Performance da Marca
N/A
/100
Sem dados
Sem dados
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Ranking na categoria
Bijuteria e Acessórios de Moda
1 Joias TV 74.1
2 OMNIA 71.3
3 Bijuvera 65.8
...
Miauz LuxuryN/A
Miauz Luxury, Lda
  • 926522698
    Chamada para rede móvel nacional
  • Rua das Forças Armadas, N. 111, 7. Esq.
    1600-076 Lisboa
  • info.miauz@gmail.com
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Miauz Luxury - Burla, publicidade enganosa

Resolvida
5/10
Cátia Ponte
Cátia Ponte apresentou a reclamação
1 de abril 2020
Para que se entenda bem a gravidade desta situação e as más intenções deste vendedor, vou remeter-me a 16/12/2019 que é quando esta história começa e já com intenção enganadora por parte desta instituição.

A dia 16/12/2019 contactei via Messenger, uma vez que encontrei por Facebook a loja Miauz by Rita Ribeiro, com o intuito de adquirir um anel para oferta de Natal que havia visto em fotos, cujo preço era 16€, explicitamente identificado na foto. Após acerto de todos os pormenores, foi-me enviado um pedido de transferência bancária de 26.30€. Questionei pela mesma via o aumento de valor, uma vez que me parecia estranho que mesmo adicionando valor de portes, estes últimos custassem 10€ para um objecto tão leve.
Foi-me respondido que o preço do anel era "agora" 23€. (o restante seriam portes). Parece-me logo de mau tom ser anunciado um preço para um artigo e posteriormente dado o meu interesse e toda a conversação me apresentarem uma conta de quase 10€ a mais… A índole desta loja, não foi, desde logo a melhor.
Como senti alguma insegurança, optei por dizer que não iria adquirir este anel nestas condições, ao qual me foi respondido pela pessoa que entretanto me procurou telefonicamente que veria a situação com a sua chefe para ver o que poderia fazer…
Passados alguns dias, já a 19/12 recebo uma mensagem pela mesma via que, assim sendo, seria considerado o preço da imagem: portanto 16€ + portes.
Ora, tendo em conta que já estávamos a dia 19/12 e que entretanto se avizinhava o fim-de-semana, nada me garantia que o anel chegasse até ao dia 24/12 para poder presentear a pessoa com o mesmo.
Ainda coloquei esta questão, ao qual simplesmente me responderam que não podiam garantir, pressionando para que fizesse o pagamento do mesmo para enviarem o quanto antes.
Tendo em conta a experiência anterior, a falta de transparência e se verificarmos o tempo de resposta que em tudo me indicava que estiveram a aguardar para vender o anel e não tendo conseguido então voltaram ao meu contacto, pelo preço justo e podendo, ainda, incorrer no erro do mesmo não chegar a tempo e ficar sem prenda para oferecer (pois sabemos que nesta altura os transportes por vezes também falham e não tinha mais nada, nem teria tempo, caso verificasse à última hora que não iria chegar), optei por não avançar com a encomenda.
Por se tratar de um anel muito específico, com pedras de cor muito específica que necessitava, pois seria para dar um determinado significado à peça, ainda fiz várias sugestões no sentido de dividirmos os valores de portes ou enviarem à cobrança e caso não chegasse pagaria apenas os portes… Mas nada, nem assumiam a responsabilidade de não chegar atempadamente E RELEMBRO QUE O ATRASO NAS RESPOSTAS FOI SEMPRE DA MIAUZ, nem assumiriam qualquer despesa alegando ficar no prejuízo… E o meu prejuízo caso não tivesse a oferta atempadamente???
Acabei por desistir…

No dia 09/03, e como já mencionei antes, por se tratar de um anel específico e difícil encontrar esta conjunção de cores, com mais tempo, pois apenas precisaria de o receber antes de dia 01/04 (estamos a falar de 1 mês de antecedência), voltei ao contacto via Messenger, com a mesma foto anunciada questionando se ainda tinham o modelo apresentado. Fui contactada e informada que sim, enviaram-me os dados para pagamento e mais uma vez os 26€.
Tendo em conta a fase que estávamos a entrar no nosso país e por não querer atrasar mais a situação, nem questionei desta vez o preço: assumi a "inflação" e optei por fazer este pagamento para, de uma vez por todas, conseguir oferecer a esta pessoa especial este presente especial (pensava eu)… Acrescento ainda, que encontrando-me grávida a chegar ao término de gravidez e com o maldito COVID19 a chegar, até me dava um certo jeito receber tudo o possível por correio, sem ter já oportunidade de procurar fisicamente por me encontrar confinada em casa.
Enviei o comprovativo de pagamento, recebi pela mesma via confirmação de que estava tudo certo e a encomenda seria enviada entre 3 a 5 dias.

Esperei, esperei, esperei…. Dei o desconto de poder ser atrasos de transportes dada a situação de pandemia que estávamos a atravessar.
Dia 23/03 então questionei se já havia sido enviado, pois até à data ainda não tinha recebido nada.
Nesse mesmo dia fui contactada por telefone com a questão da transferência, em que nome teria entrado. Pacientemente dei o nome em que aparecia a transferência ( e recordo que anteriormente já tinha enviado o comprovativo de transferência onde consta o nome do titular da transferência). Também por telefone obtive a seguinte resposta : "Ah, ok. Já encontrámos, vamos proceder ao envio de seguida".
Voltei a aguardar…

Passados mais 2 dias, sou novamente contactada, pois afinal não era encontrada a transferência e ainda pedindo-me outro tipo de comprovativo, alínea do extrato da conta ou algo do género…
Não querendo parecer inconveniente, mantive a calma, voltei a dar o nome do titular e ainda me dei ao trabalho de recortar a informação relativa a esta transferência do meu extrato bancário ( coisa, que como devemos saber não deve ser feita), a verdade é que tinha uma encomenda paga há mais de 15 dias e ainda me diziam que não tinham recebido e o tempo a apertar novamente para poder chegar a prenda a tempo, sendo que perdi um mês com esta instituição enquanto poderia ter procurado noutro local, com mais sucesso. Estávamos a dia 25/03, uma quarta-feira, mais uma vez depois de todo o atraso provocado pela Miauz ainda tiveram o descaramento de me dizer que o anel só seria enviado na segunda-feira seguinte…
E foi! Chegou na 3ª feira, dia 31/03/2020, 1 dia antes do aniversário da pessoa a quem pretendia oferecer e NÃO TEM NADA A VER COM O ANEL PEDIDO. Vou deixar em baixo duas fotos que mostram o anel pedido e o anel que me chegou.
Lamentável, não tenho palavras para descrever tal atendimento e tal tentativa burlona para com os clientes, como se pode verificar.

Como é obvio, enviei estas 2 fotos, questionando qual a semelhança de ambos os anéis, pois não foi nada disto que havia pedido. Responderam-me que teria havido uma troca de referências e que eu enviasse o anel para trás para efectuarem a troca.
A sério???? Ora, depois de todas as falhas, depois de todas as vezes que estiveram em falta, como é que eu posso confiar devolver algo sem qualquer garantia? E o facto de estarmos a 31/03/2020 e seria uma prenda para dia 01/04/2020? Quem me paga esse prejuízo?
Por ser verdade, ainda acrescentei que, estando grávida em fim de tempo e sendo que o bebé poderá nascer a qualquer altura, nesta época de COVID19 também estou impedida de sair poderia sugerir de forma a ficar minimamente satisfeita, me enviarem o anel correcto e um envelope de retorno para entregar logo o anel de devolução. Já nem obtive qualquer resposta….
Ainda era eu que tinha que pagar os portes de devolução do erro deles????

É esta a pessoa que, quando procuramos por Miauz by Rita Ribeiro no Facebook, tem uma publicação a dizer que é vergonhoso numa altura destas as pessoas fazerem encomendas à cobrança e não receberem/efectuarem pagamento??? Qual a moral desta pessoa??? Que pede para não gozarem com o seu trabalho???? E o que gozaram com os clientes??? E eu? Fiquei sem dinheiro, sem prenda porque este anel de nada me serve com estas cores (para além de não gostar) e nesta altura não tenho como resolver este assunto de forma célere, estando confinada em casa e não podendo sequer remediar com outra coisa??? Por favor, não utilizem esta calamidade para se desculparem quando está mais que visto o tipo de venda que fazem.

Não estou ainda a evidenciar que, em momento algum, recebi, quer online, quer juntamente com o anel, qualquer documento/fatura referente a esta compra.
Deixa-me ainda a dúvida, quando falam em prejuízo, será mesmo prejuízo?
Data de ocorrência: 1 de abril 2020
Cátia Ponte
21 de abril 2020
Após esta reclamação fui contactada pela Miauz por forma a solucionar a minha situação.
Uma vez que me encontrava grávida em fim de tempo e impossibilitada de sair de casa devido ao Covid19, prontificaram-se a ajudar, enviando-me o anel correcto e, assim que me fosse possível, devolveria o incorrecto.
Assim foi feito, já recebi o anel correcto e aguardo uma oportunidade para devolver o anterior.
Não resolveria o problema de querer oferecer dentro da data que planeei e que dava mais que tempo para isso, mas a situação acabou por ser cordialmente resolvida pela Miauz.
Cátia Ponte
Cátia Ponte avaliou a marca
23 de abril 2020

Em apenas uma experiência é difícil avaliar. Contudo, após tantos rodeios não me sentirei segura com nova compra nesta loja.

Esta reclamação foi considerada resolvida
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.