Marca Recomendada
Escolha do Consumidor
Marca do Mês
Ranking na categoria
  • Somos uma plataforma online onde podes anunciar e encontrar artigos, empregos, imóveis, automóveis e serviços.
    Aqui vais encontrar de tudo. Vá, quase tudo.

  • Edificio Atrium Saldanha,
    Praça Duque de Saldanha, 1 - 3º Piso
    Fracção H
    1050-094 Lisboa
Partilhar esta página

OLX lança solução para ajudar PMEs a vender online

Partilhe

Pequenas e médias empresas (PMEs) que, ao fim de um ano de pandemia, ainda não tenham dado o salto para o mundo digital encontram no OLX um novo aliado. O portal de classificados desenvolveu uma solução destinada a apoiar a digitalização dos negócios, ajudando profissionais que queiram vender os seus produtos online.

Chama-se OLX Pro e nasce após o OLX verificar que a adesão do tecido empresarial português ao comércio electrónico ainda fica aquém do que seria expectável. Na prática, esta solução assenta em três serviços.

Por um lado, surgem novas funcionalidades na área de cliente profissional do OLX, que prometem ajudar a melhorar a gestão dos anúncios e a publicação de centenas de artigos mais rapidamente.

A nova solução permite ainda a criação de lojas online, numa parceria com a Jumpseller, dando origem a websites personalizados com conteúdo ilimitado. Trata-se de um serviço integrado com o OLX, o que significa que existe sincronização de anúncios entre plataformas.

Por fim, o OLX Pro propõe um novo serviço de entregas em colaboração com os CTT. Os clientes profissionais podem gerir e enviar encomendas até 30 quilos a partir de um portal dedicado e com soluções mais flexíveis.

«O OLX Pro assegura quatro pressupostos fundamentais para o sucesso de qualquer negócio: a) exposição/audiência, porque somos o site de comércio com maior volume de tráfego em Portugal (cerca de 17 milhões de visitas mensais), logo não existe melhor montra para qualquer produto e/ou serviço, contamos com 7 milhões de utilizadores registados na plataforma e cerca de 2 milhões activos; b) uma loja online, com domínio próprio, porque, tal como o actual contexto pandémico só veio reforçar, o e-commerce é a base futura de qualquer empresa saudável; c) vendas sem comissões, consequência dos pontos anteriormente referidos; d) logística necessária, porque através da parceria que temos com os CTT asseguramos que as transacções entre empresas vendedoras e compradores são mais rápidas, mais cómodas e entregues porta a porta», explica Sebastiaan Lemmens, director-geral do OLX Portugal

Noticia em marketeer.sapo.pt