Ranking na categoria
Partilhar esta página
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Motomar - Tolerância zero para reparar o sucedido!

Resolvida
84209
3513
Nuno Oliveira apresentou a reclamação

Em fins de Dezembro do ano passado, autorizei a Motomar a proceder `a reparação do barco Red Falcon IV, de minha propriedade, que tinha afundado em Outubro anterior.

Este atraso deveu-se a problemas de entendimento com a Cª de Seguros, que tardou a fazer a peritagem, embora no entretanto houvesse necessidade de intervenção urgente e imediata da oficina da Motomar para minimizar os efeitos de corrosão de agua para o que o motor foi todo desmontado.

No início de Abril fiz o levantamento do barco para o recolher numa garagem ate melhor oportunidade de o colocar em funcionamento.

A reparação custou um valor total de aproximadamente de 9.000 € envolvendo simultaneamente reparação mecânica, eléctrica e estrutura, de fibra e madeira.

Em meados de Junho tentei por o motor a trabalhar e não funcionava de qualquer jeito.

Comuniquei nessa altura e por telefone `a Motomar o sucedido e combinei que na melhor oportunidade lhes deixaria o barco para reparar o que fosse; e isso ocorreu nos primeiros dias de Julho.

Após insistências sucessivas e passadas 4 semanas recebi uma chamada na 6ª feira dia 5 de Julho a informar que tudo estava resolvido; soube mais tarde que teria a pagar 150 €.

Ao fazer a prova de funcionamento na 2ª feira imediata dia 8, constatei que o funcionamento não era correcto, era pouco fiável e argumentei que uma avaria no mar e´ muito mais complicado que na estrada: não podia aceitar aquele estado, e saí sem recolher o barco, deixando para 0 dia 9 o levantamento, apo´s outra prova de funcionamento que entretanto pudesse ter sido corrigida dia 8 durante a tarde.

`As nove horas do dia 9, nova prova de funcionamento e nova reprovação.

Informei os funcionários, Sr. Hélder mecânico, e Sr. Nuno Rodrigues administrativo, que a partir daquele momento a tolerância era zero e que dar-lhes-ia ate as 12h e 30m de 6ª feira dia 12 para resolverem definitivamente o problema, enquanto iria expor `a DECO a questão. Se ate essa altura não estivesse solucionado apresentaria no momento e local uma reclamação no livro respectivo.

26 dez 2012
Motomar Porto adicionou uma resposta

Exmos Senhores,

Vimos por este meio informar que o problema está resolvido apesar do cliente não ter razão.
Lamentamos que o cliente não vos tenha informado após ter retirado a embarcação das nossas instalações há 2 meses atrás.

Atentamente,

Nuno Rodrigues

Esta reclamação foi considerada resolvida

Comentários (0)