Serviço Nacional de Saúde

Serviço Nacional de Saúde

Ministério da Saúde
Ranking na categoria
Partilhar esta página

Unidade de Saúde Familiar Maresia - Recusa de fornecimento de material clínico a doente com PEG

Sem resolução
3959016
819
Ana Ferreira apresentou a reclamação

No dia 28/04/2016 dirigi-me ao Centre de Saúde de Leça da Palmeira - Unidade de Saúde Familiar Maresia, juntamente com a minha irmã, para ir buscar seringas de alimentação para o nosso avô, utente dessa unidade de saúde, que colocou uma PEG e teve alta a 19/04/2016. Seringas essas que nos informaram no hospital que nos seriam fornecidas de forma gratuita no centro de saúde.
Fomos atendidas pela Enf. Aida, que nos disse que não dava mais seringas porque já tinha dado uma à minha irmã há dias e que essa teria que durar 1 mês.
Perante estas afirmação, contactámos a marca fabricante destas seringas - Artsana - que fez o favor de nos informar que as seringas são de utilização única, como devidamente assinalado pelo símbolo que aparece na embalagem (email com resposta da Artsana na imagem em anexo). Ou seja, uma vez que o meu avô tem que fazer 7 refeições por dia pela PEG, exigiu que usássemos a seringa 210 vezes mais que o recomendado.
Informámos que a numeração das seringas saía ao longo das utilizações, ao que nos respondeu que deveríamos decorar o sítio dos números. E ao explicarmos que as seringas deixam de funcionar correctamente, primeiro acusou-nos de "não estar a fazer bem", depois disse para as lubrificarmos com azeite. Isto é de uma boçalidade inadmissível para uma pessoa desta classe profissional!
Após muita insistência e só depois de termos pedido uma declaração assinada por ela em como só forneciam X seringas por mês é que fez o obséquio de nos dar mais 2 seringas.
Acrescentou que para termos acesso a mais seringas teríamos que trazer uma declaração do hospital. Ontem, fomos ao Hospital Pedro Hispano para obter a tal declaração e fomos informadas pela enfermeira-chefe do serviço em que o nosso avô esteve internado, de que não são precisos mais documentos para além daqueles que nos foram entregues e que já entregámos no Centro de Saúde: cartas de alta para a médica de família e para a enfermeira de família.
A queixa ficou registada em Livro de Reclamações. Espero que tenha sido a última vez que fomos tratadas com esta má vontade, falta de verdade, falta de ética e negligência.

27 ago 2020
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (0)