Ranking na categoria
Partilhar esta página
Esta é a sua empresa? Clique aqui

OTIS - A cabine caiu 2 andares em queda livre!!!

Resolvida
78709
7544
Rui apresentou a reclamação

Os elevadores da OTIS são extremamente perigosos e pouca gente tem noção disso.Passo a contar o que se passou comigo:

Estava a transportar equipamento informático de um local para outro. Sem querer, deixei o cabo de alimentação a cruzar a porta. Apesar de ter um cabo grossísimo a barrar a porta, o elevador arrancou. O cabo estava entrelaçado no meu braço e apenas por milagre não fiquei sem ele. A cabine ficou presa pelo cabo de alimentação e o motor continuou a trabalhar. A determinada altura o cabo partiu-se e a cabine caiu 2 andares em queda livre. A OTIS através do Sr. Jorge Costa desresponsabilizou-se totalmente deste incidente gravíssimo. Ainda tive que pagar o arranjo do elevador!!

Mais, fiquei a saber que praticamente todas as cenas morrem cães em circunstâncias idênticas. Estrangulados pelos elevadores da OTIS.

20 dez 2012
OTIS Elevadores adicionou uma resposta

Esta queixa refere-se a um incidente ocorrido em Setembro de 2009, ou seja, há praticamente 2 anos.
No entanto, e uma vez que poderá contribuir, no futuro, para a eliminação de comportamentos inseguros e irresponsáveis por parte dos utilizadores de ascensores, é sempre útil procedermos à sua análise.

O elevador é o meio de transporte mais seguro do Mundo, sendo cerca de cinco vezes mais seguro do que o avião, que detém a segunda posição.
De facto, os elevadores da Otis transportam, a cada 5 dias, o equivalente a toda a população Mundial.
Por esse motivo, a Segurança dos passageiros sempre foi, e sempre será, a nossa principal preocupação.

Com efeito, os nossos equipamentos cumprem todas as normas Nacionais e Internacionais de Segurança. Neste caso particular confirmamos ainda a existência de um certificado de segurança válido, emitido por entidade independente e competente para o efeito.
Na realidade, a nossa exigência com a Segurança é de tal ordem que excedemos o disposto nas regulamentações aplicáveis.

Infelizmente, nenhuma exigência com a Segurança tornará impossível que um acidente como o descrito aconteça.
Em qualquer elevador e não apenas nos Otis, como a reclamação parece pretender dar a entender.

De facto, todos os dispositivos de Segurança funcionaram.

É evidente que os cabos de suspensão nunca se partiram e que, portanto, a cabina nunca caiu em queda livre. Trata-se, apenas, de um exagero de linguagem.

Tentámos várias vezes entrar em contacto com o utilizador para efectuarmos uma demonstração do perfeito funcionamento dos componentes de Segurança que, apesar do seu comportamento negligente, impediram consequências mais graves.
Tal nunca foi possível.


Por considerarmos que este incidente teve origem apenas no comportamento do utilizador, procedemos à reparação do único componente danificado – a célula fotoeléctrica no interior da cabina partiu-se durante o incidente – e, por decisão do nosso Cliente que concordou com a nossa avaliação, facturámos a mesma directamente ao utilizador, tendo reposto de imediato o elevador em funcionamento.

Essa factura ainda não foi paga.

Quanto aos acidentes com cães, é um facto que tal é possível de suceder.
Evidentemente não será todas as semanas (julgamos ser isso o pretendido com “cenas”) e muito menos será exclusivo dos elevadores Otis.

É algo que acontecerá sempre que não se tomem as precauções minimas.
Tal como em muitas outras coisas na vida, o bom senso é imprescindivel.

Esta reclamação foi considerada resolvida

Comentários (0)