainda que as entidades que supostamente superintendem na matéria assumam uma posição de passividade e não tenham a coragem para agir em conformidade! É o que temos e com o que forçosamente teremos que conviver se entretanto nada fôr feito!