MEO

Altice Portugal

Ranking na categoria

Categoria
Operadoras de TV, Net e Telefone

Telefone: 16200

Morada
Rua Andrade Corvo, 6
1050-009 Lisboa

Website
http://www.meo.pt

Recomenda esta marca?

627
1507

Partilhar esta página

MEO - Impossibilidade objetiva de cumprimento do contrato

Em tratamento
4242916
814
0 gostos
Andreia Santos apresentou a reclamação

No dia 17/09/2013 efectuei um contrato de adesão com a PT(MEO) tendo procedido ao cancelamento do mesmo antes do fim da fidelização pelo motivo de alteração de residência. Dirigi-me à loja MEO no centro comercial Dolce Vita no Porto para proceder à alteração do mesmo para a nova residência. Uma vez que a MEO não me podia fornecer o serviço pelo qual estava a pagar(Fibra), queriam proceder a uma nova instalação(Satélite). Posto isto, apresentei vários documentos para comprovar a minha nova morada e um documento do IHRU em como não se podia proceder à instalação de parabólica na residência.
Posto isto começaram a ser enviadas cartas em como teria de pagar uma multa por não cumprir a fidelização apesar de existir uma impossibilidade objectiva de cumprimento do mesmo uma vez que o serviço MEO não mo poderia fornecer.
Após entrega de documentos que junto em anexo a MEO deu-me total razão no processo, no entanto, a penhora não foi retirada e não é possível entrar em contacto com a mandatária do mesmo uma vez que os mails enviados não são retornados e as chamadas não são devolvidas.
Estou a ser vítima de burla uma vez que existe uma penhora que não deveria estar a ser efectuada uma vez que existiu toda a legitimidade de cancelamento do serviço uma vez que a entidade não me podia fornecer o serviço pelo qual estava a pagar.

03 Ago2017
MEO adicionou uma resposta

Boa tarde,

Caso pretenda esclarecer alguma situação relativa ao serviço MEO, estamos disponíveis através dos contactos oficiais de suporte: https://www.meo.pt/contactos.

Até breve,
Luís Oliveira

MEO está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (1)

'.Ver perfil de Mariana.'

Mariana

Petição Pública pelo fim das penhoras sem apreciação por parte de um juíz e sem que o executado tenha sido ouvido em tribunal

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT87994