Prosegur

Companhia de Segurança, Lda.

Portal da Queixa
Marca do Mês
Julho 2020
Melhor Índice
de Satisfação

Categoria
Segurança e Vigilância

Telefone: 707 28 29 30

Morada
Av. Infante D. Henrique 326
1849-006 Lisboa

E-mail
geral@prosegur.com

Website
http://www.prosegur.pt

Recomenda esta marca?

0
3

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

Prosegur - Recusa ao acesso prioritário

Resolvida
40671720
135
0 gostos
Carina Lopes apresentou a reclamação

No dia 23/05/2020, cerca das 16:35 horas, desloquei-me à indicada loja localizada na Rua de Santa Catarina, no Porto.
Era apenas para proceder à devolução de uma encomenda e encontrava-me acompanhada de um bebé de 4 meses.
Dirigi-me ao segurança que nesse horário se encontrava ao serviço (cuja identificação não tenho já que o mesmo se recusou a facultá-la sem a presença de entidades policiais) para exercer o direito de prioridade já que a fila era interminável (dada situação de pandemia) e na dita fila não se mantinha qualquer distância de segurança.
O segurança não me permitiu a entrada. Fiquei na fila com o bebé de quatro meses durante cerca de 50 minutos para finalmente entrar e fazer a devolução que demorou cerca de 5 minutos.
Ainda assim, quando chegou a minha vez, voltei a questionar o segurança sobre a questão da prioridade já que na montra constava a informação, o qual disse que teria que ter a criança ao colo. De facto a informação que constava na montra era “criança de colo” entendendo-se por criança de colo aquela que tem até dois anos de idade, não fazendo o Decreto Lei 58/2016 de 29 de Agosto qualquer alusão ao facto de a criança se encontrar ao colo ou no seu carrinho de bebé.
Ainda assim o segurança manteve a sua opinião e em momento algum chamou um funcionário da loja para questionar sobre a dita prioridade, foi até pela duas vezes extremamente antipático e arrogante, nunca tentando resolver a situação de melhor forma.
Já dentro da loja, questionei a funcionária (cuja identificação também não tenho) que também não compreendia o significado de criança de colo .

Principalmente nos tempos de pandemia que vivemos e não havendo forma de trocar e/ ou devolver o artigo a não ser na loja, parece me incorrecto e até desumano negar o acesso prioritário obrigando a permanecer numa fila durante tanto tempo com um bebé tão pequeno e não se estando a manter a distância de segurança.

Importa dizer que no mesmo dia na loja Stradivarius situada na mesma Rua foi permitido o acesso sem qualquer objecção.

Ora pertencendo ambas as lojas ao mesmo grupo (Inditex) e os seguranças de ambas as lojas serem também da mesma empresa (Prossegur) pergunto-me qual é o critério utilizado para serem tomadas decisões tão distintas

Esta reclamação tem um anexo privado
24 Mai2020
Prosegur adicionou uma resposta

Na Prosegur, encaramos cada reclamação como uma oportunidade de melhoria, pelo que agradecemos que nos tenha reportado a situação.
Informamos que a mesma será alvo de tratamento, de acordo com a política de qualidade e melhoria contínua da Prosegur.

04 Jun2020
Prosegur adicionou uma resposta

Resposta enviada diretctamente ao reclamante

04 Jun2020
Prosegur alterou o estado para Resolvida
Esta reclamação foi considerada como resolvida pela marca, e pode ser reaberta pelo utilizador

Comentários (0)